Confira a tabela da Copa Pódio

Share it

 

Moacir Mendes, do Grupo Verde, representa a Alliance. Foto de Hugo Valente/2009.

Para se consagrar no aguardado GP dos leves do dia 17 de dezembro, em Porto Alegre, o campeão da Copa Pódio de Jiu-Jitsu terá de realizar um total de seis lutas até erguer a taça.

Na primeira fase as lutas têm duração de 6 minutos e os atletas dos grupos verde e amarelo lutam entre si, dentro do mesmo grupo. Nessa fase a vitória vale 3 pontos e o empate 1.

Hoje, a organização divulgou a tabela para o torcedor marcar os pontos de cada atleta.

Os dois atletas que mais pontuarem estarão classificados para as semifinais. Os critérios de desempate, pela ordem, são os seguintes: 1) o resultado do confronto direto entre os atletas empatados 2) número de finalizações 3) saldo de pontos obtidos em todas as lutas realizadas (pontos pró menos os pontos contra) e 4) por último, o saldo de vantagens (vantagens pró menos vantagens contra).

A partir das semifinais, as lutas terão a duração de 10 minutos, sendo que os 5 minutos são destinados somente a finalização e os 5 minutos finais correrão pelo critério normal de pontos e vantagens. Um apito vai alertar os atletas sobre o início da contagem dos pontos e, no caso de empate, a decisão será através da morte-súbita, onde o vencedor será o atleta que primeiro pontuar. Para o desempate por morte súbita não serão consideradas as vantagens, valerá somente o primeiro que pontuar.

Confira a tabela.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Jack at 9:25 pm

    Não conhecia muito a respeito deste evento e pelo que já vi, gostei muuuuuuiiiito!!!! o criterio de tempo destinado a finalizações e a forma de desempate, são sinais de evolução no esporte!!! PARABENS!!! Algum canal esportivo ou site vai cobrir? A internet no pais é ruim mas pagaria para assistir o evento via net, mesmo sob o risco de quedas de sinal! Esta na hora de alguem chegar nas autoridades (investidores, promotores $ do esporte, lideres de federações e academias) e pedir que achem uma forma de ter mais espaço nos canais esportivos a cabo e por que não, nas tvs locais! Claro que a transmição paga via net parece ser um atalho, mas não custa sonhar! Ossss!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *