Carlos Condit: “Vou ter de lutar de costas no chão com GSP em novembro”

Share it
Carlos Condit solta o cotovelo da guarda fechada no UFC 115 Foto Josh Hedges Zuffa

Carlos Condit solta o cotovelo da guarda, no UFC 115, contra Rory McDonald. Foto: Josh Hedges/Zuffa/Divulgação

Confiante de que vai enfrentar enfim Georges St-Pierre pelo título definitivo dos meio-médios, no UFC do próximo dia 17 de novembro, o dono do cinturão interino Carlos Condit falou ao GRACIEMAG.com sobre a luta com humildade. O americano admite que precisa melhorar para descer do octagon com a vitória e o cinto tão desejado.

“É uma missão dura. Ele é um grande wrestler com um Jiu-Jitsu excelente e tudo mais, então preciso melhorar um pouco e treinar duro para fazer uma boa luta”, disse ele, em papo com Nalty Junior. “Acho que seu ponto mais forte é o controle da luta por cima, e é isso que tenho de resolver. Sei que em algum ponto vou ficar de costas no chão, então vou treinar meu Jiu-Jitsu”.

Com dez anos de carreira como lutador profissional, Carlos Condit (28v, 5d) no entanto confia em seu jogo e em sua equipe de treinadores. “Errei muito quando era jovem, e esses erros hoje me ajudaram a estar aqui”, ensina. “Meu caminho para a vitória é criar um caos ali para ele, não deixá-lo confortável em cima ou embaixo”.

Confira a entrevista completa do desafiante (em inglês apenas, infelizmente).

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *