As frases mais impactantes do mundo do Jiu-Jitsu e do MMA da semana

Share it
O faixa-preta Ralek Gracie, na academia da família em Torrance, Califórnia. Foto: Divulgação

O faixa-preta Ralek Gracie, na academia da família em Torrance, Califórnia. Foto: Divulgação

 

“Jiu-Jitsu, nunca saia de casa sem ele…”

Renzo Gracie, ao comentar um assalto nas ruas de NY em tempo real, pelo Twitter

 

“Só reagi depois que um dos dois caras segurou meu braço e tentou enfiar a mão no meu bolso, onde guardo minha carteira. Quando vi que eles queriam me tomar as coisas na mão grande, tive a certeza de que ia brigar. Se eles tivessem facas ou armas, naquela situação, eu entregaria a carteira e o celular”

Renzo Gracie

 

“No UFC, quando surge uma luta em cima da hora, você fica dividido. O lado profissional precisa avaliar se aquele oponente vai fazer sentido, se vai melhorar sua carreira, se vai melhorar você como pessoa. Outra parte pensa apenas em topar e esmagar o cara. Talvez a escolha de Jon Jones de não lutar com Chael Sonnen tenha sido a melhor para a carreira dele. Se eu faria o mesmo? Não”

Tito Ortiz, lutador aposentado e hoje empresário

 

“Vitor tem treinado de tudo um pouco aqui na Blackzilians, e está muito bem na trocação, no ground and pound e no Jiu-Jitsu. Prever o desfecho de uma luta como esta é difícil. Acho que o primeiro que errar vai pagar mais caro”

Bráulio Estima, sobre Jon Jones vs Vitor Belfort, no UFC 152 do dia 22

 

“O Bochecha é um faixa-preta jovem com um jogo bom. Ele é um cara pesado que se move como um lutador leve. Certamente não vou subestimá-lo”

Roger Gracie, sobre a luta de 20 minutos, sem pontos ou vantagens, no Metamoris Pro

 

“O formato do novo Metamoris Pro nos permite saber quem de fato é o melhor lutador. Mas isso não é a única finalidade. Durante o processo de encontrar o melhor competidor você encontra também a beleza mais profunda na arte do Jiu-Jitsu”

Ralek Gracie, co-organizador do Metamoris Pro

 

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. Robynho at 3:02 pm

    A unica chance do Buchecha de finalizar é na chave de pé ou algo do tipo, que é a especialidade da checkmat, no resto so dar Roger… o bucehcha é um excelente atleta, mas não o vejo vencendo o Roger.. que é muito mais completo. acredito que o Rodolfo tenha um jogo mais complicado para o Roger do que o buchecha.

  2. Felipe at 4:12 pm

    Todos os vídeos que vocês postam no site são em inglês, sacanagem galera, vocês deviam exigir o vídeos com a legenda para poder divulgar no site. Os caras são todos brasileiros e está tudo em ingles, vai pagar pau pra gringo assim longe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *