As frases mais inspiradas da semana no mundo do Jiu-Jitsu e do MMA

Share it
Fabio Gurgel foi escalado para superluta do ADCC 2013.jpg

Fabio Gurgel

“O Guy (Neivens, produtor) me ligou na tarde de sexta para me convidar para uma superluta com o Zé Mario. Como vai ser não sei ainda. Acho que vou pedir para ele me puxar para a guarda”

Fabio Gurgel, sobre a superluta com Zé Mario no ADCC 2013, que pode ser realizado no Brasil

 

“Na minha opinião, a regra do Metamoris Pro (sem pontos ou vantagens) é boa para quem quer levar a luta para o empate, ou seja, para quem pretende jogar na defesa 24 horas”

André Galvão, sobre o desafio de 20 minutos contra Ryron Gracie, dia 14 de outubro em San Diego

 

“Se fosse uma luta por pontos, eu não teria dúvida de que o André me venceria. Mas lutar sem pontos é uma maneira de apresentar o Jiu-Jitsu que eu acredito, onde a eficiência da arte fica mais evidente. Meu avô sempre falava: ‘Nunca venci uma luta, sempre foi meu adversário que perdeu’. É o adversário que comete um erro e você capitaliza e vence”

Ryron Gracie

 

“Estou treinando três vezes por dia aqui no México. Acho que posso voltar a lutar no Tijuca em breve sim”

Fernando Tererê, após finalizar três oponentes em três lutas em torneio aberto no México, no seu retorno vitorioso ao pano

 

“É difícil ver um faixa-preta do Carlson que não seja duro. O Jiu-Jitsu do Vitor (Belfort) estava só um pouco desatualizado, o timing das posições não estava afiado e isso acho que o desmotivava a treinar no chão. O Jiu-Jitsu dele hoje é atual, moderno e justo: ele pode finalizar qualquer um no UFC”

Gilbert Durinho

 

“Espero entregar a luta para a Mackenzie com alguma vantagem, se não vai rolar uma DR depois”

Augusto Tanquinho, sobre o Duelo de Casais na Copa Pódio, em dezembro. Os namorados enfrentam Davi Ramos e Marina Ribeiro

 

“Ele (Lyoto) deveria ter aceitado a luta com Jones. Nós já vimos casos parecidos antes, agora ele pode demorar a lutar pelo título. Agora ele vai lá e luta com Dan Henderson, pode nem ganhar chance de lutar pelo cinturão de novo. Se perder pro Dan Henderson, não fica nem perto do Jon Jones”

Dana White, entregando que Lyoto Machida deve encarar Dan Henderson no UFC até o fim do ano

 

“Peço desculpas a todos por não lutar (no UFC Rio). Tentei de tudo, até o último segundo, para estar dentro do octógono, mas não deu. Espero que o UFC mantenha o adversário, e que adie esse encontro, porque quero muito enfrentá-lo”

José Aldo, sobre o duelo adiado com Frankie Edgar

 

“Caiu a entrevista com o Frankie Edgar que marcamos para hoje. Ele desmarcou, ficou p*&#%%@ da vida quando soube que o Aldo se machucou e nem quis falar para não polemizar”

Papo de dois repórteres do GRACIEMAG.com

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *