Entre o doutorado e a família, Café volta a vencer

Share it

Café não aliviou ninguém e levou o troféu para casa. Foto: Acervo Pessoal.

Alexandre Dantas, o Café, voltou e não voltou às competições de Jiu-Jitsu.

O faixa-preta da Gracie Barra, que no início do século brilhou nos mais diversos campeonatos, faturou mais um troféu no evento que organiza anualmente em Miguel Pereira.

Bateu a saudade, ele vestiu o kimono e venceu o absoluto. Mas ainda não foi suficiente para animá-lo a lutar na temporada 2012.

“Fiz três lutas e ganhei as três por pontos, sem levar nenhuma vantagem. Foi muito bom competir após um longo período parado, a adrenalina de competição é eletrizante”, disse Café ao GRACIEMAG.com, ele que chegou a fazer duas lutas no UFC, em 2000 e 2003, quando perdeu para Yuki Kondo e Gan McGee.

“Continuo treinando de kimono, mas como um eterno hobbie. Não pretendo competir em 2012, hoje meu tempo está muito concorrido – tenho de dar aulas, advogar, terminar meu doutorado em relações internacionais pelo IUPERJ e ainda ser um bom pai e marido”, ensina. “Para ser campeão dos campeões, além da técnica refinada, é preciso se dedicar ‘full time’ à luta”.

A Copa Café 2012 reuniu mais de 200 atletas segundo os organizadores, de academias como a Kioto, Sparta, Gracie Barra Miguel Pereira, Game Fight, Gracie Ipanema, Brasa, Gracie Barra, Kasulo, Gracie Humaitá e Nova União, com lutadores da branca a preta.

Na faixa-azul, o campeão absoluto foi Igor Esteves Pessoa (Gracie Ipanema). Na marrom, o rei do aberto foi Alexandre “Gigante” (Game Fight), e na preta absoluto leve quem levou foi Jean “Buiú” (Gracie Barra Miguel Pereira)/

Café venceu Antonio Inácio (Gracie Humaitá), Ivanilson “Menor (Gracie Barra Miguel Pereira) e “Manchinha” (Sparta). O vídeo da luta entre Alexandre Café (GB) e Antonio Inacio está abaixo, apesar da pouca luz. Confira:

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *