Após estreia vitoriosa no MMA, faixa-preta de Jiu-Jitsu ensina a finalizar

Share it

Thiago Maia comemora a vitória no Arena Wolf Quixadá. Foto: Arquivo pessoal

Campeão cearense de Jiu-Jitsu, Thiago Maia fez sua estreia no MMA no sábado, pelo evento Arena Wolf Fight, em Quixadá, interior do estado. O professor da academia Owner encarou Rômulo Angelim (Brasa) e depois de um primeiro giro parelho, usou o velho lema “somente o Jiu-Jitsu salva”. No segundo round, Thiago deu o bote no braço para encaixar o armlock e definir o confronto.

Já em Fortaleza, Thiago ensinou um ataque invertido na omoplata para celebrar o triunfo. Repare que em vez de atacar o relógio ou pegar as costas, ele puxa o braço e segura o quadril do adversário, para depois capotar. “Se ele não rolar junto, pode deixar que vai bater. Se rolar, eu ponho a mão no rosto, seguro a perna dele e subo meu quadril”, mostrou.

Nas outra lutas do torneio de MMA, Carlos Cyborg (Dragon Fight/Nova União) mandou ver para cima de Ruthenilson Hulk e depois de uma boa sequência de golpes no ground and pound, o juiz encerrou o duelo. Outro que mandou bem foi Diego Espartano (Dragon Fight/Nova União), que despachou Gildázio Oliveira com um triângulo no primeiro assalto. Já David Mendes (Semear/V8) esbanjou na trocação contra Willie “Muita Treta” Reis, que não voltou para o segundo assalto.

Arena Wolf Fight
Quixadá, Ceará
7 de julho de 2012

Carlinhos Taz (Orestes Combat) venceu Jesse Cachorro Louco (Brazilian Top Fight) por nocaute técnico no R1
Thiago Maia (Dragon Fight/Nova União) finalizou Rômulo Angelim (Brasa) com um armlock no R2
David Mendes (Semear/V8) venceu Willie “Muita Treta” Reis (Dragon Fight/Nova União) por desistência no intervalo do R1 para o R2
Anastásio Junior (Rinos) venceu Edilson Junior (Dragon Fight/Nova União) por desclassificação no R1
Rafa “Dog” (Strike) venceu Cleiton (MG) por nocaute técnico no R2
Renato Alan (MG) finalizou Rafael (WM) com um mata-leão no R1
Bruno “Chocolate” (Strike) e Antônio (MG) empataram
“Maju” (Dragon Fight/Nova União) venceu Redivan (Brasa) por decisão unânime
Carlos “Cyborg” (Dragon Fight/Nova União) venceu Ruthenilson Hulk (Orestes Combat) por nocaute técnico no R2
Diego Espartano (Dragon Fight/Nova União) finalizou Gildázio Oliveira (Rinos) com um triângulo no R1

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.