Jungle: Moicano permanece invicto em combate de arrepiar

Share it

[flickr set=72157627055058626]

Evento organizado por Wallid Ismail, o Jungle Fight realizou a sua 29ª edição neste sábado, em Espírito Santo, e a casa ficou cheia no ginásio na cidade de Serra.

Na principal luta da noite, a fera da Constrictor Team Renato Moicano não teve vida fácil contra o experiente Iliarde Dos Santos. Durante os três rounds, não faltou trocação de chutes e socos e ambos os lutadores saíram com os rostos bem avariados. Moicano conseguiu conectar os melhores golpes e aplicou boas quedas. Iliarde partiu com tudo para cima na segunda metade do terceiro assalto, mas não foi suficiente. Por preferência unânime dos jurados, Moicano chegou á quinta vitória e segue invicto.

No segundo combate principal, Julio Cesar Field vinha dando trabalho à Neilson Gomes. No entanto, o baiano Gomes apresentou maior desenvoltura na trocação, com bons chutes e socos. No intervalo do primeiro para o terceiro giro, Field não se sentiu bem e desistiu. Já o combate entre os pesos pesados Ednaldo Lula e Luiz Guilherme vinha parelho até Guilherme sofrer uma dedada no olho, que o impossibilitou de prosseguir. A luta terminou em no contest.

O argentino Emiliano Sordi se apresentou bem contra Willian dos Santos, com bons chutes. Mas o brasileiro investiu nas quedas e chegou à posições de vantagem como a montada para assegurar a decisão unânime dos árbitros a seu favor. Gabriel Moraes foi rapidinho contra Magno Magoo. Com um soco, conseguiu rapidamente o knockdown. Bastou mais alguns golpes para ficar caracterizado o nocaute, em apenas 36 segundos de luta.

Gilmar Andrade mostrou bom Jiu-Jitsu contra Claudinei Souza, tendo derrubado, pegado as costas e montado. Souza acabou desistindo no intervalo do primeiro para o segundo round. Na primeira luta da noite, Douglas Bertazini acelerou o ritmo contra Cleiton Prisco, que sofreu um violento knockdown na primeira parcial e não conseguiu voltar para o segundo assalto.

Confira todos os resultados:

Renato Moicano venceu Iliarde Dos Santos por decisão unânime
Neilson Gomes venceu Julio Cesar Field por desistência no intervalo do R1 para o R2
Ednaldo Lula x Luiz Guilherme terminou em no contest
Willian dos Santos venceu Emiliano Sordi por decisão unânime
Gabriel Moraes venceu Magno Magôo por TKO no R1
Gilmar Andrade venceu Claudinei Souza por desistência no intervalo do R1 para o R2
Douglas Bertazini venceu Cleiton Prisco por desistência no intervalo do R1 para o R2

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. ALAN at 1:34 am

    Luta roubada na cara de pau, o moicano venceu o R1 e só, muita sacanagem com o adversario que mesmo com menos envergadura partiu pra dentro e encurtou a distancia aplicando os melhoes golpes, esses juizes são uma vergonha para o MMA nacional…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *