O Jiu-Jitsu na defesa de um mundo melhor

Share it

Se bem orientado nos estudos, um praticante não demora a perceber que fazer Jiu-Jitsu é, também, desenvolver uma visão mais positiva das pessoas e do mundo que o cerca.

Isso significa pregar hábitos saudáveis, respeitar o meio ambiente onde você vive, poupar água e consumir marcas que respeitem as pessoas e o planeta.

É o caso, por exemplo, da empresa GreatMats.com, que não bastasse ser parceira comecial de GRACIEMAG, agora resolveu brigar por um mundo mais limpo e sustentável.

Por iniciativa de seu proprietário, David Butler, sua fábrica no Wisconsin produz os primeiros tatames “verdes” do planeta, graças a painéis solares que abastecem toda a energia da empresa.

Butler, de azul, no centro: um pioneiro no Jiu-Jitsu "verde".

A instalação dos painéis ao lado da fábrica, em Polk County, custou 118 mil dólares em 2007, com um certo alívio em descontos e incentivos governamentais. Baseado no que gastava antes, o dono da GreatMats.com calcula que em dez anos o investimento terá retornado totalmente. Mas isso, ele ensina, talvez não seja o mais importante na história.

“Se você acredita, como eu, que nós precisamos buscar alternativas para o carvão e a energia nuclear para o bem do planeta, então você entende que cada um de nós tem uma responsabilidade em ajudar a promover essa mudança, do jeito que for possível para cada um de nós”, diz Butler, que faz tapetes para Jiu-Jitsu, lutas, ioga e academias de ginástica.

E você, o que você como praticante de Jiu-Jitsu tem feito em prol da sua comunidade, e em consequência em prol do planeta?

 

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *