Mário Reis se muda para Alliance

Share it

Após seis anos como atleta da Gracie Barra, o gaúcho Mário Reis, 31 anos, decidiu lutar pela Alliance. O motivo, como ele explicou ao GRACIEMAG.com por telefone, de Porto Alegre, é a vontade de conhecer o ambiente da academia paulista, algo que para ele pode fortalecê-lo ainda mais para as próximas competições de pano.

“Eu subo em pódios das maiores competições da IBJJF desde 1999, sem falhar, mas sinto que estou chegando próximo do meu último tiro na carreira, e o que eu mais quero é recuperar meu posto de número um. No último Mundial, sinto que perdi para o Rafael Mendes no detalhe, em grande luta, e quero intensificar meu foco na competição”, disse Mário, bronze este ano, e bicampeão mundial em 2003/04.

Desmanchando-se em elogios e agradecimentos a Carlos Gracie Jr e Marcio Feitosa, “por tudo que fizeram por mim”, o peso-pena elogiou os campeões da Gracie Barra, mas lamentou o fato de ser impossível tê-los todos no mesmo dojô sempre.

“A galera na Gracie Barra está forte como sempre, mas muito espalhada, e eu sinto que preciso de uma academia o tempo todo naquele clima de competição. Realizei um sonho ao competir pela Gracie Barra e ao treinar com caras como Marcinho Feitosa, Braulio Estima, Roger Gracie, Rominho Barral, Phillipe Furão, Lucio Lagarto, Jefferson Moura, Victor Estima, Otavio Sousa e tanta gente”, listou.

“A galera é nota 11, mesmo. Mas é cada vez mais complicado estar todo mundo no mesmo dojô treinando juntos, e em São Paulo acho que vou encontrar isso. Quero focar nos campeonatos, e será uma nova fase para mim, acho que preciso disso nesse momento da minha carreira. Desde 1999 estou nas cabeças, e acho que esse tempo com o Gurgel e a turma da Alliance vai me fazer chegar ao topo novamente”, explicou ele, que vai revezar seus treinos entre SP e Porto Alegre.

“Agradeço pelo carinho e pelo apoio da GB, não tenho nenhuma reclamação do pessoal de lá, mas espero que entendam que precisei tomar essa atitude. Estou olhando para o meu kimono da Gracie Barra e me sinto da família, mas infelizmente chegou a hora de eu ser sincero comigo mesmo e focar ao máximo nas competições”, concluiu Mário Reis.

 

 

Ler matéria completa Read more
There are 48 comments for this article
  1. Rodrigo at 9:04 pm

    a GB foca muito em escolas de BJJ, e deixa um pouco de lado as competições!!!
    sem falar q os xefes estão tds fora do Brasil!

  2. GB4ever at 10:32 pm

    Quem será o proximo da Gracie Barra a mudar ? Apostas ? Mestre Carlos Gracie Jr. , pra quando uma estrategia pra trazer de novo a Gracie Barra como n.º 1 nas competições ?

  3. Ticojj at 12:42 am

    Nao estou aqui para julgar o mario, ou qualquer pessoa…. Mas qdo vejo alguem falar isso, penso comigo… como o Roger, Carcara, Rominho , tio chico, etc, etc, e etc, conseguem vencer?

    Como o cara de sapato vem vencendo tanto, morando tao longe?

    Como o saulo ribeiro e xande venceram tanto morando em manaus?

    Como o ronaldo jacare se transformou numa lenda do jj, morando em manaus e treinando com pessoas que nunca foram campeas mundiais ?

    Nao existe desculpas qdo a pessoa quer seguir outro caminho. E so seguir pq quer, mas de competicao, a GB esta bem e muito bem.

    A GB criou regras, tais regras que hj, TODOS, sem excecao devem seguir. Independente de qtos mundiais ele venceu. Usar um kimono padrao, pagar uma mensalidade a Associacao para assim, ajudar a equipe etc.

    Vejo o time da Alliance, fantastico. Um time nao uma selecao de estrelas. O fabio e excepcional. E ta recebendo um craque formado nas maos, mas alguem que pode no futuro, fazer com ele, o que esta fazendo com a GB.

    Creio que, existe uma filosofia por tras do jiu jitsu. Essa filosofia, e maior que todos, aonde coloca o time em primeiro lugar. Honro a minha equipe. amo a minha equipe e nao troco meus amigos que treinam comigo por tanto tempo por equipe nenhuma no mundo.

    E tipo um relacionamento que acabou o amor. Mas no relacionamento, como as vezes temos que seguir em frente, temos que tentar denovo, pq senao nunca nessa vida criaremos raizes com ninguem.

    Nao tenha duvida que a raiz da GB ta mais forte que nunca !!

    GB 4 LIFE!!!

  4. Luciano Martins at 12:41 pm

    amigos, talvez vcs estejam exagerando um pouco e sendo até inocentes. Muita coisa acontece além do tatame para atletas profissionais. Se só quem treinasse com os TOPS, com uma PUTA organização por trás, ganhasse alguma coisa, como vocês explicam o Rodolfo Vieira, com todas suas limitações financeiras e dificuldades extras para chegar onde chegou?

    Tampouco, 100% dos atletas que treinam na sede dos times (seja GB, Alliance, Nova União, etc) são, garantidamente, campeões?

    Concordo com o Tico que você sempre vai dever muito ao seu sensei, aquele que lhe acompanhou do zero e te explicou da pegada do kimono sem polegar à dobradinha de quadril pra encaixar o triângulo mais forte… Depois de “formado” e “validado em campeonatos”, é mais fácil “roubar”/”transferir” atletas – o que, de novo, tange assuntos que estão além dos tatames e além do nosso conhecimento.

    Não concordo com quem falar que a GB não foca em campeonatos, somente em escolas. Talvez quem fale isso não tenha acompanhado os resultados gerais dos campeonatos CBJJ e IBJJ.

    “Gracie Barra como nas primeiras competições” – isso é um absurdo de ser falado. Nas primeiras competições, não haviam nem 20 escolas e a maioria dos atletas treinavam com algum Gracie diretamente. Hoje temos um jogo de jiu jitsu mais diversificado, novos faixas pretas elaborando novos métodos – onde só quem ganha é o ESPORTE e os ATLETAS, tendo mais lugares de qualidade para treinar e vendo nas competições páreos duros entre academias do eixo Rio-Sp, com academias de Goiás, Belém, Manaus… que estão fora do eixo das “celebridades”.

    Para quem acha que “treinar com os líderes” é fundamental, acho melhor sair dos esportes e passar para a política ou para um curso de pastor evangélico.

  5. Paulo at 1:15 pm

    Ele está sendo político e educado mas a real é que a GB abandonou as raízes do JJ como arte marcial de luta “casca grossa” para vender um sistema de FRANQUIA focado em aprendizagem que pega leve com os alunos para encher as academias na gringolândia de pagantes e compradores ávidos de material esportivo, e não de verdadeiros lutadores MESMO que se destacam nos campeonatos ou no MMA.
    Dúvida ????!!!
    Vejam os resultados dos campeonatos nos últimos anos, a mudança do lema e o fato de que é maior agremiação do mundo …
    Como casca-grossa que é, o que Marios Reis fez foi coerente e possivelmente vai ser seguido por muitos outros.
    Abs
    Paulo

  6. Rodolfo Ionta at 4:14 pm

    Muito se fala do profissionalismo do jiu jitsu mais nessas horas que agente ve que realmente se importa com isso. Quem de vocês ai vive do esporte? Se eu hoje que trabalho em um lugar e ganho R$ 1.000,00 me oferecem R$ 3.000,00 e melhores condições de trabalho e oportunidade de realização profissional vou recusar? Sei também que no jiu jitsu temos muito que vaqlorizar nossos mestre e reconhecer todos os ensinamentos que nos foram passados mais no caso do Mario Reis não o vejo como um creonte, como muitos outros são ou foram que abandonaram a equipe sem dar o devido reconhecimento a ela. Isso tudo é negócio meus caros…da mesma maneira que o Carlos Gracie Jr. pensa no dinehiro dele quanto o Mario Reis paga a filiação, vende os protudos da Gracie Barra o Mario Reis está pensando na sua carreira e em retomar o primeiro lugar do pódio. Todo mundo precisa de mudança e como muitos falaram não quer dizer que por ele estar no tatame do Fábio com todoas as feras que sabemos que lá tem que ele vai ser o melhor ou vai retomar o primeiro lugar do pódio, mais só o fato de saber que está tentando recuperar o primeiro lugar do pódio e está fazendo algo diferente para isso acontecer possa motiva-lo ainda mais! O cara tem 31 anos ja luta como profissional a mais de 10 e continua na mesma. Pelo que não houve desavença nenhuma e simplesmente um atitude de um campeão tentando retomar seu posto. Espero que ele possa realizar seus objetivos e que todos os “Creontes” como o chamaram tenham a mesma hombridade que o Mario teve de sair e ainda comunicar a mídia seus motivos para tal. Força e seja bem vindo a Alliance! Ossss

  7. Felipe at 4:18 pm

    Fazer o que né, eu aposto que nem na Alliance ele vai voltar a ser campeão… Se fosse assim, Roger, Braulio, Rômulo, Rodolfo e tantos outros não seriam campeões.

    Time ajuda, mas não é tudo.

  8. Eric Oliveira at 4:42 pm

    Mario Reis é um grande atleta e isso ninguem pode negar, como ele mesmo disse, ele é grato por tudo o que a GB fez por ele, mas ele sentiu a necessidade de exigir mais de si mesmo, sentiu a necessidade de correr atráz do melhor para ele, e no momento ele julgou que o melhor para ele seria mudar de equipe, e foi isso o que fez! Que Deus o abençõe nessa nova etapa, e que ele continue sendo um nome a ser lembrado no esporte, não pelas equipes que passou ou deixou de passar, mais sim pelo que ele fez e faz, esta sempre ali, no “bolo”, e quem sabe no proximo mundial o cenario seja outro.

  9. Thiago Sarges at 7:44 pm

    O cara é um profissional do esporte, ele sabe onde é melhor pra ele. Não acredito se tratar de creonte, ele justificou sua saída, não desmereceu ninguém e bola pro mato que o jogo é de campeonato.

  10. Edu at 8:17 pm

    Se soubessem quanto um proessor tem que pagar ao carlinhos p/ ser da GB, pensariam melhor antes de chamr o cara de creonte. Ele é creonte, mas por ter saído do Behring p/ GB, e não por sair da GB p/ Alliance.

  11. ... at 8:34 pm

    Quem chama ele de creonte aqui, tenho certeza absoluta que nunca ganhou absolutamente nada, nunca lutou nada importante e no máximo dos máximos é uma faixa azul de merda. Olha esses idiotas falando, “Mário creonte, GB sempre”, porra vocês são um bando de merda. A Gracie Barra não te proporciona absolutamente nada mais pra competições, se quiser treino tem que sair fora do país pra treinar com alguém que preste, fora que Gracie Barra virou um negócio pra ganhar dinheiro.

    O pior ainda é falando que o Mário não vai ganhar nada na Alliance e coisas do tipo. sahushsuas Porra, se matem. O Mário é o maior casca grossa do jiu jitsu atual, lutando em alto nível na preta há mais de 9 anos ficando no pódio em TODOS os mundiais da CBJJ, fora os da CBJJE que ele empilha categoria e absoluto todo ano, quem hoje no jiu jitsu tá a tanto tempo competindo em alto nível que nem ele? Um lutador que é master faz 2 anos lutando de adulto e sempre nas cabeças, no último mundial perdeu por 4×2 do Rafael Mendes, numa luta que deveria ter sido 4×4, mas pra lembrar dele e disso não tem ninguém, pensem nisso seus faixas branca/azul antes de sair chamando de creonte, traidor, fracassado.

    Alliance.

    • Paulo Roberto at 2:19 am

      Impressionante como o anonimato alimenta a valentia e incentiva o anônimo a escrever tanta besteira, além de usar o portugues de maneira tão sofrível. Nada contra o Mario Reis, aliás, as palavras dele foram de agradecimento a GB, seus atletas e a sua direção, bem diferentes das que o anônimo usou aqui. Assinar o comentário em nome da Alliance? Chamar os atletas da GB de “bando de merda” é motivo suficiente, embora covarde, para se manter no anonimato. Criticar faixa-branca ou azul me faz acreditar, obviamente, que voce é uma faixa-roxa, portanto, tem ainda muito a aprender, inclusive, a respeitar as pessoas ou deixar de ser covarde e ter a coragem de assinar o nome em seus comentários. Não tenho dúvida de que voce é um idiota, além de um analfabeto frouxo.

    • Paulo at 1:21 pm

      Por favor, pode comentar o que quiser, mas não assine “ALLIANCE” !!!
      Sou faixa-preta com a “Águia nas costas” e não concordo com os termos ofensivos usados.Ter mais de 2X a pontuação da academia que ficou em segundo lugar no Mundial já é o suficiente …
      Seja bem-vindo Mário !
      Suavidade no tatame e nas palavras.
      Abs
      Paulo

      • Paulo Roberto at 12:41 am

        Boa Paulo, concordo plenamente com vc e sei que a Alliance não precisa disso. Sempre houve respeito entre os atletas e as academias. Sou Gracie Barra,, estou satisfeito com a minha academia e jamais vou falar mal, ou de forma desrespeitosa, de outras academias. Não acredito que esse anonimo seja da Alliance e tenho total convicção de que se trata de um bobalhão covarde e sem bandeira. Acho que todos tem o direito de escolher o seu destino e aquilo que julga ser melhor para sua vida. Assim fez o Mario Reis e com todo o respeito e consideração pela sua ex-casa.
        Abs,
        Paulo Roberto

  12. Jorgematheus at 6:04 am

    So quem e atleta campeão sabe o que o mario ta falando, e os motivos que levam um atleta abseguir em frente. E muito fácil aponta o dedo e chama de creonte! Difícil e reconhecer o talento que esse atleta tem, e falar da diferença que e ver este atleta competindo! Um verdadeiro colírio para os verdadeiros apreciadores da arte suave! Mario reis tem credencial para entrar em qualquer academia! Quem fala mal desse atleta nao ama a arte suave, e tomado apenas pelo sentimento de inveja, que apodrece a alma de um guerreiro! Oss

  13. kabal at 6:22 am

    amigo aqui se exalto , nao importa o tempo que está no topo ou se é ou não master lutando de adulto o que importa é que mario reis é creonte e creonte merece isso , ou voce acho que se chegar numa suposta final de mundial charles rubens “cobrinha” que aliais compete e chega a muito tempo , contra mario reis quem vai ficar com o topo cobrinha ou mario creonte reis

  14. dan at 2:04 pm

    mario reis ta é certo, tem q procurar o melhor pra ele o melhor para o jiu-tsu dele, a gracie barra perdeu muito, hoje só serve pra ganhar dinheiro, como no mundial tem sido feito hoje em dia, tão usando jiu-jitsu pra isso, ele ta certo, e o teve gente que comentou que ronaldo jacaré, xande e saulo foram campeões treinando em manaus e tal, mas galera em manaus o jiu-tsu é muito forte, vcs precisam ver um estadual como, umas vez tava por lá e fui ve, tem categoria que os caras tem q fazer 7 a 8 lutas pra ser campão, isso luta de graduado já roxa pra cima e em categorias pesadas, coisas dificis, mas hoje em dia com o mundial na california como que vão aparecer os prodigios?? tem muito muleque bom que não aparece por não ter condições nem apoio d participar d um mundial, tenho 2 amigos meu aqui de santarém interior do pará que foi foram mundial ano passado de roxa com apoio da galera e um foi vice na categoria e outro 3 no absoluto, outro esse ano foi de marrom e ganho o mundial e o rio open, bora voltar as raises, trazer o jiu-jitsu devolta pro brasil, e não mas pros gringos para não perdemos nossa hegemonia,

  15. Presigio at 4:27 pm

    Esse lance de creonte é muito antigo. Uma besteira.
    Quem não pensa além disso está atrasado.
    Ninguém é dono de ninguém, geral já mudou de academia.
    Lealdade?
    Ah não ferra !

  16. Mirkocrocopio at 4:31 pm

    O jiu-jitsu se tornou uma fábrica de fazer dinheiro e vocês vem me falar de lealdade?
    Leal é o mestre que acolhe o discípulo, que o trata como tal e não somente como uma fonte de renda.
    Essa onda de “Creonte” é a maior besteira que já aconteceu dentro do jiu-jitsu…
    Que nem no surf o lance de tirar outros como haole, ou o tal do localismo.
    BESTEIRA !

  17. Egon at 5:56 pm

    Creonte…esse povo que ainda repete esse termo não sabe o que ser profissional do JJ e pagar contas, sem ainda estar ganhando no MMA. Deixem Mario Reis em paz!!!! Ele tinha algum “contrato” com a GB? Cumpriu? Otimo!!! Saiu só elogiando!!!! GB ganha $ para si, para o cerebro do sistema com seu JJ “McDonald´s” rss falo isso mas sou admirador do Barral, Roger, etc Sucesso Mario!!!! Sonho ver vc e Cobrinha fazendo lutão pra valer numa final em breve!!! Mesmo sob a bandeira do mesmo time!!! Ossssssss!!!

  18. Marcelojiu at 7:07 pm

    Gracie Barra largou o jiu aqui no Brasil, os bons estão dando aulas em outros países, o jiu competição ficou de fora pois não dá dinheiro. Então como um atleta de ponta pode ter treino forte dentro de sua equipe somente fora do Brasil? Somente uma semana antes do mundial? Aqui em Sampa treinam vários compeões, claro que a Alliance dará mais treino pra ele. O cara é profissional, tem 2 mundiais da CBJJ, mais 9 mundiais das outras federações, Desde a época da copa do mundo o cara já fazia pódio e faz até agora. Acho que essa de creonte serve somente pra amador, profissional tem que buscar o melhor treino.

  19. 1234rr at 4:26 am

    Creonte sim e conhecido como marketeiro em poa( treinos eram puxados pelo seus pupilos em sua academia ), foi p gracie pelo marketing e depois de mais de 5 anos viu que agora nao esta em uma equipe de competicao? malfacine e cobrinha dominam a categoria na alliance ja. creonte…

    • Rubesmartin at 3:14 am

      Treinos puxados por pupilos não existem, aparece na acedemia qualquer dia, no treino das 12 ou das 19 e tu verá que o Mario Reis sempre dá aula,. Nao sei da onde tu tirou essa que ele não dá aula. Quanto a ser marqueteiro, nem falo disso, os títulos falam por mim. OOSSS

  20. Jjbrazilian at 8:39 am

    cada um treina onde quer e onde se sente melhor.
    sucesso pra todos e que sempre hajam boas lutas e bons lutadores!

  21. Marcelo Nogueira at 1:40 pm

    Mario Reis esta certissimo, esta indo para a maior e melhor Equipe de Jiu jitsu do Brasil de 5 anos para cá que é a Alliance São Paulo aonde fica a matriz!!
    A Gracie Barra há muito tempo que deixou de ser a melhor do Brasil, foi ultrapassada pela Alliance, Atos, Gama Filho e Check Matt, essas 4 são as melhores academias para se treinar e se ganhar um campeonato no Brasil , pode ver pelos resultados dos ultimos 4 anos!
    Ta certo que o Mário Reis é fregues dos lutadores paulistas como o agora companheiro de Alliance Rubens Charles o Cobrinha, os Irmãos Mendes da Athos e outros!
    Mario Reis ta certissimo de mudar de ares, Ele ta vindo hoje para a cidade que de 6 anos para cá é aonde estão os melhores lutadores de Jiu Jitsu no geral e aonde se pratica o melhor Jiu Jitsu do Brasil de 6 anos para cá!
    E alem do mais para voces verem como caiu o Jiu Jitsu de competição da Gracie Barra a maioria do lutadores que se destacam lá em campeonatos são de outros estados como o proprio Mario Reis(Gaucho), Braulio Estima(Pernambucano), Romulo Barral(Mineiro) e outros tantos, só o Roger que se destaca e é carioca da gema mesmo!
    A Gracie Barra não consegue revelar mais carioca bom faixa preta que ganha campeonatos, ele tem que pegar os caras em outros estados do Brasil como já foi citado!!

  22. Felipe Amorim at 2:39 pm

    mário reis não é creonte, e explico por que:existe coisas que faz um aluno colar no seu mestre até a morte, no caso do marcinho com o carlinhos foi a proximidade física, relacionamento interfamiliar, entre outras coisas…. mário reis é competidor, apenas isso.. e um senhor competidor, para esses que estão falando que a gb se tornou uma macdonald,s do jiu-jitsu, seria muito fácil para mario reis abrir uma filial da gb em qualquer canto da europa e faturar um bom dinheiro, que com certeza seria mais alto do que simplesmente lutar em campeonato, a competição está no sangue dele, uma mente mais evoluída, se olha-lo de perto, a forma que luta, a forma que se comporta quando ganha, quando perde, vai notar que para ele quanto mais diversividade de treinamento, de jogo… para ele melhor, então não voltemos aos anos 90, com esse papo antiquado de creonte, ainda mais se envolver dinheiro no meio, aí eu quero ver chamar os outros disso, e aí voces verão que não foi o caso dele. mário reis vai morrer em cima de um tatame competindo, sangrando, chorando na perda ou na vitoria. é isso aí, o resto é comentário simplista.

  23. MARCOS SCHUBERT at 3:32 am

    PESSOAL ACHO QUE CADA PESSOA VIVE UMA HISTORIA. E TODA HISTORIA TEM O COMEÇO, MEIO E FIM. MARIO REIS VIVEU ISSO DENTRO DA EQUIPE GRACIE BARRA, E O RESPEITO POR ISSO. SUA REPRESENTAÇÃO FOI IMPORTANTE DENTRO DE SUA HISTORIA NA GB, SO QUE A HISTORIA DELE ACABOU. CADA PESSOA TEM MODO DE PENSAR. EU NASCI DENTRO DA EQUIPE GRACIE BARRA, VIVO DENTRO DELA, E ESSA HISTORIA SO VAI TER FIM QUANDO DEUS QUISER.
    SOU UM PARTIDARIO DO JIU-JITSU E ACHO QUE DEVEMOS LUTAR POR NOSSO ESPORTE, PARA QUE ELE SEJA FORTE, CLARO QUE DENTRO DESTE ESPORTE TEMOS NOSSAS BANDEIRAS, DEVEMOS NOS RESPEITAR RESPEITANDO NOSSAS ORIGENS E NOSSOS PROFESSORES.
    ABRAÇAO A TODOS.

    • santiago at 11:49 pm

      Parabens Professor, se realmente for o senhor!

      seu fã de carteirinha e acessos no youtube. não pude ir no seminário em soledade começo do ano, problemas pessoais, mas o meu professor em Ilópolis foi e adorou.

      abraço

  24. Marcelocarneiro at 5:25 pm

    isso é verdade, já fui ver o treino das 12, não treinei lá por ser muito puxado, o que não é meu objetivo, mas o Mário Reis tava dando o treino, Tinha uns 40 no tatame, nenhum faixa branca

  25. Anônimo at 11:41 pm

    Pessoal,

    Vamos ser inteligentes e bater palmas a essa familia guerreira do Jiu-Jitsu:

    Parabens a Alliance por estar despontando nas competicoes!

    Parabens a Gracie Barra por estar organizando o futuro de seus instrutores!

    Parabens ao Mario Reis por continuar lutando tudo depois de tantos anos nesse nosso esporte sem incentivos ou patrocinadores!

    Parabens a Gracie Mag por espalhar nosso estilo de vida atraves de um veiculo de informacao super profissional!

    Se estiermos unidos, olhando p frente e pensando grande … o ceu e o limite de onde o Jiu-Jitsu brasileiro pode chegar.

    Abssss

  26. MAURICIO ALFACE RDTEAM at 2:04 pm

    Não existe duas conversas… isso eu sei, o nome!
    se fosse qualquer mero mortal, seria chamado de “CREONTE”, mais como estamos falando de Mário Reis, a coisa já muda…
    se ele buscou a melhora dele, como atleta, e tb buscou um crescimento profissional, aí já é outro procedimento….
    NÃO PODEMOS ABANDONAR NOSSAS ORIGENS, POR QUALQUER DAS HIPOTESES!

    ooosss

  27. Tiaguynhonewboys92 at 5:32 pm

    mario vc mereçe por tudo oq vc fez na graice barra,cara eu sou de santa cruz e treinava na aliance com almansor vaz e saí e fui pra graice barra lá com o charles e banbam treina só pra conhecer vc pq sou muito seu fã veio,eu e meu irmão ficamos muito enprecionado com suas lutas lá no sul americano de jiu jitsu em floripa em 2010.Mais td beem boa sorte tudo de bom pra vc,q vc consiga chegar a seu objetivo a ser campão mundial de novo vou estar torcendo por vc.abraço de Tiago Amabilia,Vitor Rafael Amabilia,Charles,Banbam,e de uma pá de galera daqui da academia sentiremos muita sua falta.sucesso

  28. Jose Antonio Silva at 2:04 pm

    cara onesto o conheco qndo treinei na behing ele era muito humilde e muito tecnico fico feliz q ele cresca cada vez mais cada um tem caminhos diferentes na vida eu por exemplo sai da behing e fui para aluta livre por motivos pessoais e por nao concordar com a linha de pensamento do meu antigo mestre mauricao mas sinto saudades de la nunca creontei semore fui behing e continuo com ela no coracao apesar de ser d outra familia sempre serei jiu jitsu tbm.

  29. THIAGO at 3:24 am

    TUDO NA VIDA É APRENDIZADO, E O RESPEITO DEVE SEMPRE PREVALECER. SOMOS LIVRES, PARA DECIDIR O NOSSO FUTURO, MAS AO MESMO TEMPO DEVEMOS SER GRATOS A QUEM NOS ENSINOU E AJUDOU A SEGUIR NO CAMINHO. GRACIE BARRA OU ALLIANCE ?? TODAS TEM GRANDES MESTRES , PROFESSORES E ALUNOS, E AMBAS SÃO NOTAVEIS NO DESENVOLVIMENTO DO JIU JITSU. E NÓS DEVEMOS CRESCER JUNTOS, UNIDOS E FORTES, POIS SÓ ASSIM O JIU JITSU VAI CHEGAR A TER O RECONHECIMENTO QUE MERECE EM NOSSA SOCIEDADE E CRESCER NO MUNDO INTEIRO. NÓS AMAMOS A NOSSA ARTE, E NÃO DEVEMOS BRIGAR ENTRE NÓS. VAMOS JUNTOS DEFENDER O JIU JITSU, E TODOS LUTARMOS POR UM MUNDO MAIS PACÍFICO, MAIS JUSTO, E MAIS DIGNO PARA TODOS NÓS !! UM GRANDE ABRAÇO A TODOS, E MUITO SUCESSO, NO FUTURO DESSA NOSSA TÃO NOBRE ARTE MARCIAL . . . OSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *