Depois da superação e do amor, Cyborg encara Galvão

Share it

Cyborg em foto de Dan Rod.

Roberto Cyborg não teve um ano fácil. Até garantir o ouro na categoria de pesadíssimos no Mundial Sem Kimono,no fim de semana passado, o faixa-preta de Francisco Toco e nosso GMA em Miami teve que se superar. Mas quem disse que as dificuldades não podem trazer a felicidade? No bate-papo a seguir, Cyba mostra que tudo depende de atitude.

Este título veio em boa hora, não? Conte um pouco das suas dificuldades nesta temporada.

Este ano, em geral, foi um ano muito difícil e de superação. Acabei me lesionando muito, machuquei o joelho no começo do ano e fiquei fora do circuito do primeiro semestre. Quando voltei a treinar para o ADCC, tive uma lesão grave no ombro no NY Ultimate Absolute, em agosto, quando tomei um bate-estaca e rompi três ligamentos. Fui na guerra para o ADCC, sem treino nenhum e ombro rompido. Consegui ainda beliscar um bronze no Mundial, bronze no ADCC com duas das finalizações mais rápidas do evento, ouro absoluto do Miami Open e ouro no Mundial Sem Kimono para lavar a alma!

Quais os planos para 2012?

Estou focando agora na recuperação das lesões pra voltar 100% no ano que vem. Acredito muito na força de vontade e que ser campeão é uma atitude e não um momento. Venci a mim mesmo várias vezes por estar lá no tatame dando o meu melhor. Diante de tudo o que aconteceu este ano e da carga de trabalho que tive, estou muito feliz e realizado. Acho que 2011 foi um ano ótimo, de grandes conquistas dentro e fora to tatame! Bati recorde com 32 seminários no mundo todo, média de três por mês. Acho que fui o atleta do Jiu-Jitsu com o maior número de seminários.

E você tem outras novidades, no lado afetivo também, não é?

Acabei de lançar o Tornado DVD NoGi, que está sendo um sucesso (www.nogiworldchampion.com). Estou com mais de 15 filiais no mundo todo e abrindo mais duas aqui na Flórida até o fim do ano. Minha equipe está crescendo todos os dias, fizemos vários campeões mundiais, levamos o Pan No-Gi por equipes. Para finalizar, encontrei o amor da minha vida e me casei! Ufa, que ano!

E para 2012, o que já tem no planejamento como lutador?

Ano que vem, além da agenda cheia de seminários e muito trabalho, tenho uma luta casada com o Andre Galvão no NY Absolute, em fevereiro, e Abu Dhabi Pro em abril. De resto, vou lutar tudo, como sempre! Pano e sem pano, vou competir tudo o que puder. O que prometo é muito Jiu-Jitsu bonito para o ano que vem.

Ler matéria completa Read more
There are 10 comments for this article
  1. Roberto Pai at 8:41 pm

    Cyborg Vc vai ter que mudar o nome para Volverine ,leva porrada si quebra e si recompoe rapido e esta sempre na guerra ehehehe brincadeiro do Pai ,estamos aqui na espera no MS para mais 1 seminario di 25 novembro, aqui no Pantanal,mostrando o verdadeiro JiujiTsu Pantaneiro nas raizes…

  2. Português at 6:53 pm

    CYBORGÃO SINISTRO DEMAIS. APESAR DE PESADÃO TEM UM JJ MUITO BONITO E SOLTO,SUPER FLEXIVEL. UM CARA GENTE BOA E MERECEDOR DE TODO ESSE SUCESSO. QUE 2012 SEJA MELHOR AINDA AMIGO. ABRAÇÃO DO PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *