Veja quem garantiu passagem para Abu Dhabi em Natal

Share it

Os 13 classificados para Abu Dhabi e o organizador Fabio Hollanda. Foto: Junior Samurai/GRACIEMAG.com

O domingo foi de muito Jiu-Jitsu no ginásio Nélio Dias, em Natal. A capital do Rio Grande do Norte recebeu a primeira Seletiva para o evento principal do WPJJC, que rola em abril de 2013, em Abu Dhabi.

O torneio organizado pelo nosso GMA Fabio Holanda carimbou 13 passaportes com custos pagos para competir nos Emirados Árabes.

Paulo Miyao em ação. Foto: Junior Samurai/GRACIEMAG.com

Entre os garantidos, destaque para o faixa-marrom Paulo Miyao, que figurou no lugar mais alto do pódio da categoria marrom/preta até 65kg, ao superar o local Lucas Dantas e sua torcida da Kimura/Nova União.

“Fiz três lutas, na semifinal o meu parceiro de equipe Felipe Iwasaki deixou eu passar. Estou treinando e a gente só recebe o fruto do nosso trabalho”, disse.

Outro que já está confirmado na terra do xeque Tahnoon é o também faixa-marrom João Gabriel que mostrou nas duas últimas lutas uma das qualidades primordiais do Jiu-Jitsu, a paciência.

O representante da Soul Fighters vinha perdendo na semifinal para o forte Bruno Novaes (Nova União), quando nos segundos finais tirou uma raspagem da manga. Já na finalíssima, manteve a calma e bateu o gigante Caião Alencar por 2 a 0 para ficar com o ouro da divisão acima de 92kg.

“A campanha foi muito difícil, peguei só pedreira, foi guerra o tempo todo. O diferencial para vencer foi que acreditei o tempo todo em mim. Antes da competição eu não estava me sentindo muito bem, mas pensei se já estou aqui vou dar tudo de mim e deu certo. Acho que foi o coração”, falou.

Na categoria até 74kg, o potiguar Bruno Ramos, que tem seu jogo inspirado nos movimentos dos animais (releia aqui) deu show. Ele agarrou a vaga ao superar Paulo Ledesma (Atos JJ) por 4 a 0 na final. “Foi muito gratificante vencer aqui na minha casa. Ano passado bati na trave, mas este ano consegui a vaga. Hoje coloquei os movimentos que o professor Zé Radiola ensina e não deixei a presa escapar”, contou o boa-praça.

A CheckMat fechou a categoria até 92kg. De um lado, Tarcísio Jardim despachou três adversários, enquanto Nivaldo Oliveira fez o mesmo do outro lado da chave. A vaga ficou com Tarcísio.

Leandro Lo contra Charles Negromonte na semifinal da categoria até 83kg.

Já Leandro Lo (Cicero Costha) continua imparável e foi o campeão do peso até 84kg. O paulista venceu quatro adversários antes da final contra Diogo Sampaio. No derradeiro duelo, Lo raspou, colocou o joelho na barriga e deu o bote no braço para encerrar a peleja com um justo armlock.

Feminino emocionante

Jessica Cristina (Gracie Miquinho) que já havia vencido o peso leve no sábado, repetiu a dose no absoluto leve. A paulista bateu Michelle Nicolini (2 a 2 no placar, com 3 a 2 nas vantagens) e ficou com o ouro, na categoria que juntava roxas, marrons e pretas. “Foi dureza, enfrentei a Marina Ribeiro e a Michelle Nicolini, mas me dediquei nos treinos, porque queria a vaga de novo. E consegui”, disse Jessica.

Outra boa surpresa foi sua xará faixa-roxa Jessica Oliveira (Gracie Barra), que encaixou um triângulo, raspou e finalizou a faixa-preta Ana Lewroy com uma chave de braço, conquistando o absoluto pesado.

Faixas coloridas

João Miyao comemora a vitória na final do absoluto roxa leve.

No absoluto roxa leve, João Myao e Marcio André protagonizaram mais um combate eletrizante, que terminou empatado. Na 12ª luta entre os dois (está 6 a 6 para cada) a decisão da arbitragem foi a favor do representante de João. Já Patrick Gaudio e Max Santos fecharam o absoluto pesado para a GFTeam, e a vaga ficou com Gaudio.

Na faixa-azul, Admilson Gobi (De la Riva) finalizou Dennys Ricardo (Kimura/Nova União) com um armlock e ficou com o título do absoluto pesado.

No absoluto leve, o melhor foi Isaque Braz (Kimura/Nova União).  Entre as meninas da faixa-azul, vai aos Emirados Árabes a jovem Jaqueline Amorim (Asle), de 17 anos, que passou por Iris Batista (Kimura/Nova União) com um 6 a 0 na final.

Quem também assegurou a passagem para os Emirados foi João Carlos da Kimura Nova União, que venceu o absoluto faixa-branca.

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. gfteam pe at 8:57 am

    não gostei da qualidade do evento, deixou a desejar…….tatame soltando, sujos e o corpo medico eram 3 bombeiros com uma preguiça de trabalhar…mais parabenizo ao atletas q se dedicaram ao maximo pra realizar o grande sonho
    ooosss

  2. Diogo Carvalho at 10:50 am

    Na categoria até 92kg a CheckMat dominou com sobra! Tarcísio Jardim não tomou conhecimento dos seus adversários e do outro lado Nivaldo Oliveira, com um jiu-jitsu para frente mostrou que a equipe é grande favorita para levar o título do worldpro na categoria!

  3. Jack at 1:21 am

    os brothers Miyao são muito bons!!!! Vão dar trabalho na marrom, espero que tenham patrocinio para ir longe!!!! PS_ eles ganharam a faixa marrom neste fim de semana? grato!!!

Deixe um comentário para Jack Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.