5 coisas sobre o mata-leão de Erick Silva, a finalização da noite no UFC

Share it
Erick Silva fez o espalha-frango e finalizou Charlie Brenneman ontem, no UFC on FX 3 na Flórida. Foto: Josh Hedges/Zuffa

Erick Silva fez o espalha-frango e finalizou Charlie Brenneman ontem, no UFC on FX 3 na Flórida. Foto: Josh Hedges/Zuffa

O UFC on FX 3 de ontem teve duas finalizações, ambas no mata-leão. Na finalização da noite, o capixaba ex-jogador de futebol Erick Silva deu olé em Charlie Brenneman e finalizou ainda no primeiro assalto, faturando o bônus de 40 mil verdinhas por mostrar o Jiu-Jitsu mais eficiente da noite.

Aplicar o mata-leão como Erick parece simples, mas envolve alguns macetes. O GRACIEMAG.com listou apenas alguns deles. Qual o seu?

1. Ganchos, um de cada vez

Segundo o faixa-preta de Jiu-Jitsu Ricardo Almeida, o Cachorrão, um dos erros mais comuns na hora de atacar as costas é ao enfiar os ganchos, ou seja, enfiar seus pés por dentro das pernas do oponente. “Vejo os faixas-azuis perderem a posição por tentarem colocar os dois ganchos de uma vez. O correto é puxar o adversário para cima de você e colocar um gancho de cada vez”, ensina o professor radicado em Nova Jersey. Foi precisamente o que Erick fez, e um a um, firmou os ganchos e chegou ao estrangulamento final.

2. Não cruzar os ganchos

Você pode até fechar o triângulo nas costas do oponente, funciona bem para alguns. Mas, no caso dos ganchos abertos, não cruze seus pés. Mantenha os ganchos nas coxas do rival; assim quando ele tentar virar, você vira com ele e mantém a pressão.

3. Cabeça

Para estrangular das costas no Jiu-Jitsu, Renzo Gracie costuma ensinar em Nova York: “Chegue sua cabeça sempre para perto da orelha do oponente. É como se você quisesse sussurrar um segredinho para ele”, diz o professor. Assim você firma o golpe e não dá espaços. Repare no UFC que Erick aproximou a cabeça para firmar o golpe de vez.

4. Cotovelos sempre juntos no Jiu-Jitsu

Ao encaixar o golpe, aproxime seus cotovelos e puxe-os para si, na barriga do adversário. Não faça a força toda de uma vez ou então vais cansar.

5. Encaixe do mata-leão

Para Marcelinho Garcia, o segredo maior do mata-leão é estar bem justo em torno do pescoço do oponente. “Eu nem preciso apertar ou forçar muito. Se estiver em volta do pescoço, o cara já não tem como sair, e uma pressão é suficiente para desesperar e bater”, ensina o craque.

UFC on FX 3
Sunrise, Flórida
8 de junho de 2012

Sean Pierson venceu Jake Hecht por decisão unânime dos jurados
Henry Martinez venceu Bernardo Magalhaes por decisão dividida
Buddy Roberts venceu Caio Magalhães por decisão unânime
Tim Means venceu Justin Salas por nocaute técnico a 1min06 do R1
Dustin Pague finalizou Jared Papazian aos 3min21s do R1 no mata-leão
Matt Grice venceu Leonard Garcia por decisão unânime
Seth Baczynski venceu Lance Benoist por decisão dividida
Mike Pierce venceu Carlos Eduardo Rocha por decisão dividida
Eddie Wineland nocauteou Scott Jorgensen aos 4min10 do R2
Mike Pyle nocauteou Josh Neer aos 4min56 do R1
Erick Silva finalizou Charlie Brenneman aos 4min33 do R1
Demetrious Johnson venceu Ian McCall por decisão unânime dos jurados

Bônus (40 mil dólares):
* Luta da Noite: Eddie Wineland vs Scott Jorgensen
* Nocaute da Noite: Mike Pyle
* Finalização da Noite: Erick Silva

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Tofolorio at 6:12 pm

    O detalhe de NUNCA cruzar as penas, não é só importante para evitar que o oponente se desvencilhe da posição, as pernas cruzadas são perigosas, pois quem esta sofrendo o ataque das costas consegue com um movimento simples de fechar um triangulo sobre as pernas do atacante e finalizar quem tinha toda vantagem na luta……..se isso um dia isso ocorrer no MMA, ganharia finalização da noite rsrsrsrsr e faria o técnico de jiu jitsu do lutador finalizado ser demitido….pois todo faixa branca aprende isso nas primeiras aulas de dominio das costas……..

  2. Yago Dyogennes at 5:27 pm

    se tiver encaixado só batendo ou apagado. se não tente proteger o pescoço com as mãos e juntando o queixo ao peito, se livrando dos ganchos das pernas e tente girar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *