No Brasil, UFC lidera audiência em todos os segmentos

Share it

 

Galvão Bueno e Vitor Belfort na transmissão da Globo. Foto: Divulgação.


Junior Cigano entra para a história não apenas por ser campeão peso pesado do UFC. A vitória sobre Cain Velasquez, neste sábado, foi na primeira transmissão ao vivo na TV aberta americana e pela Rede Globo, líder de audiência no Brasil. Segundo o presidente do Ultimate, Dana White, cerca de 60 milhões de pessoas assistiram ao UFC no Brasil. Os bons números fizeram o dirigente comparar o país ao mercado canadense. Foi no Canadá, por exemplo, o palco da maior bilheteria do Ultimate.

Prova do sucesso, no dia 14 de janeiro o evento retorna ao Brasil, país em que a audiência só aumenta, seja na TV aberta, fechada ou pay-per-view.

No canal fechado SporTV, por exemplo, a transmissão do UFC 139, com BJ Penn VS Nick Diaz, mesmo sem nenhum brasileiro no card, foi um sucesso.  Levou o canal à liderança da TV fechada no horário, com desempenho maior que o dobro do segundo colocado. Cerca de 1,3 milhão de pessoas passaram pelo SporTV durante a transmissão.

O número de assinantes do Combate, canal a la carte e que detém os direitos de transmissão até 2014, aumentou bastante em 2011. Segundo reportagem na “Folha de São Paulo”, já são 160 mil assinantes fixos.

O novo contrato de TV no Brasil garante à Globo a exibição em rede aberta de todos os eventos do UFC que serão realizados no Brasil e três realizados no exterior. Os outros eventos do UFC ficam por conta do Combate, que também detém os direitos de transmissão na internet e é o único que transmite todas as lutas, inclusive as preliminares.

“Ter estes direitos fechados justo no momento em que o MMA chega às telas da Globo abre para o canal de lutas da Globosat um ciclo virtuoso. A exposição de um evento de MMA em TV aberta ajuda a promover o interesse pela modalidade, popularizando-a”, comenta a equipe de marketing do Combate.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *