GRACIEMAG #186: a revolução dos quadris

Share it

GM 186 BR - Capa

Quer aprender algo de novo no Jiu-Jitsu?

Procure por essas dicas dentro da sua nova GRACIEMAG, edição #186:

“Todos os movimentos, todas as defesas, todos os bloqueios e as situações de controle, tudo no Jiu-Jitsu está direta ou indiretamente ligado ao eixo do corpo. Portanto, os quadris têm estado implícitos em nossas capas e nas nossas matérias sobre técnicas de combate.” GRACIEMAG Editorial

 

 

 

 

 

“Nesta posição, Samir Chantre começa a tentar passar a minha guarda, agarrando minhas pernas e empurrando-as para um lado. Minha mão move-se imediatamente para o seu ombro para impedi-lo de colocar seu corpo sobre as minhas pernas e ajustar a posição.”
Caio Terra

GM 186 BR - Dossier

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Caras técnicos no Jiu-Jitsu são fluidos contra o adversário, seus quadris se movendo como raios. Quando se movem, os quadris e as pernas acompanham o movimento harmoniosamente. Ao ir para um estrangulamento, por exemplo, eles atacam com mais pulso e ombro do que braço.”
Carlos Gracie Júnior

GM 186 BR - BP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Eu digo aos meus pacientes que o nosso cérebro tem várias janelas. Quando temos um problema, essa  tende a ser a única janela que abrimos. Temos que abrir outras também. Se daqui a quatro anos eu lhe perguntar quais são os problemas que você teve hoje, você não seria capaz de lembrar de 95% deles. ”
Doutor José Mansur Filho 

GM 186 BR - Intro

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Cerca de dez anos atrás eu recebi uma ‘bronca’ de Vitor Shaolin, que me ajudou muito. Eu era um faixa-amarela magricela, e eu ia para a Nova União com o meu irmão mais velho. Eu era um faixa-amarela muito jovem e Shaolin  só rolava comigo quando estava já cansado, apenas para se manter em movimento No início eu ficava com um pouco de medo porque eu não conseguia fazer nada contra ele. Então ele me disse: ‘Vamos parar de ter medo. Você tem que me atacar para não ser atacado. Você não pode parar! ”
Gilbert “Durinho” Burns

GM 186 BR - Página branca

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

“Um dia, eu comprei GRACIEMAG antes de uma competição e  fui competir sem tê-la lido. Eu perdi o torneio devido a um erro na defesa das minhas costas. Ao chegar em casa, abri a revista e vi a posição exata que meu adversário usou para travar a luta no controle das costas na página 64!”
André Sena, leitor

GM 186 BR - Plano de aula

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Essas e outras lições você encontra na nova GRACIEMAG.

GM 186 BR - Antologia

 

 

 

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Felipe Amorim at 5:46 pm

    bem…. mais uma vez vou deixar minha opinião em prol do melhoramento da revista, acabou de chegar hoje aqui em Vitória no Espírito Santo, vamos direto ao assunto: os pontos positivos da edição: a capa-dificilmente conseguirão elaborar uma capa tão bonita-, o especial com o caio terra sobre os drill,s de quadril, os toques dos faixas-pretas sobre o mesmo assunto, o drill com a medicine ball do martin rooney, os pontos negativos: falou em guarda tornado, falou em roberto Cyborg, o plano de aula deveria ser com ele, quatro posições forma poucas, continuo com a opinião de que a nocaute deveria ser retirada para um melhor aproveitamento da revista-ainda que a matéria com o anderson tenha sido fantástica-, 74 páginas-incluindo os patrocinadores-, é pouco para R$10.90, portanto, o caminho mais viável é a assinatura.

  2. Olamparina at 12:55 am

    Pessoal…parabéns por esta edição.
    A revista já é um manual obrigatório, mas esta superou.
    O auxilio que voces dão é bom demais…os toques e tudo.Agora a questão do quadril foi mais uma ajuda exponencial.
    Poderiam fazer uma edição sobre “campeonatos e nervosismo”…iria ajudar muita gente.
    Parabéns mais uma vez….

  3. João Vitor at 6:07 pm

    Olá.

    Parabéns pela excelente qualidade da revista.
    Todos os organizadores estão de parabéns.

    Existe a possibilidade de eu adquirir o exemplar 186 da revista?
    Se sim, como faço para adquirir já que é uma edição passada?

    Muito obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *