Jiu-Jitsu também se aprende na escola

Share it

Gabi deu uma força e, convidada, inspirou a turminha. Foto: Divulgação.

Era uma vez um colégio em São Paulo e um professor de informática e inglês que acreditava nos poderes do Jiu-Jitsu.

Everton Rodrigo, faixa-roxa da equipe De La Riva, ensinava computação para crianças no Colégio Alpha em Arujá. Certo dia, no ano de 2009, alguns alunos sabidos pediram para ele ensinar também aquele tal de Jiu-Jitsu.

De início, a dona da escola foi reticente, e com certa dose de razão. As baladas em São Paulo terminavam sempre em briga, a mídia culpava os praticantes daquela arte e, para piorar, o filho dela havia sido sequestrado, deu até no Fantástico. A cuca da educadora não estava para Jiu-Jitsu ou para nenhuma arte marcial.

Everton e Gabi: fé no Jiu-Jitsu escolar.

Everton insistiu, até que conseguiu o espaço – primeiro só para adolescentes e alunos mais velhos. Oito aderiram.

Supervisionado pelos professores Roberto Matsumoto e Bruno Almeida, Everton largou as aulas de inglês em outros colégios e passou a se dedicar aos treinos. A melhora no desempenho escolar da molecada foi evidente, inclusive em campeonatos, e o Jiu-Jitsu derrubou as desconfianças.

Hoje com mais de 25 alunos, a turminha do Colégio Alpha promete lançar moda. Este mês, os alunos ganharam até um seminário com a estrela do Corinthians e campeã do mundo Gabi Garcia, da Alliance. “O apoio dela foi importante demais. Acho a história legal porque não sei se há outro colégio em São Paulo que ensine Jiu-Jitsu”, comenta Everton.

Será? Você, leitor, conhece algum colégio na sua área que ensina Jiu-Jitsu? Informe abaixo, na seção de comentários, e conte um pouco sobre a experiência!

Ler matéria completa Read more
There are 20 comments for this article
  1. Camila at 8:59 pm

    Colégio Magno, na zona sul!!!! Nunca treinei lá mas meu mestre Eduardo Santoro, Português dá aulas lá. O Mestre Max tb dava, enfim! OSSSSS

  2. Claudinei at 8:34 am

    É isso ai galera… a prática de esporte.. principalmente do jui jutsu.. trará em suas vidas a doutrina, o equilibrio, tornando-os adolecentes saudáveis, seguros e de bem com a vida. Parabéns ao Professor e a todos os alunos. Um parabéns especial as minhas sobrinhas, Larissa, Julia e Letícia pela exemplo que estão dando a Bruna e ao Rafael (primo). Continuem firme e façam do esporte um estilo de vida..!! Tio Nei.

  3. Rapha_mike at 8:42 am

    nos ensinamos em nossa Igreja, e a mãe de alguns dos alunos nos disseram que eles mudaram para melhor tanto na escola quanto em casa, jiu jitsu não educa, disciplina.

  4. Mazinhomoraes1 at 11:28 am

    Mais um belo exemplo de como a arte suave tem papel importante na formação de cidadãos.
    Sugiro a revista uma matéria com professores que trabalham com o jiu jitsu na escola.
    Ossssss!!!

  5. Felipesilvabocao at 3:44 pm

    colégio shara dawsey ipanema a 15 anos o professor rogerio pogio da infight e o professor felipe silva bocão dão aulas de jiu-jitsu para as crianças de ipanema rio de janeiro.

  6. Alcides at 11:17 pm

    NO COLÉGIO MAGNO NA CHACARA FLORA TEM AULAS DE JIU JITSU COM EDUARDO SANTORO PORTUGUÊS E MESTRE MAX E DE JUDÔ COM O ATLETA OLIMPICO DENILSON LOURENÇO, O ZOIO

  7. Rosangela gebrin at 6:09 am

    Bons tempos !!! levar, buscar, comprar kimono rsrs. Conclusão: meninos e meninas hiper disciplinados !! Parabéns pela iniciativa em nossa região

  8. Jack at 5:43 pm

    ALGUEM conhece algum projeto social que inclua jovens e adultos na zona LESTE? Tenho um amigo ADULTO que ja fez hapikido, gostaria de lecionar informatica ou ingles num projeto social, e tambem aprender Jiu Jitsu! Ja peguntei para muitos PROFESSORES e lideres no twitter, FBook e NINGUEM respondeu nem para falar NÂO SEI, não existe! A humildade faz falta para muitos SENSEIS famosos =( Qualquer INFO agradeço! 61 812916121

  9. Bruno at 7:05 pm

    No Rio de Janeiro, sou responsável pelo Jiu Jitsu em dois colégio. No Colégio Santos Anjos e Colégio Santa Teresa de Jesus, ambos no bairro da Tijuca. Nos dois colégios o Jiu Jitsu faz parte pedagogia proposta pelas Escolas. Usamos o Jiu Jitsu como complemento para as disciplinas que os alunos estudam e os professores usam o Jiu jitsu como auxílio para explicar as matérias.
    Sem contar com o fator disciplinar e de concentração que melhorou consideravelmente, fazendo que os proprios professores da escola recomendassem aos responsáveis dos alunos á prática do Jiu Jitsu.
    Hoje além disso, recebo toda semana alunos indicados pela coordenadora pedagogica, que viu no Jiu Jitsu uma ferramenta poderosa na melhora dos alunos “problema”.
    O Jiu Jitsu hoje em ambas escolas é visto como indispensável na formação e educação dos alunos.

    Bruno “Tanque” Mendes

  10. Edubio82 at 11:44 pm

    Eu conheço esse professor a mais de 15 anos e posso garantir que esses alunos e a “arte suave” estão em boas mãos. O amor, o respeito e a disciplina que esse dedica a seus alunos e louvavel!!!! Parabéns SENSEI!!!!

  11. thiago at 10:38 am

    Em Itaperuna, no Sistema Educacional Único.
    Nosso prof de Ed. Física, da aula de Jiu Jitsu. E o prof de Filosofia
    da aula de Muay Thai.

  12. Marco Araujo at 1:25 am

    Parabéns!
    aqui em Manaus, temos nosso projeto escolar de jiu-jitsu no CMPM-01, e agradecemos a colaboração do sensey Alexandre Albanez Santos Lefas, pois muito nos contribuiu, para nosso crescimento. Oss!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *