UFC: o dia em que a “profecia” de Marcelinho Garcia virou realidade

Share it
Marcelinho Garcia em ação no Mundial 2011. Foto por John Lamonica.

O pentacampeão Marcelo Garcia em ação no Mundial de Jiu-Jitsu 2011. Ele ficou fora do Mundial 2012 por contusão. Foto: John Lamonica.

Em janeiro de 2005, o astro do Jiu-Jitsu Royce Gracie e o imenso Akebono ilustravam a capa de GRACIEMAG.

Dentro da edição, o campeão Marcelinho Garcia contava histórias nas páginas do BATE-PRONTO, uma das seções mais comentadas da revista até hoje. O faixa-preta da Alliance falou sobre seu início na academia de Fabio Gurgel, explicou seu treino físico, deu detalhes de como ele busca a vitória (“Sempre estou atento de olho num erro mínimo do oponente, um detalhe que pode aparecer no final ou no comecinho da luta…”), entre outras lições.

Logo na primeira pergunta, no entanto, a fera relembrou uma história curiosa e, como quem não queria nada, deixou uma espécie de profecia… Reproduzimos abaixo o trecho:

Mesmo depois de vencer o ADCC 2003 e o Mundial de Jiu-Jitsu 2004, você segundo dizem viveu sua maior celebração após o Mundial 1999, ao vencer no juvenil da faixa-azul, isso é verdade?

(Risos) Aconteceu que desfilei num carro de bombeiros em Formiga, minha cidade natal em Minas, num lance que um pessoal fez pra mim por pura amizade. Não adiantou eu dizer que não queria, que não precisava… Imagina eu de kimono lá em cima, medalha no peito e a maior vergonha. Sorte que em cinco minutos o carro já tinha percorrido a cidade inteira e enfim pude descer. O bom foi que meus pais ficaram orgulhosos pra caramba. Agora pode vir o título que for, carro de bombeiros nunca mais! Apesar de que, pensando bem, é legal imaginar um dia o Wanderlei Silva chegando do Japão e o aeroporto lotado de fãs, carro de bombeiro…”

O campeão Junior Cigano e Luiz Dórea em Salvador, no desfile em carro aberto pela cidade. Foto: Divulgação/UFC.

O campeão Junior Cigano e Luiz Dórea em Salvador, no desfile em carro aberto pela cidade. Foto: Divulgação/UFC.

No lugar do campeão dos médios Wanderlei Silva, o campeão peso pesado Junior Cigano. Em vez do Japão dos tempos de Pride, os EUA. O resto foi igual Marcelinho previra.

Aconteceu ontem, quando o campeão do UFC foi recebido com festa pela imprensa e fãs no aerporto em Salvador, na Bahia, e desfilou pelas ruas em cima de um carro de bombeiros exibindo seu cinturão. No dia anterior, aliás, os baianos também foram às ruas aplaudir o boxeador Acelino Popó.

Acompanhado pelo treinador Luiz Dórea, Cigano terminou o passeio na sede do governo estadual, onde foi recebido calorosamente pelo governador Jaques Wagner. No UFC 146, em 26 de maio, ele despachara com eficiência o americano Frank Mir por nocaute no segundo round. Provavelmente, sob aplausos de Marcelinho Garcia, de olho no UFC na TV.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Markinhosgracie at 8:10 am

    marcelinho garcia está entre os 5 melhores lutadores de kimono e sem kimono da história das lutas agarradas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *