O Jiu-Jitsu na noite em que Sonnen se garantiu contra Anderson

Share it
Charles e a finalização da noite. Foto: UFC

Charles e a finalização da noite. Foto: UFC

O UFC on Fox 2 definiu bastante coisa na noite deste sábado, em Chicago. Por exemplo, Chael Sonnen vai ter a oportunidade contra Anderson Silva, provavelmente no Brasil, em São Paulo. Já o ex-campeão de meio-pesados Rashad Evans agora encara Jon Jones na tentativa de reaver o título. A luta acontece no UFC 145, no dia 21 de abril, em Atlanta.

Mas o GRACIEMAG.com é, acima de tudo, um site de Jiu-Jitsu. Vamos entender, então, como a arte suave foi fundamental na noite de lutas.

Crucifixo oportuno

Sem lutar desde agosto do ano passado, Rashad Evans não estava no ritmo ideal dentro do octagon. Por isso, usou os recursos certos. Se sua principal habilidade é derrubar, quedou Davis. No chão, utilizou diversas vezes o crucifixo. Enquanto travava os braços do oponente com as pernas e abria vantagem com socos, aproveitava para cansar o adversário e descansar. Rashad sobreviveu bem aos cinco rounds, e venceu por decisão unânime.

A movimentação de Sonnen

Contra Michael Bisping, Sonnen usou bem a arte suave, modalidade que já criticou severamente. Chael não fugiu da sua característica e buscou sempre derrubar. Mas também mostrou boa movimentação no chão, o que o fez abrir vantagem. Na apresentação anterior, contra Brian Stann, Sonnen finalizou com um estrangulamento. Dessa vez arriscou montadas e pegou as costas. Com a decisão unânime a seu favor, agora poderá ter a revanche contra Anderson Silva. Quando os dois se enfrentaram, ironicamente, a casa de Chael caiu após um justo triângulo. Enfim, finalmente ele entendeu a importância de se saber lutar no solo.

Faltou Jiu-Jitsu

Quando Demian Maia abusava da sua maior força, foram cinco finalizações seguidas no UFC. Contra Chris Weidman, Demian novamente insistiu na trocação. Quando quedado, parecia não ter mais os ataques de guarda tão afiados, e preferia voltar a lutar em pé. Resultado, o revés por decisão dividia.

Fator surpresa

Jon Olav Einemo vinha com a fama de já ter derrotado o tricampeão mundial absoluto Roger Gracie numa luta de chão. Mas Einemo não contava que Mike Russow estivesse treinando o quesito com o bicampeão mundial absoluto Rodrigo Comprido. Russow quedou e anulou o chão de Olav, sem sofrer muito perigo. Vitória por decisão unânime para o policial de Chicago.

O melhor da noite no Jiu-Jitsu

Sim, no Jiu-Jitsu Charles do Bronx foi o melhor do UFC on Fox 2. Uma chave de panturrilha, a 1min43s de luta, fez Eric Wisely dar os três tapinhas. Além do triunfo na estreia entre os pesos penas, Bronx faturou pela terceira vez o prêmio de finalização da noite.

Confira todos os resultados:

UFC on FOX 2
Chicago, Estados Unidos
Sábado, 28 de janeiro de 2012

Rashad Evans venceu Phil Davis por decisão unânime
Chael Sonnen venceu Michael Bisping por decisão unânime
Chris Weidman venceu Demian Maia por decisão dividida
Evan Dunham venceu Nik Lentz no intervalo do R2 para o R3
Mike Russow venceu Jon Olav Einemo por decisão unânime
Cub Swanson venceu George Roop por TKO aos 2min22s do R2
Charles do Bronx finalizou Eric Wisely com uma chave de panturrilha a 1min43s do R1
Michael Johnson venceu Shane Roller por decisão unânime
Lavar Johnson venceu Joey Beltran por KO aos 4min24s do R1
Chris Camozzi finalizou Dustin Jacoby com uma guilhotina a 1min8s do R3

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Markinhosgracie at 7:36 am

    fiquei p……. da vida ao ver aquela atuação do demian, só quero entender o q acontece com os lutadores de jiu jitsu depois da 10ª luta de vale tudo……….

  2. Fábio (vudu) Anschau at 10:06 am

    O que vimos foi um Demian mal fisicamente, tomou uma aula de Jiu-jitsu, o Weidman quedava ele toda hora, uma decepção total aos amantes da arte suave!

  3. BOXE NA VEIA at 12:26 pm

    UFC sem novidades, ate o Demian perder não foi novidade porque a impressão que passou que aquele treininho com o Camilo do Judô mostrou que apesar de ser um rolinha o Demian esta sem movimentação e o pior sem gás e isso no UFC é derrota eminente, nota dez pro Charles de Bronx.

Deixe um comentário para Markinhosgracie Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.