Onde Sonnen acertou e onde Stann errou

Share it

O meio-médio americano Chael Sonnen provou estar com um Jiu-Jitsu atualizado no UFC 136, mas como Brian Stann poderia ter evitado a finalização? Confira a seguir, e aprenda a sair de algumas situações perigosas. (Colaborou Junior Samurai)

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. Felipe Amorim at 1:12 am

    muito bom o vídeo, excelente…. só lamento os caras não venderem essas camisas aqui no brasil, iria vender igual água.

  2. Fernando at 10:33 am

    Esses Gracies ai são relamente uma piada, vivem doq pai fez, avô fez, tio…
    Eles mesmo nao fazem e nem nunca fizeram nada, só ficam de videozinho na net, fazendo piadinha, cozinhando e vivendo à sombra do sucesso dos outros!
    Vai pra guerra como seus primos Roger, Kron, Cayron e outros que nao falam, realmente fazem!!!

  3. Felipe Amorim at 12:45 am

    me lembrei de um fato aqui que vale o registro, fernando concordo com voce, sobre eles não competirem em grandes campeonatos, mas o ryron com pouco tempo de faixa preta fez um lutaço com roberto correa, o gordo da gracie barra, onde o ryron arrochou um triangulo, onde o gordo botou quase um palmo de língua pra fora para sair do arrocho, só não me lembro o evento, mas a luta aconteceu…

  4. Anônimo at 12:12 pm

    gracie e bem representado em miami . pelos irmaos valente que nunca disputou um campeonato , nao treina com niguem e seus alunos nao disputam uma competicao. pra guerra meu como renzo, rickson,eo falecido ryan

  5. Leão Teixeira at 1:42 pm

    Parabéns aos dois e ao Rorion pelo trabalho realizado…. alguns comentários aqui são ridículos, de quem relamente não entende nada de jiu-jitsu e da sua história. Tudo que é bem feito com profissionalismo é válido, um dos maiores legados do grande Mestre Carlos Gracie e seu irmão Helio Gracie, foi de criar um sistema de ensino para apresentar a arte marcial, no caso o jiu-jitsu, para qualquer aluno, indepéndente de ser um atleta ou não, e eles mantem esse trabalho muito bem, ajudando a divulgar cada vez mais o jiu-jitsu pelo mundo, junto com a CBJJ e todos os professores e lutadores brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *