Luta de Lyoto pelo cinturão vira trunfo político no Brasil

Share it

Lyoto, sempre com as cores do Brasil no short, venceu Randy Couture em sua última luta. Foto: UFC.

Deu no jornal “O Globo”, domingo, na coluna “Panorama Político”. A luta do desafiante Lyoto Machida contra o campeão Jon Jones no UFC poderá ser usada como trunfo político no estado do Pará, onde o karateca mora desde criança e é querido por todos.

A história é que no dia 11 de dezembro, um dia depois da luta, o povo paraense vai às urnas para decidir, via plebiscito, se o extenso estado paraense se transforma em três: Novo Pará, Tapajós e Carajás.

Líderes do movimento contra a divisão do estado querem convencer Lyoto a ser um dos garotos-propagandas e mobilizar a população a votar pelo “não”. Além do ex-campeão do UFC, o movimento busca atrair outro craque local, o artilheiro Paulo Henrique Ganso, jogador do Santos e da seleção brasileira.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Daniel L. Ruffo at 11:45 am

    Por outro lado, as três regiões atuais apresentam características culturais completamente diferentes. É um Estado bem grande. Imagine juntar Minas, Rio, ES e SP. Não seria uma grande confusão? Seriam culturas muito diferentes sob a mesma “regência”. É uma questão muito mais complicada do que “teremos mais políticos pra roubar mais” (o que de fato é verdade, infelizmente)

    #OneRound – oneround.wordpress.com

  2. Raul Jr. at 12:42 pm

    é com declarações como essas q vimos abaixo do toru q aos poucos vamos conseguindo mudar esse cenário de baderna e corrupção q infelizmente domina o cenário político do nosso Brasil. se o esporte puder contribuir com isso, por que não?!! oss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *