O que Rousimar “Toquinho” Palhares faz de diferente na hora de arrochar o pé no Jiu-Jitsu?

Share it
Faixa-preta de Jiu-Jitsu, Rousimar "Toquinho" Palhares comemora mais uma finalização no ADCC 2011, torneio de luta agarrada. Foto: Dan Rod

Faixa-preta de Jiu-Jitsu, Rousimar "Toquinho" Palhares comemora mais uma finalização no ADCC 2011, torneio de luta agarrada. Foto: Dan Rod.

Mais complicado do que decifrar Rousimar Palhares, o Toquinho, só mesmo escapar de suas finalizações.

O que os leglocks do astro da BTT têm de especial? Por que estão devastando todos os oponentes no peso médio do UFC?

As teorias são amplas e variadas, e quase todas bem válidas.

1. Repetição

Desde seus primeiros treinos de Jiu-Jitsu em Minas Gerais, com Iran Brasileiro, o iniciante Toquinho tratou de acreditar na posição, e repetir incansavelmente até hoje nos tempos de UFC. O fato de a chave de tornozelo machucar muito faz com que ela seja menos usada nos treinos. Toquinho não quis saber e lapidou o golpe, ainda que os parceiros de treino sofram um pouquinho com isso…

http://www.youtube.com/watch?v=YD4348F5lrA

2. Mais que o arrocho, Rousimar Toquinho tem a força

Mesmo nos treinos, a vontade e a pressão com que Toquinho aplica suas chaves raramente permite que alguém escape. Ou bate ou fica. “Até o ataque devagar dele, durante os treinos, é muito forte. Até pela explosão natural que ele tem”, comenta Miltinho Vieira, companheiro de treinos e de UFC, onde foi recém-contratado para o peso até 66kg, de José Aldo. “Quem lapidou as chaves de pé do Toquinho foi o saudoso Eraldo Paes, que era um especialista, vinha da luta livre onde o pessoal sempre atacou os pés”, completa Miltinho. Oponente que o venceu na final do ADCC 2011, em Nottingham, André Galvão concorda: “Ele é muito forte esse bicho, é o seu maior diferencial ao meu ver”.

3. Máquina anatomicamente perfeita para o Jiu-Jitsu

No ADCC 2011, os atletas reparavam: “Olha o tronco do Toquinho, é em forma de T! Como alguém pode tirar o pé quando ele encaixa nas costelas?”. De fato, os braços fortes do ex-peão em Minas e as pernas ainda mais poderosas são aspectos que ajudam ainda mais a travar a perna do adversário. Com o bom encaixe, a técnica de torção faz o resto.

4. Prenda a perna, não o pé!

Como dizíamos acima, a maioria dos lutadores se preocupa essencialmente com o domínio do pé e não faz o devido ajuste das pernas. “No MMA, com o pessoal suado, o golpe acaba escapando. Toquinho ajusta muito bem as pernas, e fecha evitando tanto o giro como a fuga”, acrescenta o observador faixa-preta Francisco Sá, o Sazinho, fera do Jiu-Jitsu cearense, em conversa com nosso Junior Samurai.

4. Rivais desesperados

Cheios de medo do Jiu-Jitsu de Rousimar, os oponentes tentam fugir em vez de permanecer grudados em Toquinho, como Rener e Ryron Gracie demonstram abaixo, a 3min50s do vídeo.

Ler matéria completa Read more
There are 10 comments for this article
  1. Markinhosgracie at 7:55 pm

    o toquinho é no meu modo de vez o único brasileiro no vale tudo q faz o jiu jitsu puro!!!!!! por isso vem ganhando……… continue assim, toquinho!!!!!! vc vai longe………. futuro CAMPEÃO 84 kg do UFC!!!!!!! demian, minotauro, minotouro e outros esqueceram o pano………

  2. Gilmar Alves at 8:26 pm

    É pessoal, mas nem só de BJJ vive o MMA do toquinho. Ele tem muita influencia da luta livre, inclusive foi o único a lembrar de Roberto Leitão durante o UFC.
    O admiro muito pela simplicidade e por sua técnica!
    Grande guerreiro!

  3. Luciano Martins at 10:11 pm

    rick & renner gracie vao entrar em algum torneio ou vao só comentar as lutas alheias? (p.s.: permanecer grudado no toquinho é fácil de FALAR, né? é o mesmo que lutar com uma onça e ficar grudado nela).

  4. nilsinho at 10:30 pm

    mermaum priemrio ele tme algo q é o diferenciala humildade e segundo o cara treino pro q naoa dianta ter somento força, ele tem força e ele treina, muito, ai q ta a diferença, valeu pela materil, oss

  5. Pingback: Links da semana #26 : MMA by Neko

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *