Miltinho Vieira diz que está pronto para voltar ao UFC em novembro

Share it

Miltinho Vieira (short preto) soltou os chutes contra o chuteboxer Felipe Sertanejo, no UFC BH. Foto: Divulgação

Conhecido pelo seu temível triângulo de mão, o experiente faixa-preta Miltinho Vieira fez sua estreia no UFC no último mês de junho, e precisou amargar um estaleiro após operar o joelho direito.

Recuperando o ritmo do treinamento na BTT do Rio de Janeiro, o peso-pena falou sobre a recuperação, a luta do parceiro Rousimar Toquinho com Hector Lombard e muito mais.

GRACIEMAG.com: Como está sua recuperação após a cirurgia?

MILTON VIEIRA: Rápida, já voltei a dar aulas na BTT e treinar com pouca intensidade. Continuo fazendo o trabalho de fisioterapia no Espaço Bruno Mantovano, e já estou há uma semana malhando com peso na academia. Agora estou trabalhando junto ao meu empresário e amigo Alex Davis, e já falei para ele que estarei pronto para lutar a partir de novembro. Resta agora intensificar o treino e esperar ser convocado mais uma vez. Quero voltar este ano.

Como você analisa sua estreia no Ultimate, no empate contra Felipe Sertanejo, no UFC 147 em BH?

Foi uma ótima experiência para mim e minha equipe. Nós estamos no caminho certo para crescer dentro da categoria. A luta foi boa e bastante parelha e agradou ao público, o empate não era o esperado, mas no conjunto de todo trabalho o saldo foi positivo. Foi uma boa luta, mostrei que não sou apenas lutador de chão, e sim que tenho muita trocação. O trabalho junto com os patrocinadores foi excelente, em especial a ótima parceria que continua forte com a marca Tapout, que movimentou bastante a imagem do meu trabalho.

O seu ponto forte no chão é o triângulo de mão. Pode nos explicar como você faz para encaixar o golpe e finalizar?

Sempre tive facilidade, meus braços longos devem ajudar. Mas o segredo é saber o encaixe da posição. Isso envolve muitos detalhes que fazem a diferença nos triângulos de mão que a galera vem usando nas lutas. Um bom triângulo de mão depois de encaixado é quase impossível de sair.

Você treina direto com o Rousimar Toquinho no Rio. O que falta para o seu parceiro Toquinho brigar ali no topo dos médios no UFC?

Não sei dizer o que falta ou se falta alguma coisa. O Toquinho é um excelente atleta, dedicado e determinado, ele tem tudo que um atleta precisa para estar no topo. Mas vamos lembrar que estamos falando de um esporte e de um evento de alto nível, onde estão os melhores do mundo, querendo a mesma coisa. O trabalho e árduo, cansativo e às vezes o resultado nem sempre é o esperado. Mas ele continua no caminho com a mesma vontade. Agora ele tem uma luta contra o Hector Lombard onde ele vai ter mais uma chance de mostrar a diferença dentro do octagon, e dar mais alguns passos rumo ao topo da sua categoria.

Quais são seus objetivos dentro do UFC?

O primeiro objetivo é poder trabalhar junto ao UFC por muito tempo. E para isso outros objetivos estão no meu caminho, como fazer grandes lutas, agradar o público com meus combates, ser um dos tops da categoria e, claro, conquistar o cinturão um dia. Agradeço o carinho de toda torcida que está sempre me apoiando. Melhor do que ver o crescimento do MMA é poder estar participando disso tudo com vocês.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *