GSP marca cirurgia e recebe homenagem na GB em “momento difícil”

Share it

Saint-Pierre recebe seu primeiro grau de Bruno Fernandes, ao lado do agora faixa-preta Rodolphe Beaulieu. Foto: Divulgação/GB.

Fora do UFC 143 de fevereiro, quando enfrentaria Nick Diaz, Georges St-Pierre não mudou seus hábitos depois de nova contusão no joelho, e deu um pulinho ontem na Gracie Barra Montreal, como costuma fazer às quartas-feiras.

Lá, o lutador invicto desde 2007 foi surpreendido por uma homenagem, com direito a diploma da IBJJF e ao primeiro grau na sua faixa-preta de Jiu-Jitsu.

“O GSP é meu faixa-preta desde 2008 e já estava na hora de ganhar um grau. O legal foi que o manager dele, que é também seu melhor amigo, ganhou a faixa-preta ontem também”, conta o professor Bruno Fernandes. “É o Rodolphe Beaulieu, que treina com a gente há tempos e se tornou o primeiro preta da nova GB Montreal, escola que abri em 2010. Outra coisa legal é que um sabia da promoção do outro, mas nem desconfiavam da própria, então foi uma bela surpresa para os dois. Assim como foi para os alunos, que não estavam sabendo de nada”.

A graduação foi testemunhada por seis fãs canadenses de GSP, vencedores de uma promoção da bebida Gatorade para conhecer o campeão de perto.

“O GSP ficou amarradão de o grau ter vindo nesse momento difícil para ele, por causa da contusão e por ter de passar mais uma vez a luta. Ele sofreu uma ruptura completa do ligamento cruzado anterior, e está programando a cirurgia para semana que vem”, diz Bruno.

Ontem, St-Pierre deu uma declaração sobre a contusão no joelho direito, que ainda atinge levemente o menisco. Segundo ele, a lesão foi consequência de uma sobrecarga na articulação como forma de compensar o problema que tivera anteriormente no joelho esquerdo, e que o havia tirado do combate com Carlos Condit no UFC 137, em outubro.

GSP contou que sofreu a nova lesão durante um treino de wrestling, em que ouviu um estalo mas ignorou a dor e tentou continuar. Durante as recentes sessões de treino com Vitor Belfort em Vegas, GSP admitiu que havia algumas posições que ele não conseguia treinar devido à instabilidade no joelho. “Acredito que há apenas uma pessoa a se culpar pelo que aconteceu, e sou eu. Sou o tipo de cara que suporta a dor e vai em frente. Aprendi agora uma grande lição na minha vida. Isso vai me tornar mais forte, mais inteligente e esperto”, declarou GSP.

Segundo o site do Sportv, seu ortopedista, Dr. Sebastien Simard, diz acreditar que GSP deve retornar ao Octagon num prazo de seis a oito meses. Dana White, ontem, divulgou que GSP poderia ficar afastado das competições por dez meses.

Nick Diaz e Carlos Condit agora lutam pelo cinturão interino dos meio-médios, em fevereiro. Josh Koscheck, que enfrentaria Condit na mesma noite, aguarda novo adversário.

UFC 143

Las Vegas, Nevada

4 de fevereiro de 2012

Nick Diaz vs Carlos Condit
Erik Koch vs Dustin Poirier
Alex Caceres vs Edwin Figueroa
Rafael “Sapo” Natal vs Michael Kuiper
Jorge Lopez vs Amir Sadollah

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *