ADCC 2011: Robinho vai com a estratégia “de sempre”

Share it

O que você faria se estivesse próximo de guerrear contra caras como Rafa Mendes, Rubens Cobrinha, Rani Yahya, Bruno Frazatto, Jeff Glover, Ryan Hall, Baret Yoshida, entre outros?

Robinho Moura, nosso personagem em questão, foi comprar um sofá.

Prova de que o ADCC 2011 se aproxima, mas não tira o sono de um dos maiores (e mais leves) campeões que o Jiu-Jitsu esportivo produziu.

“Desculpa te ligar meio tarde, passei o dia inteiro comprando móveis para nossa nova academia em West Chase (norte de Tampa)”, disse o peso-pluma, nosso GMA na Flórida. Só de tatames, Robinho gastou cerca de 50 mil dólares. “É uma trabalheira… Mas estou animado. Até por conta disso, só agora vou começar a parte física e o wrestling, com uma rapaziada forte aqui da academa. Já estou treinando sem kimono, vestindo o pano uma vez por semana para refinar”, explicou.

A concorrência forte não assusta o experiente professor da Nova União, que na verdade está só com 33 anos. “Se alguém acha que vou entrar em campeonato para fazer número, está enganado. Vou lutar para ganhar!”, disparou.

“Claro que sei a dificuldade, já lutei com o Rafael em Abu Dhabi. Ele, o irmão e outro pessoal têm um nível excelente, e estão naquele ritmo que eu tinha aos 20 anos – só treinam o dia todo e só se preocupam com as competições. Nós temos outros objetivos, obrigações, minha academia, a nova, mais as 22 escolas associadas, mas vou para fazer bonito no meio dessas feras. Tenho certeza de que tenho muita lenha para queimar, no Jiu-Jitsu e até mesmo no MMA, é só eu me organizar aqui”, comentou.

Por falar em outras atividades, Robinho ainda está embarcando nesta quinta-feira para a Inglaterra, terra do ADCC 2011, para uma semana de seminários (Confira a programação ´m www.robsonmoura.com).

Robinho dá um bote no pé de Alexandre Soca, no ADCC 2001. Ele só parou diante do campeão do evento, Royler Gracie. Foto: Gustavo Aragão.

Depois, porém, o foco é no submission. “Dia 1º de agosto chego ao Brasil, quero me preparar com a turma da Nova União daí também, para chegar na ponta dos cascos. Por aqui pelos EUA, muitos treinos com o Gustavo Dantas, o André Ushirobira, o Marcinho, um faixa-roxa campeão mundial aos 16 anos”, lista ele, para enfim revelar a estratégia para vencer a categoria até 66kg.

“Para poder ensinar, não posso deixar de acompanhar a evolução do Jiu-Jitsu, então estou por dentro da técnica da molecada. E, desde que eu competia o tempo todo, minha estratégia era uma só: entrar para pegar. Ainda tenho Jiu-Jitsu para brigar com qualquer um, e vou com a estratégia de sempre”, encerra.

 

PESO -65.9kg

1. Rafael Mendes. Brasil (campeão ADCC 2009)
2. Greger Forsel. Finland (campeão europeu 2010)
3. Marko Ramos. EUA (campeão norte-americano 2010)
4. David Marinakis. Australia (campeão sul-pacífico)
5. Tetsu Hadairo. Japan (campeão asiático)
6. Jeff Glover. EUA (campeão norte-americano 2011)
7. Bruno Frazatto. Brasil (c. sul-americano)
8. Timo-Juhani Hirvikangas. Finland (campeão europeu 2011)
9. Ryan Hall. EUA
10. Rubens “Cobrinha” Charles. Brasil
11. Tom Barlow. UK
12. Baret Yoshida. EUA
13. Rani Yahya. Brasil
14. Robson Moura. Brasil
15. Denny Prokopos. EUA
16.

PESO -76.9kg

1. Jorge Britto. Portugal (c. europeu 2010)
2. Vagner Rocha. EUA (c. norte-americano 2010)
3. Davis Hart. Austrália (c. sul-pacífico)
4. Takanori Gomi. Japão (c. asiático)
5. Enricco Coco. EUA (c. norte-americano 2011)
6. Murilo Santana. Brasil (c. sul-americano)
7. Daniel Strauss. UK (c. europeu 2011)
8. Léo Vieira. Brasil
9. Gunnar ‘Viking’ Nelson. Islândia
10. Marcelo Garcia. Brasil
11. Kron Gracie. Brasil
12. JT Torres. EUA
13. Augusto Mendes. Brasil

PESO -87.9kg

1. André Galvão. Brasil (vice 2009, Braulio faz superluta)
2. Marko Helen. Finland (c. europeu 2010)
3. Rustam Chsiev. Rússia (c. norte-americano 2010)
4. Cameron Rowe. Austrália (c. sul-pacífico)
5. Jeon Doo Kwang. Coreia (c. asiático)
6. JJ Holmes. EUA ((c. norte-americano 2011)
7. Claudio Calasans. Brasil (c. sul-americano)
8. Zbigniew Tyszka. Poland  (c. europeu 2011)
9. Rafael Lovato. EUA
10. Rousimar Palhares. Brasil
11. Romulo Barral. Brasil
12. Sergio Moraes. Brasil
13. Paulo Filho. Brasil
14. Pablo Popovitch, Brasil (campeão ADCC 2009, 77kg)
15.
16.

PESO -98.9kg

1. Xande Ribeiro. Brasil (c. ADCC 2009)
2. Kari Peltola. Finlândia (c. europeu)
3. Joseph Lee Baize. EUA  (c. norte-americano 2010)
4. Igor Praporshchikov. Australia (c. sul-pacífico)
5. Animal Anzai. Japão (c. asiático)
6. James Poupolo. EUA (c. norte-americano 2011)
7. Renato Ferreira. Brasil (c. sul-americano)
8. Kamil Uminski. Polônia (c. europeu)
9. Roger Gracie. Brasil
10. Rodolfo Viera. Brasil
11. Dean Lister. EUA
12. Robert Drysdale. EUA
13. João Assis. Brasil
14. Radek Turek. Polônia
15. Dan Schon. Mexico
16. Antonio Peinado. Brasil

PESO +99kg

1. Fabricio Werdum. Brasil (c. ADCC 2009)
2. Janne-Pekka Pietiläinen. Finland (c. europeu 2010)
3. Mario Rinaldi. EUA (c. norte-americano 2010)
4. Mick Wilson. Austrália (c. sul-pacífico)
5. Sekine Hideki. Japão (c. asiático)
6. Jared Rosholt. EUA (c. norte-americano 2011)
7. Gabriel Vella. Brazil (c.sul-americano)
8. Mateusz Juskowiak. Poland (c. europeu 2011)
9. Jeff Monson. EUA
10. Roberto ”Cyborg” Abreu. Brasil
11. Bruno Bastos. Brasil
12. Antonio ”Pezão” Silva. Brasil
13. José Junior. Brasil
14. Gerardi Rinaldi. EUA
15. Vinny “Pezão” Magalhaes. Brasil
16. Alexander Trans. Dinamarca

FEMININO -60kg

1. Luanna Alzuguir. Brazil  (c. ADCC 2009)
2. Lara Jayne Ng. Australia (c. sul-pacífica)
3. Hashi Takayo. Japan (c. asiática)
4. Cathilee Albert. USA (c. norte-americana 2011)
5. Michelle Nicolini. Brasil  (c. sul-americana 2011)
6. Sara Svensson. Sweden (c. europeia)
7. Kyra Gracie. Brasil
8.

FEMININO +60kg

1. Hannette Staack. Brazil  (c. ADCC 2009)
2. Fiona Muxlow. Australia (c. sul-pacífica)
3. Penny Thomas. South Africa (c. norte-americana 2011)
4. Talita Nogueira. Brazil  (c. sul-americana 2011)

5. Devi Ahuja. Norway (c. europeia)
6. Gabrielle Garcia. Brasil
7. Cris Cyborg. Brasil
8.

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *