Vídeo: Jiu-Jitsu, braços cruzados e armlock, por Otavio Sousa

Share it

Otavio Sousa monta e prepara o bote no braço, durante o Chicago Open de Jiu-Jitsu. Foto: IBJJF/Divulgação.

Otavio Sousa está virando o bicho-papão dos eventos Open da IBJJF. Num ritmo de competições invejável, o faixa-preta de Jiu-Jitsu que ensina na Gracie Barra América faturou pela terceira vez nessa temporada as medalhas de ouro no peso médio e no absoluto, no último sábado.

“Meu desempenho foi muito bom em Chicago, estou muito feliz com a campanha que venho fazendo em 2012. O Chicago Summer Open foi o terceiro campeonato da IBJJF em que conquistei o peso e o absoluto – os outros dois foram o Spring Open durante a Jiu-Jitsu Expo e o New York Open. Isso sem contar com o título mais importante da minha carreira, que foi o título mundial em 2012 em Long Beach”, lembrou ele, em papo com o GRACIEMAG.com.

O que mais impressiona em Otavio é a consistência, já que ele ainda veio ao Brasil em julho, para lutar a Copa Pódio. “Acho que este ritmo tem sido fundamental na minha carreira, eu não dei trégua depois do Mundial. Estou mantendo o ritmo, me mantendo bem condicionado tecnicamente e fisicamente, e olha, não pretendo relaxar tão cedo (risos)”, contou o pernambucano, que lembrou dos conferes no torneio.

“A final da categoria do Chicago Open foi contra o Vítor Henrique, que por sinal é um atleta muito duro da GFTeam. No absoluto, antes de chegar à final, passei por outro atleta duríssimo da Alliance, o Gabriel Goulart, que venci por pontos”, listou o pupilo de Zé Radiola.

“Fiz um total de quatro lutas no evento e duas venci por finalização. A primeira foi com um armlock da montada, onde consegui sentar no meio do meu adversário e cruzar seus braços sem dar chance para que ele pudesse escapar. A segunda finalização do dia foi contra um aluno do Rodrigo Comprido, o Scott Huston, que tinha feito a final do meio-pesado com o Gabriel Goulart. Consegui passar a guarda dele, pegar as costas e finalizar dali com um estrangulamento segurando as duas golas”, detalhou o lutador.

“Estou muito feliz com meus resultados e graças a Deus, as portas estão se abrindo e oportunidades surgindo. Meus próximos planos serão minha ida ao Japão para ministrar seminários e participar de uns eventos de Jiu-Jitsu. Também tenho umas lutas casadas previstas para outubro e para o fim do ano. Queria aproveitar a oportunidade e deixar o meu email para contato para quem se interessar em ter meu seminário: otaviosousagb@gmail.com“, encerrou.

Confira no vídeo abaixo, o “cruzamento de braços” e o armlock na semifinal do meio-pesado.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *