Rodolfo Vieira: “Fui convidado para lutar com o Ryron no Metamoris”

Share it
Rodolfo Vieira volta às competições nesse sábado. Foto: Ivan Trindade

Rodolfo Vieira volta às competições nesse sábado. Foto: Ivan Trindade

Atual campeão mundial dos pesos pesados, Rodolfo Vieira retorna ao Jiu-Jitsu de competição neste sábado, no Brasileiro de Equipes da CBJJ, em que deve lutar por volta das 15h.

O craque da GFTeam bateu um papo com o GRACIEMAG.com antes de entrar em ação no Tijuca, no Rio.

GRACIEMAG: Muitos leitores aqui do site pediram você no card do Metamoris, que prevê lutas casadas de 20 minutos sem pontos ou vantagens. O que achou da ideia do evento, marcado para 14 de outubro em San Diego?

RODOLFO VIEIRA: Cara, esse é um evento que eu daria tudo para assistir, fui até convidado pelo Ralek Gracie (organizador) para enfrentar o Ryron (o Gracie vai encarar André Galvão). Mas será no mesmo dia de outro evento em Brasília. Agradeci a ele pela oportunidade e disse que este ano não dava. Estou na torcida pelo meu parceiro Bochecha agora. Ele tem uma luta muito complicada contra o Roger Gracie, o Roger é o Roger, né. Um erro contra ele é fatal, ainda mais que são 20 minutos sem pontos. Eu acho que isso favorece ainda mais o Gracie. Fico feliz pelo Bochecha ter tido essa chance, é um moleque bom e merece muito. Vai sair faísca nessa luta, tem tudo para ser mesmo a melhor da noite.

Qual a expectativa para a disputa de logo mais? 

São as melhores sempre, treinei firme demais e estou muito confiante – não só em mim mas em toda a minha equipe. Vamos entrar bem fortes em todas as faixas e pesos no Brasileiro de Equipes.

Como foi sua temporada de seminários pelo Brasil?

Foi muito proveitoso mesmo. Conheci muitos lugares legais e pude ver o quanto meu trabalho vem sendo reconhecido, e isso é gratificante demais. Fiquei feliz com toda procura, eu não esperava mesmo… Dei uma parada para treinar para este campeonato, mas depois tem mais. Foi bom dar um tempo porque as viagens são um pouco cansativas, não aguentava mais aeroportos…

O que ensinou ao pessoal? 

Ensinei o forte da casa, minhas passagens de guarda, que é o que mais gosto de fazer. Fica difícil sair alguma coisa da guarda (risos).

 

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *