5 receitas para o leitor contundido voltar ao Jiu-Jitsu ainda melhor, por Tanquinho

Share it
Augusto Tanquinho manobra no Sul Americano de Jiu-Jitsu, em foto de Hugo Valente

Augusto Mendes, o Tanquinho, manobra rumo ao ouro absoluto do Sul-Americano de Jiu-Jitsu, em 2010. Foto de Hugo Valente.

Campeões de Jiu-Jitsu e astros do UFC são humanos como você e eu, e uma das (poucas) provas disso é que eles também se machucam.

Olha o que o campeão do UFC GSP postou esta semana no Facebook. “Passou um mês desde que operei (o joelho) e estou muito feliz com os resultados. É realmente incrível do que o corpo humano é capaz. Agora é fisioterapia, terapia manual para cicatrização, gelo, ultrassom, compressão, exercícios de ligamento, pedalada… Adoraria ouvir mais dicas de vocês para me ajudar”.

O tópico anda bombando por lá, com mais de mil comentários. No mundo do pano, outra fera também trabalha duro com fisioterapeutas para se recuperar de uma contusão preocupante na cervical. Augusto “Tanquinho” Mendes (Soul Fighters) foi operado no dia 23 de novembro. Prova de que o que não mata só fortalece, o faixa-preta retornou aos treinos fazendo vários giros e drills, fazendo repetições de posições de forma bem leve com a namorada Mackenzie Dern.

(Confira Tanquinho contra Sandro Batata, no Mundial 2011:)

“Tem um mês e meio da cirurgia e me sinto melhor a cada dia. Estou progredindo bastante, mas não tenho previsão de retorno. Espero voltar aos treinos em até três meses e, quem sabe lutar o Mundial, no finzinho de maio”, comentou com o GRACIEMAG.com o medalhista de prata dos penas, em 2011, em temporada nos Estados Unidos.

“Acho que nada acontece por acaso, Deus está sempre no controle. Se ele me escolheu para passar por isso é porque eu precisava, acredito que ele tenha algo muito bom reservado para mim no futuro. Sei que vou ser um homem melhor após mais essa lesão”, reflete.

Tanquinho concluiu passando cinco principais receitas para você se recuperar bem de uma contusão, e voltar aos treinos ainda melhor.

1. Mantenha a calma

Uma das lições mais úteis do Jiu-Jitsu, em qualquer situação de luta, também é vital para quem se contude. Não entre em pânico ou se desespere. Uma contusão, mesmo séria como a hérnia cervical que afligiu Augusto Tanquinho, não significa o fim da carreira ou dos treinos de Jiu-Jitsu.

2. Procure ajuda de um especialista

Com saúde não se brinca. O Jiu-Jitsu ensina você a ir sempre atrás da melhor saída. Com uma contusão, a solução mais eficiente é um médico especialista, o melhor que você achar.

3. Não invente

Confie no “mestre” que você escolheu para ajudar a curar seu corpo. Siga rigorosamente as recomendações do médico, especialmente no período pós-cirúrgico.

4. Paciência, qualidade do Jiu-Jitsu

Vá devagar, tenha paciência! A recuperação é lenta e você não vai sair da mesa de cirurgia e estar pronto para vestir o kimono numa semana ou um mês.

5. Fisioterapia é disciplina

Se você busca ser um artista marcial melhor, nenhuma provação é melhor que a fisioterapia. Dedique-se ao máximo, é a hora de fortalecer o corpo para as futuras batalhas.

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. Anônimo at 8:50 am

    Estou com 1 Problema nos 2 Ombro que fica Deslocando Direto. Quando eu Levo 1 Arm Lock Omoplata eu tenho que bater na hr se não sai do lugar. Meu Mestre pediu pra mim vê o que é isto pra não me trazer Problemas.

  2. Zicao at 9:20 am

    esse problema do ombro tambem ja tive tudo se resume a falta de aquecimento nomeadamente fortelecimento do ombro faz natacao e corda ossssss

  3. Rtsilva at 12:32 pm

    Tenho estrusão discal L1 e L2 a pré hérnia, e meu rendimento caiu muito mesmo com RPG e pilates, e gostaria de uma dica de um especialista no Rj.

    • Gerson at 11:53 am

      não sou especialista,mas tive hernia de disco na L3,L4 com muita dor,dor horrível.Fui ao médico(Neurocirugião) e não foi necessária cirurgia.
      O próprio corpo agiu contra o problema.
      Porém fiquei parado 09 meses.
      O tempo é o melhor remédio se não houver cirurgia.
      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *