UFC 137: Diaz vence BJ em noite de despedidas do octagon

Share it

Nick Diaz em foto de Esther Lin.

Las Vegas recebeu mais uma edição do UFC, a de número 137. E se a maioria dos combates não levantou o público, no principal confronto sobrou emoção.

Treinado por Cesar Gracie, Nick Diaz precisou usar suas habilidades no solo apenas para se defender de uma pegada de costas de BJ Penn, no primeiro assalto. O marrento lutador usou os punhos para dominar Penn, que vendeu caro o revés. Foram três rouds de muita trocação, em que Nick conseguiu colocar melhor os golpes, vencendo o havaiano por decisão unânime. De quebra, Diaz desafiou o atual campeão meio-médio Georges St-Pierre, que faria a luta principal da edição, mas acabou se contundindo.

“Não acredito que GSP está machucado, acho que ele está com medo”, disparou contra o canadense, presente na plateia do Mandalay Bay.

Já BJ anunciou que deve se aposentar depois do revés.

Lenda do MMA, Mirko Cro Cop encarou Roy Nelson e também pode ter realizado a sua última luta. O croata chegou a lembrar o casca-grossa que apavorava no quadrilátero do Pride, na segunda parcial, quando emendou uma sequência de golpes e quase nocauteando o agora menos pançudo Roy Nelson. Porém, na terceira etapa não conseguiu resistir ao ímpeto de Nelson, que derrubou, chegou às costas e bateu até o juiz interromper.

Cheick Kongo e Matt Mitrione fizeram outra luta fraca desta edição. O francês explorou sua melhor envergadura e conectou alguns golpes na espaçosa guarda de Mitrione. Bem à vontade na trocação, Kongo não deixou a vitória escapar, levando por decisão unânime.

Nas preliminares, Donald Cerrone só precisou de pouco mais de dois minutos para mostrar sua vocação ofensiva. O cowboy foi implacável contra Dennis Siver e, depois de acertar um chute alto na cabeça do russo, pegou as costas e finalizou com um estrangulamento. Com o resultado, Cerrone chegou ao sexto triunfo seguido.

Confira todos os resultados:

UFC 137
Las Vegas, Estados Unidos
29 de outubro de 2011

Nick Diaz venceu BJ Penn por decisão unânime
Cheick Kongo venceu Matt Mitrione por decisão unânime
Roy Nelson venceu Mirko “Cro Cop” Filipovic por nocaute técnico no R3
Scott Jorgensen venceu Jeff Curran por decisão unânime
Hatsu Hioki venceu George Roop por decisão dividida
Donald Cerrone finalizou Dennis Siver com um esgana ganso no R1
Bart Palaszewski nocauterou Tyson Griffin no R1
Brandon Vera venceu Eliot Marshall por decisão unânime
Ramsey Nijem venceu Danny Downes por decisão unânime
Francis Carmont venceu Chris Camozzi por decisão unânime
Clifford Starks venceu Dustin Jacoby por decisão unânime

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Marcio2007amaral at 9:31 pm

    Nick Diaz é um bom lutador, mas seu estilo de luta é muito curioso, o cara dá a cara pra tomar porrada para abrir espaços pra golpear e toda luta sai machucado mas com a vitoria, o Jiu Jitsu que é usado por ele´é tao somente para defesa no chão, aliás a maioria dos tops do MMA hoje so usam o Jiu Jitsu para se defenderem no jogo de chao, Diaz gosta mesmo é de dar e tomar soco na cara, ele tem boa resistencia fisica, mas essa ideia de ficar esposto a ser golpeado uma hora vai lhe custar caro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *