As 12 mais da coletiva do UFC 140

Share it

Jones, logo após o treino aberto de quarta-feira, em Toronto, Canadá. Foto: UFC.

Coletiva em Toronto, sabe-se lá por que, é mais divertida do que o usual. Pode ser graças à imprensa local, que faz um jornalismo meio inglês, um pouco diferente do americano. Para o UFC 140, a bateria de perguntas para Dana White e seus atletas foi de alto nível mais uma vez, e o GRACIEMAG.com lista as melhores tiradas, na ordem que elas rolaram.

12. Jon Jones disse não ter medo nenhum de perder o cinto, para um fã criança. “Há o risco, sempre, mas medo eu não tenho, nenhum, amiguinho”.

11. Lyoto Machida lembrou que nessas horas não pensa em nada. “É meu momento ali, não penso na família, nos amigos, nos fãs, em nada, só no que tenho de fazer na luta”.

10. Quem Jones enfrenta se vencer Lyoto, perguntou um fã. “Jon vai ganhar um tempo para relaxar um pouco. Se Rashad vencer Phil Davis, luta com Jones. Se Davis vencer, a gente vai analisar”, disse Dana White.

9. Rogério Minotouro, em resposta a um fã também: “Certamente esta é a luta mais importante da minha carreira, Estou pronto e não vou perder esta chance contra Ortiz, perdi as últimas lutas e vou vencer esta”.

8. Lyoto Machida diz que não treinou desta vez com Anderson, mas se falaram muito por telefone e Silva mandou uns vídeos com sugestões de treino. “Conversamos muito e ele me deu ideias por vídeo sobre o que treinar”, disse Machida.

7. Jon Jones disse que não fez nenhum treino de karatê para enfrentar Lyoto, mas brincou que iria usar seus conhecimentos de taekwondo, arte que treinou quando era criança. “Ele é especialista em taekwondo, como se percebe”, divertiu-se White.

6. “Meus treinadores são tão melhores que eu nas diferentes modalidades, Jiu-Jitsu, boxe, que eu estou sempre descobrindo coisas novas”, disse Jon Jones, em resposta ao que o motiva após ser eleito o melhor do ano no MMA.

5. Minota comentou a importância dos treinos com o irmão Minotouro: “Como Mir é canhoto, o treino com Rogério foi ainda mais útil desta vez. Eu o ajudei bastante também na luta em pé para Tito”.

4. Dana defendeu os fãs do UFC: “Quando acaba um evento do UFC os torcedores não incendeiam a cidade, podem ficar tranquilos”. Foi uma ironia do cartola, em relação às confusões nas ruas de Vancouver após a última final da liga de hóquei no gelo, quando o time local perdeu e as ruas da capital pegaram fogo, literalmente.

3. Dana White comentou sobre o UFC em São Paulo, provavelmente no estádio do Morumbi: “Provavelmente vamos fazer um grande evento no Brasil no meio do ano, vamos montar um card à altura de um grande público se o evento rolar”.

2. Tito declarou amor aos fãs, e se disse um cara mudado. Tenho filhos, aquela imagem de garoto mau acabou por não fazer mais sentido. Mas sempre fui atencioso com os torcedores, ficava sete horas dando autógrafo sem parar encostado na grade. Dana, em seguida, confirmou que sua relação com Ortiz melhorou bastante. Um repórter lembrou que a primeira vez que Dana White e Ortiz estavam numa coletiva nos EUA, o UFC atraiu dez fãs. “E eram todos da comunidade hispânica, quando Ortiz abriu a boca e viram que ele não falava espanhol, metade foi embora”.

1. Dana White disse que chega ao Brasil semana que vem já para selecionar o elenco do 1º TUF Brasil. Há a coletiva do UFC 142 também, terça.

E aí, quem vence no UFC 140? E quem vai levar a finalização da noite? Comente abaixo.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *