UFC 146: Como você enfrentaria Cigano? Campeão mundial de Jiu-Jitsu analisa

Share it

O campeão Junior "Cigano" dos Santos diante de Frank Mir na conferência de imprensa do UFC 146. Foto: UFC/Divulgação.

O UFC 146 que rola neste sábado, em Las Vegas, vem cheio de expectativas. No combate principal da noite, o campeão dos pesados e nocauteador Junior Cigano encara o desafiante bom de Jiu-Jitsu Frank Mir.

Dono de um boxe afiadíssimo, o atual campeão é apontado por nove entre dez especialistas como o favorito para esta peleja – a equipe do GRACIEMAG.com também aposta em Cigano, aliás.

Se o chão de Cigano ainda é uma incógnita no UFC, para alguns faixas-pretas de Jiu-Jitsu isso não fará a menor diferença na luta. A verdade é que poucos estão acreditando no queixo de Frank Mir nessa luta.

É o que acha Gilbert “Durinho” Burns, que diz confiar plenamente no amigo e treinador Luiz Dórea e aposta em nocaute do atual campeão.

“O Cigano é um monstro de atleta, e começou a carreira no Jiu-Jitsu. O Rodrigo Artilheiro estava comigo na casa do TUF Brasil e comentou que ele tem um gás sinistro. Ele tem 28 anos, começou com 22, tem pouco tempo de MMA mas já mostrou o seu valor. Eu acho que não passa do primeiro round, o Cigano derruba, mas mesmo se passar as condições físicas do Cigano são bem melhores que a do Frank Mir”, opina Durinho, ecoando declarações de Mir, para quem quanto mais durasse a luta, melhor.

E se você estivesse no lugar do Frank Mir? O que faria contra um lutador de mão pesada e certeira?

“Se eu fosse o Mir, eu tentaria derrubar, tentaria o clinche, a queda. Eu tentaria ser um Rousimar Toquinho ali, atacar o calcanhar, e sempre ficar muito esperto com a mão do Cigano. Para ganhar de um monstro assim, só se você trabalhar freneticamente na movimentação para botar para baixo. Eu teria de melhorar minha movimentação de perna, fintar muito bem e tentar aproveitar o clinche. O treino teria de ser este, botar para quedar, trabalhar o wrestling e no chão embolar no pé”, analisa Gilbert.

O participante do TUF Brasil, no entanto, não acredita que Mir será bem-sucedido na dura missão.

“Minha expectativa é de nocaute no primeiro round para o brasileiro. O Cigano está com a mão muito afiada, tem mais saúde por ser mais novo, tem a confiança de ser o campeão e tem um jogo de perna muito bom, vai ser nocaute. Confio no treinador Luiz Dórea, que fez um excelente trabalho. Basta o Cigano entrar tranquilo para lutar”, aposta o campeão mundial de Jiu-Jitsu peso leve em 2011.

“Acho que o Frank Mir vai errar depois de entrar o primeiro soco. Como campeão, na minha opinião o Cigano nem precisa buscar a luta, tem de ficar tranquilo, trabalhando seu jogo de perna, jabeando, porque o nocaute vai aparecer”, conclui o faixa-preta parceiro de Vitor Belfort.

E você, acha que o resultado dessa luta será o esperado também? Para você, Frank Mir pode surpreender? Qual seria sua estratégia?

UFC 146
MGM Arena, Las Vegas, Estados Unidos
26 de maio de 2012

Junior Cigano vs Frank Mir
Cain Velasquez vs Antônio Pezão
Dave Herman vs Roy Nelson
Shane Del Rosario vs Stipe Miocic
Lavar Johnson vs Stefan Struve
Darren Elkins vs Diego Brandão
Edson Barboza vs Jamie Varner
Jason Miller vs C.B. Dollaway
Jacob Volkmann vs Paul Sass
Dan Hardy vs Duane Ludwig
Kyle Kingsbury vs Glover Teixeira
Mike Brown vs Daniel Pineda

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *