A finalização que mudou a vida de Junior Cigano

Share it

Bastou um suquinho de laranja para o atual campeão peso pesado do UFC baixar a guarda e rever toda a carreira no MMA, em papo descontraído e revelador com Michel Blanco, do Yahoo Brasil.

“Eu demorei a acreditar. Tanto que quando eu vi o Velasquez caindo, nem acreditei, pode reparar que demorei a ir para cima”, disse Junior dos Santos, que comentou outros momentos menos doces no UFC, como a estreia, onde estava mais nervoso, e a noite em que Cro Cop o acertou no saco e ele não conseguia nem abrir o olho.

Cigano lembrou como nasceu seu gesto característico de apontar para a lona. “Foi espontâneo, mas acabou sendo um sinal para chamar a responsabilidade”.

Para Cigano, lutador bom é o que sabe apanhar. “Eu tomo na cara e não me abalo, pois são anos de treinos de boxe. O bom lutador tem de saber apanhar, eu acho que no meu caso levar uma no rosto funciona para eu dar uma ligada”, diverte-se ele, que esclarece a importância da única derrota de sua carreira (veja no vídeo abaixo).

“Antes daquela luta eu era um, depois virei outro. Depois da minha derrota (para Joaquim Mamute), me tornei um lutador totalmente diferente”, admite. “Aquela finalização tirou o peso de eu ser invicto, e ali meu medo acabou. Eu não tinha mais medo dos próximos desafios”, concluiu.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Thiago Campos at 8:32 pm

    Gostaria bastante que algum especialista da querida Equipe Gracie ou simplesmente alguém que ame verdadeiramente o esporte me respondesse o motivo racional do nosso querido Ícone Rodrigo Noqueira não anunciar a aposentadoria no triunfante UFC Rio? Felizmente não vejo motivos racionais para esta lenda continuar um carreira literalmente perfeita, que triunfou em todos os dissabores, os dois nocautes sofridos foram na ausência do grande Luiz Alves Mestre da respectiva área, ocorrência perfeitamente justificável psicologicamente, acredito que dificilmente se encontra no esporte uma carreira semelhante! O que me revolta estar nas astuciosas manipulações que o esporte tomou, é evidente, se o nosso Minotauro sucumbisse para o Americano Schaub, tenho absoluta certeza que “os responsáveis” do Evento inexoravelmente decretaria sua aposentadoria, com uma infinidade de pretextos e conseqüentemente selando o termino da sua carreira, sem direito a resposta, sem direito a revanche, sem direito a nada! Mas para o bem da Nação com o assombroso resultado foram forçados “a adiarem” suas inescrupulosas manipulações, kkk, francamente estou bastante indignado com as atitudes do nosso querido Minotauro em permitir que manipulem sua linda carreira, mas confesso que no exato momento o sentimento existente é único, de rir dos Manipuladores!

  2. Lcstelmann at 11:15 am

    Finalização não tem que ser bonita,tem que ser eficiente pois ao final da luta o seu braço sera levantado ,sendo declarado vencedor osss

Deixe uma resposta para Lcstelmann Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *