Dos Gracie à Globo, livro traça a linha do tempo do vale-tudo e MMA

Share it
Dois atletas de MMA no octagon do UFC. Foto: Divulgação/UFC.

Foto: Divulgação/UFC.

Antes exclusiva para quem tinha sua coleção completa de GRACIEMAG e da Revista NOCAUTE, a história do vale-tudo e MMA no Brasil agora vai chegar às livrarias. No dia 3 de abril, o jornalista carioca Fellipe Awi lança o livro “Filho teu não foge à luta”, que conta a saga do MMA desde Conde Koma e Carlos Gracie até o UFC transmitido ao vivo pelo maior canal de TV do Brasil, a Globo.

Com um olhar voltado para as rixas e rivalidades que ajudaram a atrair fãs e praticantes, o livro de Fellipe Awi conta tudo e acaba por traçar uma linha do tempo ao mesmo tempo resumida e abrangente com os fatos mais marcantes, trágicos e vibrantes do esporte, útil para os futuros pesquisadores. GRACIEMAG.com reproduz abaixo, e pergunta: faltou algo na linha do tempo do vale-tudo e MMA? Comente abaixo.

Linha do tempo do MMA

1917 Conde Koma é apresentado a Carlos Gracie.

Anos 1920 Carlos enfrenta o capoerista Samuel, o Negro Gigante, em evento chamado “estilo versus estilo”.

1932 Helio Gracie participa do seu primeiro vale-tudo.

1951 Helio Gracie luta com Masahiko Kimura.

1955 Helio Gracie luta com Waldemar Santana, que enfrenta Carlson Gracie em seguida.

1956 Carlson e Waldemar voltam a se enfrentar.

1962 Braço quebrado no programa de TV “Heróis do ringue” leva à proibição do vale-tudo na Guanabara.

1978 Rorion Gracie se muda de vez para os Estados Unidos.

1980 Rickson Gracie luta com Rei Zulu.

1982 Rilion briga com Marinho em Teresópolis; Rolls e outros invadem a Academia Naja, de muay thai; Rolls morre em acidente de asa-delta.

1983 Rickson e Zulu voltam a se enfrentar.

1984 A Noite das Artes Marciais, primeiro vale-tudo entre adeptos do Jiu-Jitsu e do muay thai.

1988 Rickson briga com Hugo Duarte na Praia do Pepê; turma da luta livre invade Academia Gracie, no Humaitá.

1991 Grande Desafio é televisionado pela TV Globo.

1993 Primeira edição do UFC, nos Estados Unidos.

1994 Explosão de brigas envolvendo lutadores de Jiu-Jitsu nas boates cariocas.

1995 Rorion Gracie deixa o UFC; Marco Ruas estreia na sétima edição do evento.

1997 Quebra-quebra no Pentagon Combat, no Tijuca Tênis Clube; Pride surge no Japão

1998 Primeiro UFC realizado no Brasil.

2000 Os irmãos Fertitta e Dana White compram o UFC.

2002 Minotauro luta com Bob Sapp no Pride.

2003 O “Fantástico” exibe reportagem sobre o sucesso dos brasileiros no Japão.

2005 O reality show “The Ultimate Fighter” estreia nos Estados Unidos.

2007 UFC compra o Pride. Ryan Gracie é encontrado morto na cela de uma delegacia em São Paulo.

2011 UFC Rio (134); UFC ganha transmissão ao vivo pela TV Globo e, nos Estados Unidos, pelo canal Fox.

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Markinhosgracie at 11:29 am

    a derrota do royce pro saku, a derrota do sakuraba pro wandeco e a derrota do minotauro pro fedor foram fatos q ficaram marcados na história do MMA

  2. Mohamad Jehad at 3:09 pm

    Realmente. Estou correto. O evento coleseu convidou os Lutadores Rickson ( o verdadeiro), Ze Mario Sperry e Saulo Ribeiro atraves de uma empresaria japonesa em março de 2000 durante o ADCC em Abu Dhabi. A proposito a Graciemag.com esta apenas apresentando a exposiçao do livro UM FILHO TEU NAO FOGE A LUTA. Senta la.

    • graciemag at 4:33 pm

      Mohamad, o Pride nasceu em 1997, com a luta Rickson vs Takada, e Renzo contra Akira Shoji de preliminar. Entre outras. Abraços

  3. Jack at 12:52 am

    boa memoria!!!! tenho a fita do evento…não foi a Bandeirantes que cobriu? Vou checar !!! Demian Maia estava torcentou para os caras os strikers!!! Mudou de time de vez!!! para a felicidade do BJJ!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *