Jungle Fight: Jiu-Jitsu leva ao cinturão o novo campeão

Share it

O Jungle Fight montou o seu ringue neste sábado em Itu, São Paulo, onde definiu o campeão da categoria médio da organização. O evento de Wallid Ismail trouxe seis combates e o público local gostou do que viu.

Marcelo Guimarães finaliza na disputa de cinturão. Foto: Carlos Ozório.

Na disputa de cinturão, levou a melhor Marcelo Guimarães. Contra Lucas Rotta, Marcelo dominou desde o primeiro assalto, com a tática de quedar e usar o Jiu-Jitsu. Na segunda parcial, o lutador chegou três vezes à montada, tentou um armlock, raspou, pegou as costas e apertou no mata-leão. Lucas resistiu e acabou dormindo. Com a vitória, Marcelo é o campeão internacional do Jungle na categoria médio. Um detalhe sobre o lutador, é um ex-dependente químico, que se recuperou e retomou a vida através das artes marciais.

Outra luta que trouxe bastante técnica foi entre Kleber Orgulho e Edson Conterrâneo, na categoria de pesos pesados. Mais leve, Orgulho usou bem o boxe nos três rounds, principalmente os uppers. Conterrâneo tentou quedar, e até conseguiu, mas não foi o suficiente. Decisão unânime para Kleber, que encheu de “Orgulho” o seu treinador! Agora o baiano vai participar do GP de meio-pesados do Jungle Fight.

Gil Freitas não se cansou de disparar os potentes socos contra Marinho Conceição. No segundo round, Marinho acabou caindo e Gil partiu com tudo para cima, tendo socado até o árbitro interromper. Já o lutador local Douglas Bertazini, pupilo de Miguel Repanas, levantou a torcida na luta contra “Joni Little. A primeira parcial foi parelha, mas Douglas dominou os dois últimos assaltos, tendo caido por cima em várias situações e trabalhado bem com socos. Merecido o triunfo por decisão unânime.

Na luta internacional, bem que Fernando Kioshi tentou levar a melhor no chão, tendo encaixado um triângulo e chegado à montada. Mas o peruano Diego Akita foi superior, melhor na trocação, quando a luta estava em pé. Valeu a vitória por decisão dividida. No combate inicial, João Paulo levou sufoco nos primeiros instantes, mas depois quedou, passou a guarda, montou e pegou as costas, antes de finalizar Marcelo Cruz com um mata-leão.

Confira todos os resultados e aguarde a galeria de fotos completa no GRACIEMAG.com.:

Jungle Fight 31
Itu, São Paulo
Dia 20 de agosto de 2011

Marcelo Guimarães finalizou Lucas Rotta com um mata-leão no R2
Kleber Orgulho venceu Edson Conterrâneo por decisão unânime
Gil de Freitas venceu Marinho de Conceição por TKO no R2
Douglas Bertazini venceu Joni “Joni Little” Edurado por decisão unânime
Diego Akita venceu Fernando Kioshi por decisão dividida
João Paulo Pereira finalizou Marcelo Cruz com um mata-leão no R1

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Felipe Amorim at 7:32 pm

    quem diria meu camarada…. de andorinhas na cidade de vitória do espírito santo para o mundo, quem diria que aquele garoto que me comprou o quimono da torah seria um dia um grande campeão, forte abraço à voce, seu pai guimaraes, e que venha o ultimate…… e que mais tarde voce possa abrir um grande projeto social em nossa comunidade, para mostrar para toda sociedade que o esporte de luta é um grande agente de inclusão social, voce é um exemplo disso…nós da família santa martaandorinhas torcemos por voce.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *