Diaz só quer GSP: “Tenho que ser o cara mau”

Share it

Diaz. Foto: UFC.

Era para Nick Diaz ter enfrentado Georges St-Pierre na luta deste sábado, no UFC 137, combate que valeria o cinturão da categoria meio-médio. No entanto, depois de o polêmico Diaz não ter comparecido numa das coletivas de imprensa que antecediam o desafio, o adversário do americano passou a ser BJ Penn. Para completar, GSP se contundiu e não pode nem participar do evento. Aliás, situação que Diaz fez questão de comentar, logo após o triunfo contra Penn:

“Não acredito que GSP está machucado, acho que ele está com medo”, disparou contra o canadense, presente na plateia do Mandalay Bay.

Na coletiva depois dos combates, o presidente do UFC, Dana White, anunciou que Diaz finalmente vai ter a chance pelo título. O confronto contra GSP deve acontecer no dia 4 de fevereiro, no UFC do fim de semana do Super Bowl,em Las Vegas.

“Eu tenho que ser o cara mau. Você aponta o dedo e me faz ser o cara mau. Eu sou o cara mau agora, e agora eu consegui uma luta”, declarou Diaz.

Atual campeão, St-Pierre também falou no Mandalay Bay: “Isso é o que eu queria desde o início. Vamos fazer o que deveria ter sido feito originalmente. Eu sempre quis esta luta, agora eu a quero ainda mais. Eu mal posso esperar para o fim de semana do Super Bowl”, respondeu.

Se a vitória sobre BJ foi um bom cartão de apresentação para St-Pierre, Diaz garante que vem muito melhor.

“Não estou feliz pela minha performance de uma forma geral. Não estava 100% hoje. Me senti bem, mas para esta luta passei por muita coisa difícil.”

Enfim, agora é esperar fevereiro e ver com Nick vai se portar contra o então imbatível GSP. Até o Super Bowl!

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Marcio2007amaral at 9:42 pm

    GSP é o cara no peso leve, se o Diaz ficar de guarda baixa para tomar pancada e assim abrir espaços pra golpear o canadense, pode se dar mal, ou em outra hipotese sair bem mais machucado do que na luta com BJ.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *