No Jiu-Jitsu, o defeito pode ser a salvação

Share it

Olhem como volta e meia o Jiu-Jitsu faz um golaço pela comunidade.

Marca de uniformes da Gracie Barra, a GB Wear ordenou 2 mil camisas de lycra e 1.200 bermudas da empresa Grounded Athletics nos Estados Unidos, mas as peças vieram com um pequeno defeito.

Em vez de se descabelarem, a escola fundada por Carlos Gracie Jr. decidiu doar os trajes para jovens necessitados.

“Primeiro, decidimos, juntamente com a Grounded Athletics, doar as roupas para algum projeto social relacionado a esportes, de lutas ou aquáticos, para aproveitar a lycra”, contou Marco “Piu-Piu” Joca.

“Porém, a coisa melhorou, e acabamos fazendo uma parceria com um projeto na Guatemala para crianças que vivem em barracos próximos a campos de despejo de lixo. Esse projeto tem como obetivo levantar fundos para construir casas para essas crianças e seus familiares, além de fornecer roupas e materias sanitários. O projeto social reúne diversas iniciativas para prover alimentos, estudo, atendimento médico e tudo que as crianças precisam”, diz Piu-Piu.

O resultado foi que as roupas, bonitonas e novinhas, chegaram para as crianças, que ficaram super felizes e disputaram firme, no bom sentido, as camisas e shorts da GB Wear / Grounded Athletics. Tudo dentro da filosofia do Jiu-Jitsu e da Gracie Barra.
“A GB Wear procura através do Jiu-Jitsu ajudar em torno de cinco a dez projetos por ano, no Brasil e no mundo. A filosofia do grande mestre Carlos Gracie e do nosso mestre Carlos Gracie Jr, e hoje da famíla Gracie Barra, é de utilizar o Jiu-Jitsu para contribuir com a humanidade, melhorando-a a cada dia. A GB Wear, sendo a divisão de uniformes e roupas da GB, segue a mesma mentalidade”, encerra Marco, reforçando o mote novo da equipe, “Jiu-Jitsu para todos”.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Ruy Menezes at 5:04 am

    Parabens pela iniciativa da Gracie Barra, nessa hora temos que deixar de lado a rivalidade por sermos de outra Academia e colocar nosso comentário.

    Se isso se repetir em outras Academias, nâo iremos mudar o mundo, mas ajudaremos a quem precisa. Nâo podemos esperar o Governo, eles tem muito o que fazer roubando o Povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *