Michael Langhi é a prova de que a guarda é a melhor das arapucas

Share it
Michael Langhi junta os pés para finalizar no Japão. Foto: Acervo Pessoal

Michael Langhi junta os pés para finalizar no Japão. Foto: Acervo Pessoal

Que a guarda é a melhor das armadilhas para surpreender um oponente mais pesado, mais novo e mais forte, você viu no sábado, no UFC 152 com Vitor Belfort e Jon Jones.

Hoje, o GRACIEMAG.com reforça a lição com Michael Langhi, dono de uma das guardas mais afiadas do Jiu-Jitsu de competição.

Bicampeão mundial dos leves (2009/2010), o faixa-preta da Alliance voltou a atacar recentemente, na primeira semana de agosto, quando foi ao Japão disputar a Rickson Cup. Langhi voltou com quatro finalizações e duas medalhas de ouro, entre elas a do absoluto.

Para vencer, Langhi precisou passar pela nova revelação DJ Jackson, novo monstro da faixa-preta formado pelo professor Lloyd Irvin, e que venceu o absoluto no Atlanta Open em setembro.

“No Japão fiz quatro lutas e finalizei todas. Foi minha primeira vez no país, e me diverti demais, adorei a cultura e a culinária. Quero voltar no fim do ano para passar férias”, disse Langhi, que vem de família japonesa por parte de mãe.

Confira Michael Langhi em ação, contra DJ e depois em alguns de seus melhores momentos. Inspire-se nas suas raspagens e finalizações para afiar sua guarda no treino hoje.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. eterno aprendiz at 12:45 pm

    Tive o prazer de participar de 4 aulas que Michael Langui ministrou na academia onde treino. Os treinos foram específicos para guarda. Muito bom! Tive também a honra de vê-lo rolando de perto executando dezenas de posições incríveis e ainda de quebra rolei uma vez com ele. Foi fenomenal! É um cara bem simples e tranqüilo…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *