Absoluto, Samir Chantre comenta final com Zak Maxwell no Las Vegas Open

Share it
Samir Chantre por John Cooper

O magrinho Samir Chantre, em foto de John Cooper.

No último dia 11 de agosto, a IBJJF realizou no Las Vegas Sport Center o Las Vegas International Open, que contou com mais de 600 atletas. O grande destaque do evento foi o peso-pena Samir Chantre, campeão na categoria e no absoluto – pelo segundo ano consecutivo.

“O campeonato foi novamente muito bem organizado e com atletas de alto nível, nesse quesito não tive nenhuma surpresa”, comentou Samir. “Fiquei muito feliz com minha atuação devido ao bom nível dos meus adversários. O caminho para a vitória foi conseguir aplicar as minhas posições e levar as lutas para onde eu queria”, resumiu.

Até a dura final contra Zak Maxwell, Samir não teve moleza, como ele recorda.

“Fiz três lutas, todas muito duras e contra atletas mais pesados. Na primeira luta, joguei por cima e consegui duas passagens de guarda. Na segunda, contra um oponente muito mais pesado, consegui encaixar uma omoplata que me rendeu a vitória por decisão”, explicou.

“E a final foi muito boa, logo no início encaixei um triângulo e ataquei o braço mas não consegui finalizar. Depois foram muitos ataques de pés e uma raspagem para cada lado. Faltando 30 segundos pro final da luta, eu estava três vantagens na frente e meu adversário acabou sendo desclassificado por cruzar a perna de fora pra dentro”, comentou Samir, que vibrou por manter o título na academia, já que o parceiro Caio Terra foi o campeão em 2010, e em 2011 eles fecharam.

“Isso foi uma motivação especial, não deixar escapar esse título de nossa casa. Mas o que nos motiva mesmo no absoluto é comprovar que a técnica pode superar a diferença de peso e força. Por isso o resultado veio mesmo eu sendo o mais leve inscrito no aberto”, explicou.

Samir detalhou seus treinos para vencer os grandões, e antecipou seus planos para a temporada.

“Treino com caras de todos os pesos. E realizo bastante repetição de posições e treinos específicos, pois são as posições que você domina com perfeição que vão funcionar contra qualquer oponente independente do peso e força”, ensinou o campeão absoluto. “Agora vou manter o treinamento e focar pra tentar o tri no Nacional Americano. Os treinos estão muito bons aqui em San Jose, vamos entrar com uma equipe muito forte”.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *