Assista à luta mais emocionante da seletiva de Gramado

Share it
Isaque Paiva encaixa o triangulo em Bruno Frazatto na seletiva Gramado de Jiu Jitsu Foto por Ivan Trindade/GRACIEMAG

Isaque Paiva asfixia Frazatto com as pernas, na seletiva para Abu Dhabi. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG.

Bruno Frazatto e Isaque Paiva protagonizaram o momento mais emocionate da seletiva do WPJJ, em Gramado, nesse final de semana.

O GRACIEMAG.com registrou a final da categoria -64kg, uma luta cheia de giro e com um final eletrizante, inclusive depois do final do tempo.

Jiu-Jitsu é atitude

Confira o drama vivido por Isaque e aplauda a postura repleta de integridade de Frazatto.

Depois de ver o vídeo, você acha que a organização do World Pro também deveria convidar Bruninho para lutar em Abu Dhabi? Comente a seguir!

Ler matéria completa Read more
There are 28 comments for this article
  1. Thiago at 2:05 pm

    parabens pelo trabalho mano
    com certeza sou seu fã nao por ser seu irmao e sim pelo atleta que vc eh
    estaremos la brigando pelo titulo
    bf bjj oss

  2. Iam Torres at 2:07 pm

    bruninho é o kara, um dos jiu jitsu mais lindo e tecnico da historia da arte, parabenss por ser esse grande campeão, osssss

  3. BJJ at 2:22 pm

    atitude de um verdadeiro campeão! Frazzato merece um convite pra lutar o Mundial Pro sem duvidas! Parabens pela atitude, Bruninho! OSS

  4. Celso at 3:07 pm

    cara que atitude! confesso que eu nao sei se teria a mesma atitude mas,foi bastante louvável e digna de campeão a atitude do Bruno..tinham que levar ele msm! jiu está precisando de lutadores assim,aqui em Goiânia nos campeonatos nego torce até pro outro machucar e lutar abaixo do rendimento,só pra ter vantagem. mas que isso e mude e que mais atitudes dessas venham a ser feitas.abraçs,Osss

    • Glayson Bertolot at 1:59 am

      O atleta só foi desclassificado pois ambos receberam 3 punições por falta de combatividade (gestual, punição com vantagem e punição com 2 pontos), logo segundo o Manual de regras implantado em 2012, sair da área de luta para comemorar antes da proclamação oficial do resultado pelo árbitro, constitui falta grave que deve ser punida a rigor seguindo-se a sequência de punições já aplicadas durante o combate, neste caso específico esta seria a 4ª punição o que nesta circunstância levou o atleta a desclassificação. Regras são para serem cumpridas e a discussão se concordamos ou não com elas já seria tema de um novo assunto. O árbitro agiu acertadamente, não estou defendendo nenhum árbitro e sei que erros acontecem em qualquer seguimento profissional, porém muita gente critica sem de fato conhecer a regra do esporte que pratica, outros não tem disposição de se colocar como mediador dos combates e alguns outros mesmo tentando persistentemente não conseguem se qualificar para função. Forte abraço a todos!

  5. Sgomes98 at 6:10 pm

    Parabéns ao Isaque Paiva por ter finalizado um cara bem técnico e parabéns também ao Frazzato por ter tido fair play, merece sim ser convidado, nosso esporte necessita de atitudes como esta.

  6. Pedro-market at 6:24 pm

    sera que algum dos irmaos miyao teriam a mesma atitude do eximio lutador de jiu-jitsu bruno frazatto? quem realmente os conhecem saberia responder essa pergunta! ¬¬ fica a dica irmaos miyao!

  7. Francisco_bjj at 8:31 pm

    Tenho minhas raízes no judô, sou marrom, e marrom de jiu-jitsu, aprendi que se uma regra é colocada é para ser cumprida, aprendi isso na “pele” quando fui supenso um ano, pelo mesmo motivo, ganhei e saí para comemorar sendo que no judô isso é proibido, quando entrei na área de novo o juiz me disse qual seria a atitude dele, na hora explodi, mas no judô as regras são severas mais que no jiu-jitsu, claro isso vai de lugar para lugar, por isso é um esporte olímpico, mas no calor da hora…no judô vc não pode nem sequer falar com o juiz, imagina contraria-lo, enfim regras são regras, mas bruno foi realmente um exemplo a ser seguido.

  8. Flavera_jitsu at 4:50 am

    eu não convidaria pois acho que o bruno passa em outras seletivas, e afinal de contas foi por um motivo nobre, mas ele renunciou o resultado… e foi mais que obrigação dele ou pegaria mal né, e também o bruno renunciou o resultado então não podemos ter pena pois esse negócio de convite ja foi ou então vamos ficar com pena de quem fecha nas finais e a partir de agora todo mundo é campeão, não tem mais vice e tudo termina em pizza…

  9. Rogerinho87 at 8:58 am

    parabens ao professor ramon lemos do bruninho frazatto por ensinar tambem atitudes de campeoes aos seus atletas
    atitudes como esssa poucos fariam
    boa equipe atos
    ossuuu

  10. Rafael at 12:05 pm

    acho q esse arbitro q estava sentando q aparece no video… eh o maior sem vergonha de sc… quem conhece ele sabe… o cara sempre faz as coisas pra ferrar os atletas menos conhecidos… sempre quer favorecer os mais conhecidinhos… nao menospresando o frazato e tudo mais eh um top… e teve uma atitude de homem mesmo… meus parabens… mais este juiz ai eh mal carater… e quem conhece ele sabe!!!

  11. Weslley at 12:52 pm

    Frazzato, um grande exemplo de bom atleta, meus parabéens pela atitude, pela sua atitude vc foi o grande vencedor !!

  12. Gle Vieira at 1:04 pm

    Parabéns Isaque pelo campeonato e Bruno Frazatto pela atitude, infelizmente não o encontrei para Parabeniza-lo!!!

  13. Andre Leite at 5:49 pm

    Porra velho, qual o objetivo do esporte? a atitude do Bruninho foi de honrosa… é um cara de personalidade… nada mais justo que o Bruninho seja convidado!

  14. Nilsinho at 1:00 am

    Parabens ao isac merecido mais ainda ao frazato Isso ai o Jiu Jitsu vai alem de garra disciplina a humildade tambem faz vc marcar sua Historia OSS atitude de um guerreiro, OSS

  15. Renato Hilkner at 3:13 pm

    Conheço o Bruno há muitos anos, começamos a treinar juntos. Ele continuou na carreira, pois tem um dom inigualável para o esporte. Sempre foi um lutador de muita técnica, e hoje, vendo esse filme e lendo a reportagem, vejo que guarda a melhor das qualidades: a HONRA! Parabéns, Bruninho! Merecia ser convidado como exemplo de hombridade e ética no esporte, quem sabe incentivaria outros a seguir seu exemplo e perceber que boas atitudes trazem boas recompensas!!!

Deixe uma resposta para Glayson Bertolot Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *