Jon Jones usa o chão e detona Rampage no UFC 135

Share it

Jon Jones mantém o cinturão. Foto: UFC.

O UFC 135, na noite deste sábado, em Denver, contou com boas finalizações, Jiu-Jitsu de qualidade. Foi assim, por exemplo, na principal luta da noite, a disputa de cinturão meio-pesado entre Jon Jones e Quinton “Rampage” Jackson. Na sua primeira defesa de título, Jones fez o que era imaginado: dominou.

Desde o início, Jones imprimiu o ritmo. Trabalhou no clinche, soltou a tradicional cotovelada giratória e variou os golpes. Na segunda parcial, deu indícios de que buscaria a finalização, quando pulou e puxou para o triângulo. Rampage tentava alguns socos isolados, mas, aparentemente cansado, não resistiu ao terceiro round. Depois de ser quedado, viu o atual campeão pegar as suas costas e apertar com o estrangulamento. Só restou bater. Em 14 vitórias – e um revés por desclassificação -, esta é a quarta finalização de Jon Jones.

Aos 37 anos, Matt Hughes não conteve Josh Koscheck. O Hall da Fama do UFC não conseguiu desviar dos socos de Koscheck. Ao chão, sofreu uma saraivada de golpes e, ironicamente, foi nocauteado quando faltava apenas um segundo para o fim do assalto inicial.

Quem também mostrou um Jiu-Jitsu de primeira foi Nate Diaz, treinado por Cesar Gracie. O faixa-marrom finalizou Takanori Gomi após variar do armlock para o triângulo e depois voltar para a chave de braço. Interessante foi ver a evolução no chão de Mark Hunt, treinado pelo faixa-preta de Carlson Gracie Ricardo Libório,  com direito a joelho na barriga e tudo. O ex-campeão do K-1 bateu Ben Rothwell por decisão unânime.

Confira todos os resultados:

UFC 135
Sábado, 24 de setembro de 2011
Denver, Colorado, Estados Unidos

Jon Jones finalizou Quinton Jackson com um mata-leão a 1min14s do R4
Josh Koscheck venceu Matt Hughes por TKO aos 4min59s do R1
Mark Hunt venceu Ben Rothwell por decisão unânime
Travis Browne venceu Rob Broughton por decisão unânime
Nate Diaz finalizou Takanori Gomi com um armlock aos 4min27s do R1
Tony Ferguson venceu Aaron Riley por interrupção médica ao fim do R1
Tim Boetsch venceu Nick Ring por decisão unânime
Junior Assunção venceu Eddie Yagin por decisão unânime
Takeya Mizugaki venceu Cole Escovedo por TKO aos 4min30s do R2
James Te Huna venceu Ricardo Romero por KO aos 47s do R1

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article
  1. Marcio2007amaral at 12:25 pm

    Nenhuma novidade no UFC 135, e ainda Shogun, Lyoto, Rashad ou Hendo serao zebras se enfrentarem Jones. A previsao é de tomarem muita porrada ou serem finalizados, mas zebas acontecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *