Protagonista no último UFC no Brasil, Rizzo não sente nostalgia

Share it

Rizzo puxa os golpes de Anderson na praia de Copacabana, na quarta-feira. Foto: Gustavo Aragão.

 

Há 13 anos, Pedro “The Rock” Rizzo era um dos protagonistas do espetáculo. No primeiro UFC no Brasil, em 1998, o pupilo de Marco Ruas levantou a torcida ao medir forças com o brigador David “Tank” Abbott, e se deu bem. Hoje presente nos bastidores, na equipe de treinos de Anderson Silva, Pedrão não sente nenhum tipo de nostalgia.

“Foi importante, fomos desbravadores, mas não dá nem para comparar com o que o povo carioca está vendo hoje, dentro ou fora da jaula. Não era uma outra realidade simplesmente, era outro esporte”, analisa Rizzo.

“Eram outras regras, outra estrutura, bolsas diferentes… Para resumir, eram tempos em que o Tank Abbott era uma das estrelas do UFC. Hoje não cabe um Tank Abbott no Ultimate. O Tank Abbott de hoje seria, talvez, o Roy Nelson, pelo físico. Ou seja, o Tank de hoje é muito, muito melhor, e aguenta mais pancada também”, solta um riso.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *