Europeu de Jiu-Jitsu 2012: resultados e imagens do segundo dia

Share it
Um dia rico em finalizações no Europeu de Jiu-Jitsu 2012. Fotos: Raphael Nogueira.

Um dia rico em finalizações no Europeu de Jiu-Jitsu 2012. Fotos: Raphael Nogueira.

O segundo dia do Europeu de Jiu-Jitsu 2012 começou com uma cena grotesca. Abro a porta do quarto do hotel para ir tomar café-da-manhã e me deparo com uma competidora praticando fuga de quadril sobre o carpete do corredor. Ela me vê passar e não fica nem um pouco constrangida. Apenas varia o exercício. Em vez de fuga de quadril, passa a fazer rolamentos. Um Galvão Bueno imaginário grita em meu ouvido: “É o Europeu, amiiiigo!”.

Durante o café, encontro Lúcio Lagarto. “E aí, preparado para amanhã?”, eu pergunto. Lagarto diz que sim, que “vai ser uma guerra”, fala que está com um jogo muito bem treinado, mas faz uma ressalva: “Rapaz, o pessoal já conhece meus pontos fortes. O Fabio Gurgel, por exemplo, é um ótimo observador, não é por acaso que ele é ‘o general da Alliance’. Sabe muito de Jiu-Jitsu e conhece o meu jogo. Se eu for lutar contra alguém da Alliance, pode ter certeza que o meu adversário vai evitar ao máximo cair nas situações em que estou afiado. Vamos ver no que vai dar”.

Faixa-preta começa neste sábado

O sanhaço da faixa-preta começa neste sábado. Hoje, sexta-feira, o Jiu-Jitsu foi muito bem representado pelos faixas-roxas. Fotografei ataques de braço, gogó, ataques pelas costas e até norte-e-sul. Só não vi a chave de perna clássica da graduação: a famosa “botinha”. O árbitro Muzio De Angelis me explica: “Como os roxas só podem atacar a botinha, eles evitam isso nos campeonatos, se o golpe não estiver bem encaixado eles não podem variar para uma outra chave, ficam limitados. Ou seja, dificilmente arriscam perder uma posição para investir na botinha”.

É, pode ser, da faixa-marrom em diante, os guardeiros não podem dar mole com aquele “pezinho morto” da guarda aberta, como vi acontecer hoje aos bocados. Mas vamos às imagens desta sexta. Os resultados completíssimos e atualizados você encontra clicando aqui, no site da IBJJF.

[flickr set=72157629059689153]

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *