UFC 149: Renan Barão domina Urijah Faber e conquista cinturão interino dos galos

Share it
Renan Barão é o campeão interino dos galos do UFC

Renan Barão é o campeão interino dos galos do UFC. Foto: Divulgação/UFC

Os lutadores brasileiros agora acumulam quatro cinturões do UFC.

O potiguar Renan Barão conquistou na noite desse sábado, em Calgary, Canadá, o título interino dos galos, unindo-se aos já campeões José Aldo (pena), Anderson Silva (médio) e Junior Cigano (pesado).

O atleta da nova união dominou os cinco assaltos contra o americano Urijah Faber para garantir a vitória na decisão unânime dos jurados.

Nos 25 minutos de combate, Barão executou com maestria a estratégia traçada pelos técnicos e não correu muitos riscos ao evitar as quedas e manter uma distância segura para fazer uso da maior envergadura.

Os chutes baixos, as joelhadas frontais e boas combinações de socos, tanto no ataque quanto em resposta às investidas de Faber, foram as grandes armas de Renan.

No intervalo entre o quarto e o quinto assaltos, o líder da Nova União, Dedé Pederneiras, resumiu para o próprio Barão como a luta transcorria: “Você ganhou os quatro assaltos. Agora é respirar certo, manter a distância e os chutes baixos. Ele está morto no chute baixo”.

Depois da missão cumprida, Barão agradeceu a equipe: “Eu sabia que o Faber seria duro e perigoso, mas estava preparado para tudo! Quero agradecer meus técnicos. Esse título vai para Natal, para o bairro das Quintas e para a minha família!”.

Elegante, o “California Kid” reconheceu a derrota: “O Barão mereceu. Acho que ele quebrou minha costela no 2o assalto. Quero agradecer meus fãs também”.

Barão agora espera a recuperação do campeão da categoria, Dominick Cruz, para decidirem quem é o campeão inconteste dos galos.

Fora a luta principal, o UFC 149 teve um card preliminar emocionante e um card principal pouco movimentado.

Destaque para Ryan Jimmo, que nocauteou Anthony Perosh aos sete segundos do 1o assalto, igualando o recorde anterior de nocaute mais rápido da história do evento.

Vale menção também a decepcionante atuação do cubano Hector Lombard, que antes da luta estava cotado inclusive para ser o próximo desafiante ao cinturão de Anderson Silva. Em luta burocrática, Lombard terminou derrotado por Tim Boetsch na decisão dividida e pelo visto não vai furar a fila do peso médio.

Confira abaixo os resultados completos.

UFC 149
Calgary, Canadá
21 de julho de 2012

Card principal

Renan Barão derrotou Urijah Faber na decisão unânime

Tim Boetsch derrotou Hector Lombard na decisão dividida
Cheick Kongo derrotou Shawn Jordan na decisão unânime
James Head derrotou Brian Ebersole na decisão dividida
Matt Riddle finaliza Chris Clements no katagatsmi aos 2min02s do 3R

CARD PRELIMINAR
Nick Ring derrotou Court McGee por decisão unânime
Francisco Rivera nocauteou Roland Delorme aos 4min19s do 1R
Ryan Jimmo nocauteou Anthony Perosh aos 7s do 1R
Bryan Caraway finalizou Mitch Gagnon no mata-leão a 1min36s no 3R
Antonio Carvalho derrotou Daniel Pineda por KO aos 1min11s do 1R
Anton Kuivanen derrotou Mitch Clarke na decisão dividida

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Pingback: Mais um brasileiro se consagra campeão do UFC « knokdownbr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.