Exclusivo: finalize, raspe ou monte com Roger Gracie

Share it

Roger, com Renzo (de azul), Kyra e Rickson. Foto: Daren Bartlett.

 

Enquanto domava uma crescente vontade de estar vestindo não jeans e camisa, e sim bermuda e camisa de lycra, Roger Gracie curtia o ADCC 2011, realizado diante de muitos fãs e alunos seus na Inglaterra. Após o evento, Roger, assim como Marcelinho Garcia, não conseguia sair do ginásio, tamanho o assédio e pedido por fotos, autógrafos, apertos de mão, conversas rápidas.

Cada dia investindo mais energia nos treinos de MMA, e com planos audaciosos de quem sabe integrar o forte pelotão de lutadores até 93kg do UFC, Roger garante porém que vai voltar a usar o uniforme predileto, e que o consagrou. O kimono branco. “Vou lutar o Mundial de Jiu-Jitsu 2012, ué”, respondia a quem perguntava. E não descarta, claro, aparecer no ADCC 2013.

Sobre o espetáculo de luta agarrada ocorrido em Nottingham no fim de semana, a satisfação era evidente, apesar de incompleta.

“Estou feliz pela Kyra, que foi perfeita estrategicamente, e não errou. Impressionante como ela fez tudo certo e teve uma campanha perfeita. O Bráulio na superluta também lutou bem o tempo todo. Faltou a vitória do Renzo, que lutou muito bem, ele com 80kg e o Zé Mario com 100kg já fazia a missão ser ainda mais complicada. Ele buscou compensar a diferença com muita velocidade, e funcionou na medida em que o tatame molhado e escorregadio deixou”, lembrou Roger, referindo-se a umidade causada pelo rinque de patinação no gelo e hóquei, localizado logo abaixo do chão da arena principal de Nottingham.

“Gostei das lutas, aprendi muitas coisas aqui hoje, na real estou sempre aprendendo. E o destaque no masculino foi mesmo o André Galvão, eu nunca o tinha visto tão bem preparado técnica e fisicamente, está de parabéns pela atuação, o absoluto ficou nas mãos certas”, elogiou ele, campeão do aberto em 2005.

Mas chega de papo, e vamos a uma posição ensinada com exclusividade pelo Gracie para o GRACIEMAG.com, auxiliado pelo faixa-preta Alex Faria, também professor na Roger Gracie Academy em Londres.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Matheus Miranda at 12:43 pm

    Com todo o respeito ao Roger, e sei que não tem nada a ver com a matéria feita aqui. Porém, é uma oportunidade de falar uma coisa que venho pensando desde o Mundial da IBJJF deste ano.
    Tenho uma leve impressão de que o Roger está fugindo do Rodolfo! Torço para estar me precipitando, e espero que eu morda minha lingua…

    • Jorge at 4:05 pm

      kkkkkkk para! Roger sempre lutou com os melhores, quem já lutou contra grandes nomes como Xande Ribeiro, Ronaldo Jacaré, Robert Drysdale, Marcelo Garcia, Fernando “Tererê” Augusto, entre tantos outros… vai agora ter medo do Rodolfo? tá de brincadeira né?!
      Vamos ser imparcias, sabemos que o Rodolfo vem fazendo um grande trabalho, mas ainda tem muito a provar… talento e idade, ele tem, basta saber se vai ter uma boa cabeça pra lidar com a pressão de ser um campeão!
      E outra, no mundial, ele ganhou bem! mas vale lembrar, que esse mundial tava sem seus grandes nomes… Roger, Braulio, Xande, etc…
      No ADCC, quando lutou contra os TOP, caiu….

    • Isaacranfler at 5:01 pm

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk se ta de brincadeira né ?
      o Roger ja triturou todo mundo no pano e no ADCC inclusive o zé mario e vc vem falar que ele tem medo do Rodolfo Vieira so para constar o único que que foi campeão do ADCC da nova geração foi o Rafa mendes que mostrou que sabe pegar msm o resto ficou irmão. o ADCC mostra realmente que é bom de jiu jitsu e quem é um bom competidor !

      Nada contra o Rodolfo vieira , pois esse ano ele foi o destaque das COMPETIÇÕES é um grande lutador , só que seu comentário foi Totalmente infeliz em falar que o Roger está fungindo né . Lembrando que o Rodolfo esse ano perdeu para o Lovato no sem pano e o Lovato ficou para o Toquinho =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *