Em parceria com Reação, UFC investe no judô e no Jiu-Jitsu de nossas crianças

Share it
José Aldo abraça a molecada e mostra o cinturão aos futuros campeões de judô e Jiu-Jitsu. Foto: UFC.

José Aldo (Nova União) mostra o cinturão dos penas aos futuros campeões de judô e Jiu-Jitsu. Fotos: Ismar Ingber/UFC.

O Ultimate Fighting Championship firmou nesta terça-feira, dia 13, no Complexo Esportivo da Rocinha, no Rio de Janeiro, uma parceria com o Instituto Reação, seu primeiro apoio a um projeto social no país do Jiu-Jitsu.

A cerimônia de lançamento contou com a presença do ex-judoca Flávio Canto, idealizador e diretor-presidente do projeto; do diretor de Desenvolvimento Internacional do UFC, Marshall Zelaznik; da secretária estadual de Esportes e Lazer, Márcia Lins; de Edwin Moses, bicampeão olímpico no atletismo e presidente da Laureus World Sports Academy; além dos lutadores José Aldo, campeão peso-pena; Rousimar Toquinho, representante da categoria médio, e Renan Barão, um dos brasileiros entre os galos.

Após realizar dois eventos de sucesso no Brasil, o UFC solidifica seus laços com o berço do esporte ao firmar essa parceria. Segundo os dirigentes, o incentivo da organização se estende tanto às atividades esportivas – por meio da total renovação do dojô e da academia – quanto educacionais e artísticas – com apoio às salas de aula e oficinas de vídeo, fotografia e grafite.

“Estamos muito animados com essa parceria. Dana (White) e Lorenzo (Fertitta) são pessoas comprometidas com comunidades. Se existe uma coisa que é unânime e universal é garantir um bom futuro para as nossas crianças. E os valores que o Flávio Canto traz para as comunidades com que trabalha, são muito semelhantes aos valores trabalhados pelo UFC em todo o mundo. Essa é a parceria perfeita”, disse Marshall para depois completar explicando o modelo da parceria: “O nosso papel aqui no Instituto é providenciar melhoras e novas instalações para todos os envolvidos no projeto, sempre fazendo educação e esporte caminharem lado a lado”.

“Já tivemos que ensinar Jiu-Jitsu em obras e calçadas”

Para o idealizador e diretor-presidente do Instituto, Flávio Canto, a parceria é um marco e visa à formação de indivíduos através do esporte e da educação. “Quem acompanhou o Instituto Reação desde o seu início, sabe que já tivemos que dar aulas de judô e Jiu-Jitsu na praia, em escolas, em obras e, até mesmo, em calçadas. Começamos muito pequenos e hoje é o começo de uma nova era para o Reação. O UFC também era pequeno e hoje já transforma a vida de muita gente no mundo inteiro. Temos aqui três grandes exemplos de atletas (Jose Aldo, Toquinho e Renan Barão) bem-sucedidos. Conheço bem as histórias deles e sei como trilharam longos caminhos para chegar até aqui. Nossa intenção é direcionar essa parceria para educação, mostrando a preocupação do UFC e do Reação com o lado educacional”.

Além das grandes conquistas alcançadas dentro do octógono mais famoso do mundo, José Aldo, Rousimar Toquinho e Renan Barão, são conhecidos por suas histórias de vida que emocionam. Para Aldo, campeão dos pesos pena, essa é uma chance de ouro para as crianças envolvidas: “Muitos atletas como eu, Barão, Toco (Toquinho), não tiveram a oportunidade de fazer parte de projetos como esse. Eu só tenho que agradecer ao Ultimate, Lorenzo, Dana e ao Marshall”.

Flávio Canto assina camisas com o diretor do UFC, na Rocinha. Foto: UFC

Flávio Canto assina camisas com o diretor do UFC Marshall Zelaznik, na Rocinha. Foto: Ismar Ingber/UFC.

“Olhando pra trás, para a minha história, nunca tive uma oportunidade como essa. Gostaria que todos os que participam do projeto, dessem valor a isso, principalmente com um cara (Flávio Canto) como esse ao lado”, disse Toquinho. “Com esse apoio, essas crianças podem não só virar um lutador, como também um médico, fisioterapeuta, um advogado”, completou o peso-galo Barão.

O apoio do UFC abrange duas frentes de atuação do Instituto: uma focada no desenvolvimento educacional e outra direcionada ao preparo físico dos atletas. O programa educacional, para alunos entre 4 e 15 anos, visa ao desenvolvimento de competências básicas para a vida em sociedade, abrangendo temáticas como meio-ambiente, tecnologia e comunicação. A parceria auxiliará as atividades disciplinares regulares e artísticas, com investimentos nas oficinas de fotografia, vídeo e grafite.

No Instituto Reação, a luta de kimono também é trabalhada como uma ferramenta educacional, desenvolvendo não só as técnicas da modalidade, mas também os valores do esporte e as capacidades sociais, cognitivas e pessoais dos pequenos atletas. Com isto em mente, o UFC investiu também na reforma total do dojô, área destinada à prática de artes marciais, frequentado pelos alunos do projeto ao longo da semana. Com todas as ações, a parceria irá atingir diretamente 400 crianças e 50 atletas das comunidades do entorno do Polo Rocinha.

Infra-estrutura para mudar a vida da criançada

Além do dojô, os atletas do Reação, que atende 1.200 crianças nas comunidades da Rocinha, Tubiacanga, Cidade de Deus e Pequena Cruzada, foram beneficiados com uma sala de musculação totalmente renovada. A academia, utilizada diariamente, recebeu aparelhos de última geração, visando a melhor preparação dos atletas para as competições. Entre os frequentadores da academia estão esperanças olímpicas para os Jogos Olímpicos Rio 2016.

“Com tudo o que já foi feito, com tatame novo e novos equipamentos para a academia, iremos receber a equipe olímpica de judô alemã e a brasileira, que estão acostumadas com grandes infraestruturas, como a que temos agora com essa parceria. Queremos transformar a vida de muitos através do esporte”, explicou Canto.

O Instituto Reação teve, em 2011, oito atletas na seleção brasileira de judô, entre eles, Rafaela Silva, considerada terceira melhor atleta do ranking mundial de judô e promessa de medalha olímpica em 2012.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. JIU kkkkk at 11:31 am

    Onde tem Flavio Canto, Jose Aldo e Toquinho tem coisa boa, o projeto Reação é uma realidade com varios atletas no alto rendimento, enriquecendo o Judô e o Jiu Jitsu Brasileiro, um abraço especial para grande Mestre Geraldo Bernardes braço direito do Reação e um dos melhores formadores de Judocas vencedores do Brasil!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *