Artes marciais e rúgbi são os esportes que mais crescem no Brasil, aponta estudo

Share it

O Jiu-Jitsu esportivo. Artes marciais superam esportes como o surfe na pesquisa. Foto: IBJJF/ Divulgação.

Uma das grandes empresas de consultoria e auditoria do mundo, a Deloitte acaba de lançar a pesquisa “Muito além do futebol – um estudo sobre esportes no Brasil”. Com o objetivo de desenhar um panorama geral do interesse e da prática de esportes pelos brasileiros, a pesquisa foi realizada com mais de 700 pessoas, por meio de questionário online. Segundo o estudo divulgado, as artes marciais e o rúgbi, por exemplo, foram apontados como os esportes que mais vão crescer nos próximos anos – 17% dos respondentes apontaram o rúgbi, seguido das artes marciais com 16% e do vôlei com 11%.

Na prática – Entre os esportes mais praticados no país, o futebol segue na frente, apontado por 32% dos respondentes, enquanto a corridinha foi selecionada por 17%. A musculação é praticada por 9% e o tênis, por 8%. As artes marciais foram apontadas por 3% dos entrevistados – mais que o surfe, por exemplo, praticado por 2%. Já quando questionados sobre os esportes favoritos, o futebol aparece na liderança, novamente, com 78%. Em seguida, vieram o vôlei com 46% e a natação com 24%.

“Chama a atenção o fato dos esportes coletivos serem os favoritos, mas os esportes individuais serem os mais praticados”, analisa Fernando Ruiz, gerente sênior de Consultoria em Marketing e Estratégia da Deloitte e responsável técnico da pesquisa.

Há ainda um obstáculo. As artes marciais e as lutas em geral, apesar de serem o sexto esporte mais televisionado no país, desfrutam do maior contraste de opiniões com relação ao gosto. Enquanto 51% dos respondentes declararam gostar de lutas, 45% declararam não gostar do esporte.

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. Axe Angoleiro at 6:28 pm

    Essa lista é no mínimo estranha, dizer que tem mais gente jogando tênis do que Capoeira? No Brasil!? Eu arisco dizer que tem mais gente jogando Capoeira do que Futebol. Tem muita cidade no interior onde vc não vê uma bola, mas tem lá seu grupo de Capoeira…
    Já ouvi falar de estudos que apontam a Capoeira como o esporte mais praticado no pais. Mas não sei se o pessoal da Deloitte está intersado nisso, já que não se usa muito material esportivo – basta uma cabaça, um arame e um pedaço de pau! 😉

    • Jiujitsubrasileiro at 2:12 am

      po fala serio ein…!!!!! comparar, no brasil, qualquer esporte com o futebol é viagem…e nadz contra a capoeira mas vamos dar a césar o que é de césar e a verdade é que ela anda mtuuuuu longe do futebol, até pq como vc falou nao precisa de material esportivo, mas precisa de um professor, já o futebol basta uma bola canarinho ou um pedaço de meia. Aqui mesmo por exemplo tem gente de varias artes marciais eu por exemplo faço jiujitsu, mas tem vc da capoeira e deve ter gente do judo, karate e por ai vai…eu por exemplo faço jiujitsu mas jogo bola e já joguei bola na rua, praia, etc…e creio q a graaaaande maioria do pessoal aqui ou joga ou jogou. Então vamos torçer pelo crescimento do esporte, mas com os pés no chão.

  2. Marcio2007amaral at 12:33 am

    A pesquisa mencionada faz um certo sentido, ainda mais que eu gosto tanto de artes marcias quanto de rugby que esta crescendo a olhos vistos, o rugby é um belo esporte, pode parecer violento e bruto, mas é um esporte com muita lealdade, igual a artes marcias principalmente o Jiu Jitsu e o Judô que é um esporte olimpico bem organizado .

  3. Jiujiteiro at 1:39 am

    capoeira pessoal nao fala pq nao aqui e site de artes marciais nao de dança, procura no site da boça nova q derrepente vc ve o top 10 das danças no brasil…

  4. Rodolfo at 1:32 pm

    Pela pesquisa ter sido feita pela Deloitte temos que dar credibilidade, porém ja realizei estudos e fiz pesquisas e o esporte individual que mais cresce no Brasil e no mundo é o Jiu Jitsu. Pode ser que não apareça esses dados pela pesquisa levar em consideração todo tipo de esporte. E pra quem falou que capoeira é dança entra em uma roda pra vê como que é! Eu já tive esse mesmo pensamento mais isso é preconceito por falta de informação. Procurem saber mais à respeito pois é um esporte que além de cultural é bem técnico e com muito pancadaria. rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *