Veja e aprenda com a finalização de Gilbert Durinho no MMA

Share it

Durinho aplicando o armlock em Christian Fowler, ainda pelo MMA amador em 2009. Foto: Cascão.

Campeão mundial de Jiu-Jitsu em 2011 (peso leve) e responsável por afiar o chão dos atletas comandados por Vitor Belfort no “TUF Brasil”, Gilbert “Durinho” Burns encarou Herles “Mão de Ferro” pelo evento Ichigeki Fight Night (IFN), em Mogi das Cruzes, interior de São Paulo. O detalhe é que Herles não conseguiu bater o peso limite da categoria 73kg, ultrapassando mais de 5 quilos. Confiante no Jiu-Jitsu, Durinho aceitou o combate e mostrou que as ideias e o legado dos antigos mestres continuam vivíssimos.

“Nessa luta precisei estar com a mente muito forte, pelo fato de o meu oponente ter estourado o peso e ser visivelmente maior do que eu. Então o desafio era psicológico, mas eu estava bem comigo mesmo, feliz e com muita vontade de vencer”, contou o faixa-preta ao GRACIEMAG.com.

“A cada combate acho que estou evoluindo mais, me senti bem à vontade, acho que meu controle do espaço do ringue ou da jaula está melhor. O importante é que estou me sentindo em casa lá dentro. Estou curtindo tudo, estou amarradão antes da luta, na pesagem, no treino, na ‘adrena’ antes de entrar, estou gostando cada vez mais”, completou o carioca, que detalhou a finalização no armlock, ainda no primeiro round.

“Depois de derrubar e ir progredindo no chão, batendo e ganhando posição, acabei na montada. Minhas opções ali eram bater, nocautear ou pegar as costas. Pensei comigo, depois que ganhei uma posição tão boa que é a montada, não posso perdê-la mais. Tenho que continuar progredindo. Dei então um bem-sucedido ataque no braço da montada em S, posição que treino muito”, disse ele, antes de explicar a posição sinuosa.

“Estou montado, uma perna continua ajoelhada e a outra perna fica perto da cabeça, como se você estivesse alongando. O oponente tem duas opções, se fechar para não tomar socos ou tentar espernear, é aí que dou o bote e cato o braço”, disse o campeão.

“Queria agradecer primeiro a Deus e dedicar essa vitória e toda a glória a Ele, e a todos os meus fãs, patrocinadores, equipe e amigos. Osss galera, tamo junto, isso é apenas o começo!”, prometeu Durinho.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Augustomma at 3:01 pm

    Movimentação deixando claro ao oponente o que quer,ou seja,quedar!Vai treinando muito mais trocação e queda,pois nos EUA que sei que você vai chegar por lá,fara boas lutas,não vai ser fácil derrubar wrestlers como nesse caso!De resto,tu tem um futuro promissor,todo mundo vê isso!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *