Judô do Brasil conquista três ouros em Londres

Share it

Se há algo bem testado para Londres 2012, no Centro de Convenções ExCel, é a execução do Hino Nacional Brasileiro. No domingo, segundo dia do evento-teste para os próximos Jogos Olímpicos, o Brasil venceu as duas categorias em disputa, com os pesos médios Hugo Pessanha e Maria Portela.

Na véspera, Bruno Mendonça também havia conquistado o ouro entre os leves. Ketleyn Quadros foi quinta colocada. A competição, que não vale pontos para o ranking mundial, serviu para o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de Londres (LOGOC) testar as instalações onde será disputado o judô, numa prévia do terceiro e do quinto dia do programa olímpico da modalidade no ano que vem.

“Tive uma temporada de altos e baixos e essa medalha acendeu de novo a chama olímpica. Vi como quero muito estar aqui novamente no ano que vem”, disse Hugo Pessanha, oitavo colocado no ranking mundial e que disputa com Tiago Camilo (quarto na lista) o direito de representar o país nas Olimpíadas de Londres.

Maria Portela, ouro em Londres. Foto: Divulgação.

“Estar nesse evento desmistificou um pouco a ideia que eu tinha dos Jogos Olímpicos. Claro que haverá mais público, haverá outra pressão. Mas vi que é um ambiente com o qual estou familizarizado. Agora é treinar e competir em busca da vaga”, completou o judoca, que compete na próxima semana no Grand Slam de Tóquio, onde também luta Tiago Camilo.

Maria Portela também viu o futuro no momento em que estava no alto do pódio no ExCel.

“Imaginei como será isso aqui nas Olimpíadas. E o quanto preciso treinar para fazer esse sonho ser realidade”, afirmou a gaúcha. “Percebi aqui como posso lutar bem quando estou tranquila. Vou trabalhar minha cabeça para entrar mais leve nas competições que valem pontos no ranking”, disse Portela.

Tanto Maria Portela quanto Hugo Pessanha começaram o dia vencendo sem dificuldades seus adversários. À medida em que foram avançando na chave, foram encontrando rivais experientes, com medalhas em etapas do circuito mundial. Caso de Sally Conway (GBR) e Kamil Magomedov (RUS), com quem decidiram o ouro. Com os 500 lugares tomados, o que se viu no ExCel foi uma festa brasileira. Os ingleses aplaudiram as vitórias brazucas e gritaram entusiasmados os nomes de Maria e Hugo, mesmo em lutas contra atletas locais.

“Foi uma sensação bacana. Não imaginava essa torcida toda aqui para mim”, disse Hugo Pessanha.

Com a estrutura de tatames, protocolo, placares, aquecimento e imprensa nos padrões olímpicos, o Evento Teste apresentou algumas mudanças em relação ao que vem sendo utilizado nas competições do Circuito Mundial, como o posicionamento lateral dos monitores de placar, o afastamento das cadeiras de arbitragem da beira da área de combate e as finais em horário fixo. Participam da competição 89 atletas de 23 países (52 homens e 37 mulheres). Ao fim da competição, os judocas e delegações receberam questionários para deixar suas impressões acerca do evento e ajudar na organização. No ano que vem, o espaço destinado ao judô no Centro de Convenções ExCel terá capacidade para 10 mil espectadores.

“Mais importante do que os resultados em si, nosso objetivo nesse Evento Teste foi dar experiência a alguns atletas que nunca viveram o ambiente olímpico, bem como observar cada passo, cada detalhe que encontraremos durante os Jogos. São eles que farão a diferença na hora de disputar uma medalha. Não queremos surpresas”, avalia o coordenador técnico da Confederação Brasileira de Judô, Ney Wilson.

Resultados:
73kg
Ouro: Bruno Mendonça (BRA)
Prata: Hasan Vanlioglu (TUR)
Bronze: David Dubsky (CZE) e Gesualdo Scollo (ITA)

Campanha Bruno Mendonça:
Vitória por ippon sobre Thibault Dracius (FRA)
Vitória por ippon sobre Alex Paske (GBR)
Vitória por ippon sobre Eetu Laamanen (FIN)
Semifinal: vitória por wazari (3shido) sobre Sergey Badriashvili (RUS)
Final: Vitória por ippon sobre Hasan Vanlioglu

57kg
Ouro: Shirley Elliot (FRA)
Prata: Nozomi Hirai (JPN)
Bronze: Sophie Cox (GBR) e Nora Gjakova (KOS)

Campanha Ketleyn Quadros (5o lugar):
Vitória por ippon sobre Eva Elebach (SUI)
Vitória por ippon sobre Sophie Cox (GBR)
Semifinal: derrota por ippon para Shirley Elliot (FRA)
Disputa do Bronze: derrota por wazari (3shido) para Nora Gjakova (KOS)

70kg
Ouro: Maria Portela (BRA)
Prata: Sally Conway (GBR)
Bronze: Clarisse Habricot (FRA) e Yuko Imai (JPN)

Campanha de Maria Portela:
Vitória por ippon sobre Amy Livesey (GBR)
Vitória por ippon sobre Helene Berneron (FRA)
Vitória por yuko sobre Megan Fletcher (GBR)
Semifinal: vitória por ippon no Golden Score sobre Karine Berger (FRA)
Final: vitória por ippon no Golden Score sobre Sally Conway (GBR)

90kg
Ouro: Hugo Pessanha (BRA)
Prata: Kamil Magomedov (RUS)
Bronze: Matthew Purssey (GBR) e Norihide Yamamoto (JPN)

Campanha de Hugo Pessanha:
Vitória por ippon sobre Michael Korrel (NED)
Vitória por ippon sobre Giuliano Loporchio (ITA)
Semifinal: vitória por yuko no Golden Score sobre Yannick Gutsche (GER)
Final: vitória por wazari sobre Kamil Magomedov (RUS)

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *