Ildemar Marajó vence de forma suada no Jungle Fight 41

Share it

Marajó em ação no Jungle Fight / Foto: Alan Oliveira.

A 41ª edição do Jungle Fight, maior evento de MMA da América Latina, lotou e inflamou o ginásio Municipal Prudente de Moraes, na cidade de Itu, neste sábado. No total, sete lutas movimentaram a competição.  Na última e principal delas, o paraense Ildemar Marajó derrotou por pontos o baiano Eder Jones e avançou no GP da categoria até 84kg, dos médios. Outro que também foi a frente no mesmo GP nesta noite, foi o atleta Ederson Lion Macedo, ao vencer VItor Figueiredo. Agora, tanto Ildemar quanto Ederson, precisam vencer apenas mais uma luta para terem o direito de disputar o cinturão da divisão. Em outro combate do dia, o atleta local, Douglas Bertazine saiu vitorioso, alegrando o público presente no espetáculo.

Abrindo a competição, Fábio Defendenti venceu Tiago ‘’Carioca’’. O primeiro round foi bastante equilibrado. Apesar de levar desvantagem na parte de trocação, Defendenti conseguiu aplicar duas quedas importantes sobre Tiago. No entanto, no segundo round, Tiago mostrou claros sinais de cansaço.  Defendente passou a tomar conta da luta, colocando fortes golpes em seu oponente, que não teve condições de voltar para o terceiro round, perdendo por desistência. No segundo confronto, Ederson Lion Macedo passou fácil por Vitor Figueiredo e carimbou sua vaga na próxima fase do GP da categoria até 84 kg. Rapidamente, Ederson colocou para baixo, ganhou as costas de Vitor e finalizou. Em seguida, foi a vez de Bruno Menezes superar Mateus Martins Vasco. Ainda no começo da luta, Bruno conseguiu uma boa sequência de golpes e colocou Mateus para baixo. No chão, ele continuou o castigo sobre seu rival, até a interrupção do árbitro.

Na quarta luta, o boliviano Bazan Rojas venceu Claudieri Freitas em três rounds. No primeiro deles, Rojas catou a perna do brasileiro no tempo certo, levando a luta para o chão. No round seguinte, o boliviano encaixou  em cheio um soco em Claudieri , que quase foi nocauteado, porém suportou a pressão por baixo . O último não foi muito diferente. Mais uma vez, Rojas terminou o round golpeando por cima e, dessa forma, conquistou a vitória por decisão unânime dos árbitros. Em seguida, foi a vez do lutador da casa, Douglas Bertazine, levantar a plateia. O combate vinha equilibrado, até Bertazine acertar uma esquerda poderosa em seu chará Douglas Del Rio, que desabou. Depois foi só colocar mais alguns golpes para o árbitro ser obrigado a interromper e consequentemente sair vitorioso.

Na sequência, o manauara Alexandre Capitão atropelou mais um adversário, obtendo sua sétima vitória consecutiva. Dessa vez o alvo foi o paulista Thiago Passos. De forma muito consciente, Alexandre foi melhor na luta em pé, levou para baixo e finalizou. O último e mais aguardado embate da noite, válido pelo GP da categoria dos médios, até 84kg, foi também o mais equilibrado. O paraense Ildemar começou dominando a luta. Levou vantagem na trocação e ganhou as costas do baiano Eder Jones. Eder, por sua vez, conseguiu reverter a posição e colocar golpes bem duros em Ildemarm equilibrando o combate. No segundo round, os dois foram bem parelhos na luta em pé, porém Ildemar conseguiu uma queda que pode ter sido fundamental para o resultado da luta. Já o terceiro e decisivo round, foi o mais claro. Ildemar cansou e Eder comandou as ações, acertando os melhores golpes. A difícil decisão ficou por conta dos árbitros laterais, que deram dois votos a um para o paraense. Com essa vitória, Ildemar precisa derrotar apenas mais um lutador para disputar o cinturão da divisão.

Resultados do Jungle Fight 41:
Ildemar Marajó venceu Eder Jones por decisão dividida dos jurados (até 84 kg)
Alexandre Capitão venceu Tiago Passos por finalização aos 4:02 min do 1º round (até 66 kg)
Douglas Bertazini venceu Douglas Del Rio por nocaute aos 3:45 min do 1º round  (até 77 kg)
Bazan Rojas venceu Claudieri Freitas por decisão unânime dos jurados (até 70 kg)
Bruno Menezes venceu Mateus Martins por nocaute aos 4:36 min do 1º round (até 57 kg)
Ederson Lion venceu Vitor Figueiredo por finalização no primeiro round  aos 2:30 min do 1º round (até 84 kg)
Fabio Defendeti venceu Tiago Carioca por desistência após o segundo round  (até 66 kg)

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Fred Fernandes at 12:34 pm

    Parabens ao capitão jiu-jitsu refinado!!!!!
    ta melhorando a trocação,mt embreve estará com o cinto
    se Deus quiser!!!
    Manaus terra de casca grossa!!!!
    abraço a todos…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.