Uma medida para acabar com o fechamento nas finais do Jiu-Jitsu?

Share it
Marcus Bochecha e o velho companheiro Cara de Sapato na final do absoluto do Pan 2012: apenas um abraço pelo ouro. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG.com.

Os companheiros Marcus Buchecha e Antônio Cara de Sapato, na final de absoluto que não houve no Pan 2012: apenas um abraço pelo ouro. Foto: Ivan Trindade

Se o futebol, esporte centenário, debate até hoje sua ética, regras e regulamentos, por que no Jiu-Jitsu seria diferente? Em cima do tatame, a polêmica gosta de vestir o kimono quando o assunto é o fechamento das chaves nas finais, ou seja, o acordo de cavalheiros entre dois colegas de equipe que chegam juntos à final – e o único golpe de Jiu-Jitsu que a torcida vê é um abraço. Se você é leitor do GRACIEMAG.com, já viu esse tópico aqui outras vezes. Mas, será que uma solução criativa pode amenizar o problema? Um professor acha que sim.

Claudinho Arrais, faixa-preta e organizador do Campeonato Sul-Americano de Jiu-Jitsu, viveu uma situação curiosa no fim do ano passado. Ele conta: “Houve um campeonato em Santa Catarina no qual quatro atletas da mesma equipe fecharam já nas semifinais. O pior é que o prefeito da cidade estava presente, para realizar a entrega do prêmio ao campeão absoluto. Tive então de me desdobrar para tentar fazê-lo entender que no Jiu-Jitsu isso era passível de ocorrer. De forma educada, mas brincando, ele disse que a categoria principal de um campeonato não podia ficar sem final, e se ofereceu para fazer, ele, uma final contra qualquer um dos quatro”, relembra Arrais.

Ruim para o fã de Jiu-Jitsu, péssimo para a TV

Após sofrer o problema na pele, e ciente de que é um desconforto enfrentar um amigo ou irmão, Claudinho maquinou uma solução simples para sanar o problema.

“Entendo que lutar com companheiros de treinos seja uma situação muito delicada, e isso deve ser respeitado sempre. Por outro lado, também por respeito, não podemos deixar o campeonato, os fãs e as TVs sem as lutas que decidem os títulos. Tal prática de fechar a chave foi consagrada no Jiu-Jitsu numa época em que não existia a internet, e as informações técnicas eram guardadas num sigilo quase militar, o que não acontece hoje com tantos seminários, DVDs, vídeo aulas e o próprio YouTube”, remonta Claudinho.

“Minha sugestão é que o campeão e o vice que fecharem a chave recebam as medalhas normalmente, afinal chegaram lá com justiça, graças a muita dedicação, muitos treinos e lutas limpas. No entanto, os pontos de ambos não seriam computados na disputa de equipes. A medida protegeria o campeonato e os fãs, e faria o atleta pensar menos na vaidade e mais no time”, diz o faixa-preta de Rilion Gracie.

(Veja a seguir JT e o amigo e companheiro de time Jimmy Harbison lutando à vera, na final do absoluto do Houston Open 2012:)

Para Claudinho, tal punição pode começar a mudar o quadro e ajudar a empurrar o Jiu-Jitsu para frente, não para trás.

“Sem finais, sem mídia, sem patrocínios”

“A opção pelo fechamento fere demais o Jiu-Jitsu. O campeonato perde o seu propósito sem a luta final. O público perde ao não assistir à grande decisão. A grande mídia não especializada (leia-se TV) põe em duvida se vale a pena noticiar um campeonato que pode não ter luta final. Sem mídia, sem grandes patrocínios. Logo, é injusto que a equipe que permita que isso aconteça não sofra nenhuma pena por sua atitude, ela que é responsável por formar o atleta. Concordo que todos devem ter o direito de decidir o que é o melhor para sua equipe, desde que não prejudique o crescimento do todo, no caso, o Jiu-Jitsu”, reforça Claudinho, que também tem sua academia em Florianópolis.

O professor não é ingênuo a ponto de achar que isso solucionaria tudo. Mas vê com bons olhos “forçar” essa mudança de mentalidade, mesmo que isso leve a treinos de luxo entre amigos nas finais.

“Claro, surgirão outras formas de evitar essas lutas finais por atletas da mesma equipe. Alguns vão simular lesões, outros vão se recusar a lutar, outros vão fazer apenas uma luta marmelada, de exibição. No caso de suspeita de simulação de lesão, uma avaliação médica com atestado do doutor responsável pela competição talvez fosse uma solução, mas mesmo uma luta de exibição seria melhor que o juiz simplesmente erguer o braço de um lutador, para frustração geral. Enfim, tudo pelo desenvolvimento do Jiu-Jitsu, esporte que educa e nos dá tanto orgulho de fazer parte, como atleta, professor, organizador e dono de equipe”, conclui Claudinho.

E você, leitor, acha que a ideia pode ganhar corpo? Comente abaixo, no melhor fórum para debate sobre o Jiu-Jitsu, o GRACIEMAG.com.

O organizador bem acompanhado: André Santos, Crolin Gracie, Claudinho e Carlinhos Gracie. Foto: Divulgação.

O organizador bem acompanhado: André Santos, Crolin Gracie, Claudinho e Carlinhos Gracie. Foto: Divulgação.

Ler matéria completa Read more
There are 68 comments for this article
  1. Andre monteiro at 3:44 pm

    Esta coberto de razão, não existe motivo para fechar, na academia eles não rolam? qual a diferença? não existe murro na cara e nenhum golpe traumático.

    • RiccardoRiccio at 12:47 am

      Na sua academia a concepção de Familia não deve ser mt utilizada né?? Ai fica foda pra voce falar sobre esse assunto ja que desconhece do mesmo.. : /

  2. Vinicius de Barros at 4:16 pm

    Na minha opinião, a melhor coisa para evitar ‘ fechamento de chave ‘ seria as seguintes: Sorteio das chaves e não a formulação das chavaes como acontecem hoje, onde os lideres das equipes praticamente escolhem quem pega quem, ou seja colocarim em um globo o nome de todos os atletas e faria um sorteio, quem saiu com quem luta, independentemente da academia, se eles encontrassem na final, ai sim seria outra coisa, mas acho bem dificil isso acontecer, afinal seria literalmente na sorte, onde os mesmos poderia se encontrar até mesmo na primeira luta , segunda e assim por diante… No caso de uma semi final, por exemplo 2 ou 3 da mesma academia, faz-se um sorteio extra, assim não rola o famoso fechamento… e na final tem que lutar, pois se não lutar serão desclassificados. Acho esta a melhor hipótese, mas creio que mesmo assim poderia rolar a famosa luta amigável…

  3. Josney de Freitas Lima at 5:44 pm

    concordo com todos, valendo grana, só recebe quem luta, colocar os da mesma academia do mesmo lado da chave, se acontecer de dois da mesma academia ficarem em lados opostos nas semis, mudam-se as chaves para nao se enfrentarem na final, puniçao para academia em forma de perda de pontos, e até desclassificação do atleta em um proximo campeonato.

  4. Antonio Borges at 6:24 pm

    1º – Jiu Jitsu é esporte amador, esse é o argumento da própria Confederação para não dar premiação em dinheiro, logo não se pode exigir que os atletas sejam profissionais.
    2º – Os torcedores pagaram ingresso muito caro pra ficar exigindo alguma coisa né…
    3º – A televisão (ou melhor, o Sensei Sportv) só passa os melhores momentos das finais, logo quem decide fechar, assume o risco de não aparecer.
    4º – Academia de Jiu Jitsu é muito mais do que uma simples equipe, é uma família( pelo menos a equipe Abi-Rihan é assim), e como deve ser, os problemas e porradas entre familiares são resolvidos a portas fechadas.
    5º – Jiu Jitsu é muito mais do que um simples campeonato, é uma filosofia de vida, e nela a amizade e companheirismo falam mais alto do que ficar dando show pros outros.
    6º – O público do Jiu Jitsu é a própria comunidade do Jiu Jitsu, tá curioso? Se matricula na academia dos vencedores e assiste ao treino…
    7º – A decisão tem que ser dos próprios atletas, quem fica pedindo pra não ter fechamento é porque não luta ( Ou não tem verdadeiros amigos de treino)

    100% a favor do fechamento de chaves!! Amizade em primeiro lugar.

    • Cecelo at 6:48 pm

      Irmão vc foi perfeito na colocação, iria usar esses mesmo argumentos!
      A CBJJ deveria se preocupar em melhor premiar os campeões, em dinheiro, para então cobrar uma atitude dessas e o pior é ver a forsação de barra da Graciemag para tentar empurrar goela abaixo que deve haver luta.
      Primeiro premiem com dinheiro o campeão, utilizem exames antidipping e depois pensem e fechamneto de chves!
      Cecelo GJJ

      • Rodrigo Montini at 8:14 pm

        Concordo! Porém, quando começar a envolver grana, quero ver dar a vitória ao coleguinha de treino. Muitos adeptos irão lutar. ossss

      • Jack at 5:19 pm

        Ok GM promova um novo topico , pois 80% dos comentarios foram sobre “premiação de atletas” e não “fechamento” de colegas.
        Sinto que as autoridades, com ou sem fechamentos, com ou sem premiações, devem deixar as mudanças a longo longo prazo. Sempre vai ter alguem lutando por medalha com nome de outro torneio KKKK que ja ocorreu num outra federação amadora…por falta de medalhas tss tss que vergonha.
        Sempre havera atletas dispostos a tentar crescer no esporte, sem premiações.

    • Raphael Abi-Rihan at 10:45 pm

      Concordo em gênero, número e grau com as sábias palavras de Antônio Borges! Afinal, não é a toa que defendemos a mesma filosofia: JIU-JITSU EM FAMÍLIA

      • Jack at 5:21 pm

        Este tambem eh um time, com todo respeito, faz anos que não chega nas finais, dai não fecham muito não… Não se preocupem, devido a falta de teste anti doping, nenhum campeão tem “C ” maiusculo, conforme os medicos que converso. OSSS!

    • Flavera_jitsu at 2:30 pm

      1: se as vezes a gente briga com irmão, primo, discute com familiares e depois faz as pazes, por que não lutar entre amigos.

      2: os treinos pegam fogo entre amigos na academia até com certa rivalidade, porque não lutar numa final.

      3: uma final entre amigos eleva o nível do jiu jitsu, pois depois do campeonato o amigo que perdeu vai treinar mais pra não perder de novo, consequentemente os treinos na academia vão ficar mais fortes.

      4: uma solução seria casar os amigos nas oitavas ou quartas de final logo de cara pra matar o mal pela raiz…. e ai, ninguém ia querer ir pra final?

      5: luta de migué. o juiz desclassifica os dois e o primeiro lugar vai pra uma luta entre os semi finalistas perdedores.

      6: se eu perder pro meu amigo, não significa que sou pior que ele ou vice versa,

      7:se ganhar fico triste mais feliz por que ganhei e mais feliz por ver a felicidade de meu amigo ao ver meu braço levantado( ai vou ver se tem o companheirismo da equipe mesmo)

      8: se perder fico feliz pela evolução do meu amigo.

      9: esse é o verdadeiro espirito do jiu jitsu, como dizem alguns e até na gm, saber perder, pois você pode perder pra amigos de treino, mulheres, mais velhos, mais leves, crianças………

      10: duvido se alguém pegar atraso durante um mês do mesmo amigo vai se conformar ….. o olho de tigre aparece na hora. a não ser que o cara goste de pegar atraso só por que é do seu amigo…… entendeu o x da questão.

      11: e chato mas é melhor lutar ….. eu acho.

      • Matheus Miranda at 8:17 pm

        Flavera, meu querido, pelo amor de Deus, ao invés dos dois caras serem amigos, companheiros de treino, onde eles dividem, discutem as técnicas, eles serão ADVERSÁRIOS, você não vai querer dividir suas técnicas com seu adversário, muito menos discutir os detalhes. O treino ia ficar uma guerra, e não ia fluir, ia ser pra matar ou morrer, e o grande segredo do treino, é SOLTAR O JOGO, não amarrar, não ficar muito tempo na mesma posição(o que ocorre em campeonatos), não vai ser mais um treino, vai ser uma luta de campeonato, o que diminui o nível técnico dos mesmos.

        • Flavera_jitsu at 4:17 am

          então os campeões mundiais, brasileiros sul-americanos brincam de rola solto na academia e rolam a vera no campeonato,não teria lógica treinos fracos mesclados com dias de competição forte, então já que o treino é solto toma-lhe anabolizante pra compensar a parte física, …… ninguém ganharia com esse sistema de treino solto ,como já diz o ditado treino duro luta fácil, então existem sim dias de treino duro a vera e com certeza o pau trinca véio,claro que com os dias de rola solto, um completando o outro mais rola sim uma rivalidade sadia dentro da academia com treinos fortes sim. é um esporte que lida com seres humanos e há sentimentos variados dentro da cabeça das pessoas, mas toda opinião é valida ,valeu matheus….

          • Flavera_jitsu at 4:28 am

            agora sobre se mudaria com dinheiro nas finais e etc….não sei se mudaria ou se tá certo, só falo do ponto de vista de espetáculo como o jiu jitsu merece ser tratado

    • Marcelo Dunlop at 2:34 pm

      Falou bonito, Borges, mas não é tão simples.

      O Jiu-Jitsu esportivo, para crescer, precisa ser visto como um esporte como outros. A filosofia, a defesa pessoal, o treino como exercício revigorante é outro departamento.

      Um esporte para crescer precisa sim encantar o público, pagante ou não. E a TV, como o UFC prova, é um elemento interessante para o aumento de patrocínios aos competidores. Contentar-se apenas com a transmissão via Sensei Sportv é pouco.

    • Flavera_jitsu at 4:51 am

      O GRANDE MESTRE HÉLIO GRACIE ERA CONTRA AS LUTAS DE MARMELADA VIDE WALDEMAR SANTANA ,
      SE TANTA GENTE SE EMPOLGA COM DIETA GRACIE , ESTILO DE VIDA ,AUTO CONTROLE,CORAGEM POR QUE NÃO SEGUIR O MESTRE NESSE QUESITO …… SE É PRA SEGUIR VAMOS SEGUIR NA ESSÊNCIA, NÃO SÓ AS PARTES CHARMOSAS, NÃO SOU FANTOCHE PRA NÃO PERCEBER QUE DOIS CARAS TÃO ME ENROLANDO ISSO É FALTA DE PROFISSIONALISMO. SERA QUE É TEORIA CONSPIRATÓRIA DA CBJJ …….. TALVEZ , JÁ QUE É PRA SER PROFISSIONAL E SER REMUNERADO MUITO FAIXA PRETA IA PEGAR JUSTA CAUSA.

      • Antonio Borges at 9:51 am

        Se é pra seguir todos os ensinamentos do grande mestre Hélio Gracie então devemos acabar com todos os campeonatos, já que ele era totalmente contra o Jiu Jitsu de competição.
        E desde quando ele era a favor de companheiros de equipe lutando um contra o outro? Vc sabe de alguma luta entre membros da antiga academia Gracie???

        • Flavera_jitsu at 5:49 pm

          beleza então vamos radicalizar mesmo e seguir a risca sem marmelada !!!
          agora vai no teatro ver um ator atuando de mau gosto subestimando tua inteligencia e tua família ou numa corrida e ver o jogo de equipes como na ferrari na formula 1 ou na wwe ou no futebol com dois times jogando pelo empate … ai ninguém gosta.
          vamos lutar de verdade e exigir uma profissionalização ao mesmo tempo .

        • Flavera_jitsu at 7:00 pm

          O Jiu-Jitsu que criei foi para dar chance aos mais fracos enfrentarem os mais pesados e fortes. E fez tanto sucesso, que resolveram fazer um Jiu-Jitsu de competição. GOSTARIA DE DEIXAR CLARO QUE SOU A FAVOR DA PRÁTICA ESPORTIVA E DA PREPARAÇÃO TÉCNICA DE QUALQUER ATLETA, SEJA QUAL FOR SUA ESPECIALIDADE.. Além de boa alimentação, controle sexual e da abstenção de hábitos prejudiciais à saúde.O PROBLEMA CONSISTE NA CRIAÇÃO DE UM JIU JITSU COMPETITIVO COM REGRAS TEMPO INADEQUADO E QUE PRIVILEGIA OS MAIS TREINADOS FORTES E PESADOS. O objetivo do Jiu-Jitsu é, principalmente, beneficiar os mais fracos, que não tendo dotes físicos são inferiorizados. O meu Jiu-Jitsu é uma arte de autodefesa QUE NÃO ACEITA ¨CERTOS REGULAMENTOS e tempo determinado.ESSAS SÃO AS RAZÕES PELAS QUAIS NÃO POSSO, COM MINHA PRESENÇA , APOIAR ESPETÁCULOS CUJO EFEITO RETRATA UM ANTI-JIU JITSU
          —HÉLIO GRACIE em entrevista à FIGHTINGNEWS.

          1: ELE NÃO ERA CONTRA O JIU JITSU DE COMPETIÇÃO MAS SIM DAS REGRAS ( REGRAS MAL FEITAS )QUE SÃO FEITAS PARA SER SEGUIDAS ENTÃO TEM QUE HAVER LUTA , TANTO QUE ELE COMPETIA NO VALE TUDO, OU NÃO?

          2: SE FOSSE CONTRA COMPETIÇÕES CEGAMENTE NÃO LUTARIA NEM BRIGA DE PETECA OU ESTARIA ENTRANDO EM CONTRADIÇÃO POIS LUTOU E SE LUTOU É COMPETIDOR E COMPETIÇÃO É COMPETIÇÃO EM QUALQUER MODALIDADE.COMO NO VALE TUDO QUE TEM GOLPES TRAUMÁTICOS…

          3:¨¨QUE NÃO ACEITA CERTOS REGULAMENTOS¨¨

          4: ¨¨¨ESSAS SÃO AS RAZÕES PELAS QUAIS NÃO POSSO, COM MINHA PRESENÇA, APOIAR ESPETÁCULOS CUJO EFEITO RETRATA UM ANTI JIU JITSU .

          5: ¨¨¨ANTI JIU-JITSU¨¨¨¨

          6: AGORA DUVIDO QUE O GRANDE MESTRE HÉLIO ACEITASSE FECHAMENTO DE CHAVES…….VALEU.

          • Antonio Borges at 8:19 pm

            Agora você quer me dizer que o Grande Mestre Hélio Gracie era contra o fechamento de chaves?? Quando ele te disse isso??? Ele colocava os alunos dele pra lutar um contra o outro???
            Pelo amor de Deus né, vamos debater com argumentos mais lógicos, volta pra realidade, meu camarada. E deixa o mestre descansar em paz.

            • Flavera_jitsu at 2:42 am

              te dei muitos argumentos reais até demais, como futebol,formula 1, wwe coisas que não admitimos nesses esportes,ou são esportes do outro mundo fora da realidade como tu quis dizer que eu escrevi, não vi nada fora da realidade….tu fala cada coisa, como o piblico que não paga por isso não tem direito de exigir, quer dizer o que ? quem não paga é m ……. po tu so ta respondendo meus questionamentos , me da argumentos como to te dando… depois do teu primeiro tópico não vi mais argumentos.quer mais um?

              • Flavera_jitsu at 3:49 am

                então la vai.se a cbjj não premia em dinheiro e os empresários não investiriam em campeonatos sem final os atletas vão morrer de fome.
                . só investem apaixonados como nós ou marcas das antigas ou espertos que veem um nicho de mercado. me diz uma marca nova exclusiva de jiu jitsu que anuncia em revista….não tem….são as mesmas marcas…com exeção de marcas de mma e suplementos que crescem em cima do mma que tem como base o jiu jitsu que por outro lado estagnou em termos mercadológicos com um evento bom aqui outro aculá e assim vai pois as vezes não tem atrativos e os patrocinados são a mesma panela de sempre com algumas mudanças. cobre da cbjj mais também dos atletas mais profissionalismo pois sem o fechamento de chaves o jiu jitsu evolui tecnica – financeiramente com certeza pois niguem quer perder se for valendo real$$$ se liga cara o jiu jitsu romantico não é só irmandade mas também rivalidade, classicos e talvez histórias de amigos que se enfrentaram e foram comer juntos depois… falei algo fora da realidade? me mande argumentos seus ,reais não se baseie nos meus valeu.
                não teclo mais nada pois não vou fechar essa chave contigo. ACHO QUE FINALIZEI !!!

          • Jack at 5:30 pm

            Talves o sensei Helio falou alguma coisa deste tom, para defender seus filhos e ficar contra as federações dos sobrinhos…

            PS- o JJ já existia…sensei Helio aprimorou a arte! Nao criou nada! palavras do sensei Renzo Gracie! OSSSS !

        • Flavera_jitsu at 7:15 pm

          NO CAPITULO 6 TU DISSE QUE ( TA CURIOSO SE MATRICULA NA ACADEMIA DOS VENCEDORES E ASSISTE O TREINO…) TU CONFIRMOU QUE TEM TREINO A VERA NA TUA ACADEMIA ENTÃO…

          • Antonio Borges at 8:10 pm

            Óbvio que na academia o treino é a vera, em que parte eu falei que não era??? Mas é no treino, e só quem vê é a própria equipe, aliás sou da época em que treino não se comentava…

        • Jack at 5:27 pm

          Tem muito nego da Gracie Humaita e Gracie Barra que não fecham…alias , o maior de todos, ROGER GRACIE, o que ele diz? Totalmente CONTRA fechamento de lutas!!! Só por isso, acho que o povo tem que repensar!

      • Jack at 5:25 pm

        Sensei Helio era totamente contro os torneios..se todos levarem a serio vão viver de que? as aulas vão acabar se não houver torneios…talves tenha alguns por ai defendendo “sexo só para procriação” como os patriarcas do BJJ defendiam tbem.

        • Flavera_jitsu at 7:05 pm

          não me interpretem mal, só quis dizer que eu ACHO QUE TALVEZ ELE NÃO FOSSE CONTRA CAMPEONATOS MAS TALVEZ CONTRA AS REGRAS DOS MESMOS E AS REGRAS NA VERDADE SÃO MUITO BRANDAS COM RELAÇÃO A FECHAMENTO DE CHAVES E OUTRAS COISAS QUE FAZEM O ESPORTE NÃO SER ATRAENTE JUNTO A MÍDIA O QUE CAUSA ATRASO AO MESMO POR ISSO EU SOU NÃO SOU A FAVOR DO FECHAMENTO DE CHAVES.

          OBS ; E O DANA WHITE QUE TA NA FOTO ALI EM BAIXO RSRSRSRSRSRR.

    • Rodrigoregis at 11:28 am

      Concordo com o Antonio Borges, em quase tudo a começar pela CBJJ que é uma “brincalhona”, assim como as federações locais, o jiu-jitsu é amador porque convém a elas que seja assim, pra que remunerar um atleta amador… Se fosse profissional com remuneração, patrocínio, mídia de peso, não teria fechamento de finais, nem se os atletas quisessem. Veja no judô na hora da pontuação pra índice olímpico se os caras não vão pro pau. Vamos ver se precisar de pontuação para o Mundial da CBJJ se os caras não lutam.

      • Jack at 5:22 pm

        Verdade…mas enquanto houver atletas que precisam dos torneios pequenos e grandes, sem premiações, sem anti doping, para conquistar patrocinio, convites para seminarios…autoridades dever estar confortaveis com todo este amadorismo.

    • Hirosiro ryan at 7:02 am

      E com esses argumentos que o Jiu Jitsu quer ser esporte olimpico?
      Se o Judô tivesse essas “coisinhas” para os ateltas da mesma equipe de enfrentarem seria uma potencia olimpica e esporte organizado como é hj? Abre a cabeça rapaz no Judô como no Jiu o esporte é amador e não se prende a esses pseudos motivos principalmente o financeiros para justificar as mazelas que vem sendo feito no decorrer dos anos.
      Para um Jiu Jitsu em olimpiadas, tratem o Jiu nao só como luta mas como esporte de respeito e importancia, não como a propria CBJJ e os senhores do poder nas Federações d Jiu Jitsu vem fazendo, inclusive permitindo essas “tretas” no esporte.

  5. Andrey-jj at 7:15 pm

    Olha, acho polêmico e teria de constar na regra geral, mas acho justo que se dois atletas da mesma equipe fecharem a final e não quiserem lutar, também não valeriam os pontos para a referida equipe, como acontece quando há só lutadores da mesma equipe em determinada categoria. Agora, tambem temos que pensar na profissionalização do esporte.

  6. Sandro at 7:45 pm

    Corroboro com a maioria, ta mais do que na hora da CBJJ premiar os competidores, nem que para isto aumente a taxa de inscrição mas certamente seria um fator inibidor ao fechamento da final, não ia sanar, porém, ela teria condições de “limitar” esta prática.
    Já vimos alguns casos de atletas da mesma equipe lutando, já vimos até irmãos fazendo isto, não há nada demais, seria uma extensão de seu treino que faz diariamente na academia e mais é arriscado de ser menos amarrado.

    Minha opinião

  7. diego at 10:15 pm

    Faz igual ao ADCC, simples assim.
    Na primeira rodada vc enfrenta o atleta da mesma equipe, como aconteceu com bruno frazato e rafael mendes!!!

    • Matheus Miranda at 8:20 pm

      é, só que se você não sabe o ADCC é um evento profissional que remunera os campeõs, Diego! Se informe das coisas antes! Já a CBJJ não, diz que o JJ é um esporte amador e por isso não remunera os campeoes, pelo fato de ser um evento amador..

  8. Terra Jitsu at 12:40 am

    Pra mim, não lutar a final, de qualquer campeonato, ou fazer lutas visivelmente armadas, é uma das coisas mais ridículas que existem no jiu-jitsu.

    Esse negócio de equipe-familia é legal na teoria mas na prática, a minha família é só o meu pai e a minha mãe mesmo.

    100% CONTRA o fechamento de chaves.

  9. Abudhabijiujitsu at 1:43 am

    O mundial de Abu Dhabi nao tem o direito de exigir uma vez que eles cobram a inscricao. E se exigerem verao uma luta armada como dos irmaos Mendes na ultima vez.

  10. Augustomma at 7:54 am

    Pelo que vejo a guerra jiu jitsu vs MMA não tem limites,logo o jiu jitsu esportivo vai se tornar um saco de chatice,se os caras não querem lutar,que seja respeitado a vontade dos únicos astros do esporte oras,esses dirigentes se comportam como o presidente do UFC outrora criticado e pelo visto copiado querendo ditar todas as regras inclusive na escolha do atletas de fazer ou não certas coisas,meu deus do céu,onde o jiu jitsu de meia dúzia de ambiciosos visando lucros vai parar?

  11. Augustomma at 8:05 am

    DINHEIRO,DINHEIRO,DINHEIRO,DINHEIRO…..

    É ESSE O MOTIVO DA RAIVA DE DIRIGENTES DO JIU JITSU,É SÓ NISSO QUE ELES PENSAM,ATLETAS SÃO MEROS PEÕES NESSE JOGO SUJO!

  12. Jaime Luz at 10:16 am

    É muito simples resolve essa questão!

    É só forçar o confronto entre integrantes da mesma equipe antes da final! se não quiserem lutar, por questões respeito, graduação, ou qualquer outra coisa.. é de responsabilidade dos atletas decidirem… (vide libertadores da america que não tem final brasileira).. tem que fazer algo do tipo!

  13. Markinhosgracie at 11:31 am

    concordo 100% com o diego!!!!!!! faz igual ao ADCC, se vão fechar a categoria na final, bota logo na 1ª luta!!!!!!! tem q ter luta dentro do tatame!!!!!!!!

  14. Daniel at 12:36 pm

    pelo amor deus essa confederação querendo fazer pressão nos atletas que a sustentam e sustentam os luxos de seus dirigentes, isso é uma piada.

  15. Jerry at 3:30 pm

    caro Antônio Borges, vc está de parabéns nas suas colocações. Faço das suas palavras as minhas.
    Só pra complementar o comentário do colega, digo que hj o UFC é a maior referência no mundo das artes marciais…Porém, existe um pacto entre lutadores da mesma equipe que não lutam entre sí, exemplo está no Nogueiras Brother´s, Nova União e etc.
    Diante disto, existe uma grande mídia para o evento, tanto em canais abertos, fechados, Payperview e publicidades…e no Jiu Jitsu? existe o Sensei que passa alguns lances das finais de faixas pretas!!!
    O Canal Combate? só passa UFC, na maioria das vzs reprisados nos dias que estão rolando os melhores eventos de BJJ, mas não tem interesse em transmitir o nosso amado esporte.
    Todos nós sabemos, que campeonatos de Jiu-Jitsu, sendo de qualquer federação ou confederação é a maior bagunça que existe e desrespeitosa com os atletas, exemplo clássico é o cronograma!
    Na boa, minha equipe é a GFTeam, sou desde a época da UGF e, digo que é a minha segunda família. É lá que passo os melhores momentos da minha vida, sempre serei fiel aos meus irmão de equipe e ao meu mestre!

    Sem mais!

  16. Kabrudo at 5:30 pm

    Ainda bem que a grande maioria pensa que nem eu e dizemos SIM AO FECHAMENTO DE CHAVES POR ATLETAS DA MESMA EQUIPE!!!
    Tem que mudar muita coisa ainda para querer exigir que o atleta lute.
    Precisa mudar mais ainda as regras, as entidades e principalmente a mentalidade do praticante do Jiu Jitsu.
    Já deixamos de ser um esporte amador e estamos virando um esporte profissional.
    Abraço.

  17. Rodrigo Castro at 6:35 pm

    Rodrigo Castro: Minha sugestão é como a liga do campeões de futebol, quando fecharem as semi finais e tiver dois atletas da mesma equipe dos dois lados da chave, a organização passa os dois atletas da mesma equipe para o mesmo lado da chave, ai a propria equipe decide quem vai para final, ou eles proprio lutam para decidirem quem vai para final, pode não haver a luta da semi, mas sempre haverá a final que é o mais importante para todos verem………………

  18. Rafael Agostini at 8:59 pm

    Marcelo, tenho uma solução simples: com base no que é feito nas copas Libertadores, onde times do mesmo país devem se enfrentas nas semi-finais, sugiro que o mesmo aconteçam com lutadores da mesma equipe. Desta forma, a final está preservada de não acontecer. Quem quiser “fechar” semi-final, feche, e vá para a final disputá-la!

  19. Julio Puppim at 12:21 am

    mas tb não sei se a solução passa somente pela premiação em $$, pq os caras podem decidir fechar e dividirem o prêmio…

  20. Tofolorio at 11:14 am

    Esta é uma questão muito mais pessoal do que qualquer outra coisa, cada um tem seus princípios e valores, acho que o jiu-jitsu é família sim, a amizade empera em minha academia, mas os lutadores são profissionais sim, independente se a cbjj dá premiação ou não, foram através de campeonatos como o mundial, panamericano e afins, que os lutadores de hoje conseguiram patrocínios, capa de revista, seminários pelo mundo afora, isso porque a grande maioria dos praticantes de jiu jitsu não são competidores, são lutadores por amor e hoby, e são elese que consomem os kimonos que um campeão usa, compram as revistas especializadas, enfim aquecem este mercado e fazem possível um atleta top, como buchecha, cara de sapato e etc viverem do jiu jitsu.
    Então, sou a contra do fechamento 100%, não vejo meu conpanheiro de equipe como adversário não, pois se eu perder a final para ele, os pontos continuam em casa, e eu perdi para um cara que treina comigo, ou seja minha equipe se fortalece ainda mais como a melhor, pois somente alguém do meu time consegue me vencer, e isso nos fará treinar cada vez mais, agora dizer que isso fará eu não querer mais mostrar técnicas para o meu colega pois ele poderá me enfrentar no campeonato, isso é um absurdo, quem treina um pouco sabe que quem esconde o jogo e joga na academia para não perder não se dá bem em campeonatos, agora se eu continuar com essa vaidade de não quere perder para o companheiro de treino, então eu ainda não aprendi nada sobre o jiu jitsu.
    Passamos a vida toda querendo que o jiu-jitsu saia do ostracismo e da marginalidade e agora que temos a opurtunidade iremos transforma-lo em um esporte chato para o publico e maravilhoso para nos que praticamos, com a desculpa de que, quem treina sabe, mas quem vai querer conhecer se o cartão de visita de qualquer modalidade é o campeonato e o de jiu jitsu for moroso, com vários atletas fechando finais com os seus colegas……vamos crscer minha gente…..osss

  21. ronaldo at 2:50 pm

    Com esses pensamentos contraditórios nunca vamos chegar a ser olimpico, pois cada vez mais existe criticas sem ser construtivas e muito sem soluções, Ronaldo Marcelino equipe Nova Força.

  22. Rodrigo Montini at 4:11 pm

    Coloque lutadores da mesma equipe para se enfrentarem antes da final. se houver mais de 2 coloque nas quartas. Pelo menos haverá final a vera.

  23. Manoel Fernandes at 8:17 pm

    Concordo com tudo que Antonio Borges falou, e ainda acrescento mais… sem sitar nomes por questão de ética. 90% da galera que é a favor de não existir mais “fechamento” nunca vi botar o quimono e competir, ou seja. esses que dizem que o esporte perde com isso, nunca lutaram realmente. nunca tiveram uma equipe onde o foco principal é a familia e união entre os atletas. são pessoas que vivem as custas do jiu jitsu mas nunca ouvi falar que foram competidores. na propria ibjjf. existe um “Mestre de jiu jitsu” que se diz totalmente a favor de ver lutas entre companheiros de equipe, no entanto só vejo ele em palestras sobre arbitragem e novas regras, no entanto quando ele botou o quimono e lutou? e se lutou ganhou o que? se a IBJJF (CBJJ) quer ver profissionalismo, que começe a tratar o atleta como Profissional. eu como atleta me sinto com o direito de decidir junto com minha equipe se devo ou nao lutar com meu companheiro.pois se conseguimos chegar na final. e pq mostramos que nossa equipe é a melhor. e com certeza o publico vai ver as lutas anteriores a final. ao invez de ouvir essas pessoas que nunca fizeram nada pelo jiu jitsu. vamos ouvir os atuais campeões. que fazem com que a Ibjjf sobreviva. pois se nao tiverem os lutadores. nao existe confederação. vamos ouvir a opnião de pessoas que realmente foram competidores e hj são verdadeiros mestres. vamos buscar a opnião deles: sito alguns nomes. Julio Cesar, Denilson Pimenta (Gfteam), Fabio Gurgel e Gigi ( Aliance) Barbosa ( Barbosa), Ricardo De La Riva ( De La Riva), Ari Galo e Alam Moraes (Carson), Rafael Abi Rihan, Murilo Bustamante (Btt), Royler Gracie, Omar Salum (Manaus)(Gracie humaita),Marola (Nova União) Felipe costa, Muzio, Igor Silva(Brasa) e muitos outros q não vemos na midia mas pagaram um preço pelo esporte. vamos olhar para os melhores. nao para esses caras que nunca ouvi falar deles como competidores.

  24. Jack at 5:14 pm

    Não temos visto o sensei muitas vezes nas finais nos ultimos 5 anos….claro, nas finais quando ha 4 inscritos na categoria. Essa postura infelizmente só deixa o esporte a mingua.

    • Flavera_jitsu at 7:50 pm

      isso é pensamento egoísta!!! se o publico não tem moral pra falar, a tv também pois só transmite as finais, quem não compete não fala nada também , a cbjj tem que ficar calada, só pode falar ou opinar como já falaram ai em baixo quem é grande mestre ou campeão mundial ENTÃO DEIXA COMO TÁ,SÓ TEM AMIGO QUEM FECHA CHAVE NAS FINAIS … o espirito do jiu jitsu é só amizade, então deixa como tá mesmo, avacalhado, mas esquecem que isso é egoismo pois todos nós sim fazemos algo pelo esporte independente de competir ou não pois amamos jiu jitsu e temos o direito sim de exigir uma final de verdade.e o jiu jitsu não é só amizade mas honra e RESPEITO, RESPEITO NÃO SÓ COM OS AMIGOS MAS COM OS OUTROS TAMBÉM E NÃO COM EGOÍSMO DE QUE…. SE EXPLODA O PUBLICO, AS MÃES, PAIS, AMIGOS QUE LEVAMOS AOS CAMPEONATOS , FUTUROS PATROCINADORES,NAMORADAS, QUE IMPORTA É SÓ NOS DOIS QUE FECHAMOS A CHAVE O CAMPEONATO ACABOU SOMOS OS MELHORES!!! OS MESTRES DE NOME E AS REVISTAS VÃO ANALISAR NOSSA LUTA, VAI TER VIDEO NO YOU TUBE, NOS SOMOS DEMAIS, SOMOS OS CARAS.
      DEIXA COMO TÁ …………. O JIU JITSU VIROU BRINCADEIRA DE AMIGO, PO SE É PRA NÃO LUTAR, VAI ROLAR COM TEU AMIGO NA ACADEMIA NÃO COMPETE. O NOME NÃO É MAIS CAMPEONATO É AMISTOSO….. AHHH PACIENCIA……….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *