Se não bater, machuca

Share it

Nessa sexta-feira, Jonatas Novaes fez a luta principal do Combat USA – Illinois x Wisconsin., contra Sherron “Rob Roy” Leggett.

O clima foi de guerra em Green Bay, WI. E os ferimentos de batalha, dolorosos.

“Minha luta era para ser o co-main event, mas com a saída de um lutador, Louis Taylor, a luta foi promovida para à principal do evento, e valia o título do evento”, narrou o faixa-preta da Brasa.

“Estava lutando na casa do meu adversário, fui vaiado ao entrar, e já estava nervoso pelo fato de algumas pessoas ligadas a ele falarem um monte de coisas de mim sem ao menos me conhecer. E era uma luta muito importante para minha carreira, acho que juntou tudo na minha cabeça e infelizmente ele se deu mal. Não é do meu caráter machucar um oponente, mas tenho certeza que a luta calou aqueles que falaram abobrinha antes da luta.”

“Mas, tirando isso, Rob Roy é um grande atleta, estava invicto há um bom tempo, mas alguém tinha de ganhar e esse alguém foi eu. Esta vitória foi melhor do que a minha anterior, contra Ryan Thomas, e tenho certeza que Deus me deu essa chance, Ele tem um propósito na minha vida e em minha carreira no MMA”, concluiu Novaes, que espera uma chance no UFC em breve.

 

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Júnior Aguirre at 6:49 am

    Com certeza foi uma luta e tanto, onde Jonatas ja estava buscando o braço do Rob, e na oportunidade certa finalizou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *