Gracie Barra e Carcará abrem nova academia

There are 5 comments for this article
  1. Felipe Amorim at 6:42 pm

    que pena que esses caras saem do brasil, prova maior de que os brasileiros não derem o devido valor á pérola que tinham nas mãos, que é o jiu-jitsu de mestre hélio gracie, parabéns aos gringos que assimilaram a lição

  2. Neferus at 1:16 pm

    infelizmente esse é o brasil , se continuarmos nessa falta de apoio aos nossos atletas e mestres de jiu jitsu em pouco tempo o brasil vai deixar de ser uma potencia do esporte me arrisco a dizer que com o exodo de professores e atletas para os EUA o estados unidos vai ser o pais do jj. posto que devido a raça e a tecnica do brasileiro e atradiçao que temos no esporte ainda e nosso mais acredito que em 05 ou 06 anos o EUA vai ser uma o pais do jj e a california a terra do jj. postos q respectivamente sao do brasil e rio de janeiro. por mais quanto tempo?
    só p/ a galera ter uma ideia quando comecei a treinar jj a uns 08 anos atras o meu sonho e de tudo mundo na academia era ir treinar no rio numa academia com grandes nomes do esporte hj os caras da minha academia sonham em ir morar nos estados unidos e treinar na califa. sera que podemos chamar isso de evoluçao do esporte? se estiver falando merda me corrijam.

  3. Felipe Amorim at 3:46 pm

    neferus, voce acertou em cheio,essa tendencia ja vem se desenhando há algum tempo, antigamente eu adquiria os dvd,s dos mundiais, aí eu passei a observar que nas finais da faixa preta o ginásio estava completamente vazio!!!!aí eu perguntava pra mim mesmo: que esporte é esse, que marcinho e cobrinha lutam numa final, e não tem quase ninguém assistindo!!!!ali eu passei a ver, que o esporte aqui no brasil já estava em franca decadencia, tempos depois a propria gracie faz uma revista com esse assunto, tendo um faixa preta na estrada, tipo esperando uma carona para ir embora, tanto que aqui no brasil, ironicamente, terão que copiar o exemplo dos americanos, ou seja, criarem ct,s de luta, submission, wrestling, porque se for ficar só no pano, com todo respeito o judo está mais interessante financeiramente. é triste, mas é verdade.

  4. Ze Radiola at 12:18 pm

    Parabéns Braulio!! Sei o quanto você se dedicou e abriu mão de muita coisa para chegar aí! Você é um exemplo pra muitos que fazem do jiu-jitsu um meio de vida! Isso é só o começo! Zé Radiola

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *